Francisco Rodrigues
Francisco Rodrigues
27 Mai, 2016 - 09:35
5 formas de pagar as contas

5 formas de pagar as contas

Francisco Rodrigues

Existem várias formas de pagar as contas, não tem de se ficar por uma. Pode até organizar-se melhor sabendo que até com um smartphone trata do problema.

O artigo continua após o anúncio

Infelizmente todos temos de pagar as contas. Quer queiramos quer não, são obrigações que temos se queremos continuar a poder beber água da torneia, ver televisão, utilizar o micro-ondas e até mesmo ter um teto sobre a cabeça. Para não vir a falhar nenhum prazo, o melhor é ter sempre mais de uma forma de pagamento – não vá ficar sem internet, ou não vá o multibanco ser vandalizado.
 

5 formas de sofrer com o pagamento das contas

1. Pelo multibanco

A forma mais comum que todos nós conhecemos de pagar as contas é ir ao multibanco, inserir os dados necessários, e guardar bem o recibo para que ninguém duvide de nós quando dissermos que pagámos aquilo que devíamos. É um modo seguro, no qual o grande perigo é a máquina decidir comer-nos o cartão.

2. Através do PayPal

Se gosta de utilizar a internet e de empresas inovadoras, pode sempre recorrer ao PayPal, um serviço online que tanto dá para pagar as contas, como para enviar dinheiro a familiares e amigos. 

Precisa apenas de inserir os seus dados (incluindo os do cartão de crédito) uma única vez, pois estes ficam guardados na base de dados. O serviço é, no entanto, extremamente seguro, e de confiança.

3. Com o MB Way

Lidando ainda com novas tecnologias, pode utilizar como alternativa a aplicação para smartphones ou tablets lançada pela SIBS, a MB Way. Para utilizar este serviço tem de aderir ao mesmo no multibanco e de associar os seus cartões ao telemóvel.

Alternativamente, pode utilizar a aplicação do seu banco para pagar as contas. A grande vantagem desta forma de pagamento, é que pode literalmente pagar enquanto está a lavar os dentes.

4. Por débito direto

Se não quer estar preocupado em ter que ir pagar e prefere que o dinheiro saia diretamente da sua conta bancária, pode optar por débito direto. Para utilizar débito direto precisa apenas de acordar com a entidade em questão que assim será feito o pagamento e de dar os seus dados. Com esta forma de pagamento, precisa apenas de se preocupar em ter o dinheiro no banco para que este seja debitado.

5. Nos CTT

Por fim, pode fazer os seus pagamentos nos CTT. A grande vantagem de ir aos CTT tratar de tais assuntos é que pode também regularizar as suas contas com o Estado, o que o impede de se meter em dívidas no futuro. Normalmente não terá de aturar filas muito grandes para o poder fazer. Deve apenas ter em conta que os postos têm horários específicos, e que alguns não aceitam multibanco.

O artigo continua após o anúncio

Liberte-se de despesas desnecessárias e poupe já hoje >>

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp