Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
01 Ago, 2018 - 15:34

10 hotéis invulgares na Europa para conhecer, ou não!

Mónica Carvalho

Tranquilidade, edifícios bonitos, mas comuns, decoração aconchegante. Não encontrará nada disto nos hotéis invulgares na Europa, que lhe damos a conhecer.

10 hotéis invulgares na Europa para conhecer, ou não!

Poderá não ser do agrado de todos, mas, sem dúvida, que o título despertou a sua curiosidade. Atente a estes 10 hotéis invulgares na Europa que são a prova de que não há mesmo limites para a imaginação humana, nem para o aproveitamento de espaço.

10 hotéis invulgares na Europa que o vão surpreender

Confira a lista de alguns dos alojamentos mais idiossincráticos e hotéis invulgares na Europa, provando que a monotonia não faz parte do vocabulário nestes locais.

1. Glenfinnan Sleeping Car, Glenfinnan, Escócia

Tendo por base algumas noções românticas como carrinhos de jantar decadentes e lustres oscilantes, o vintage Glenfinnan Sleeping Car oferece aos viajantes com orçamento limitado uma fatia da era de ouro das viagens de comboio, com toda a emoção que isso possa acarretar.

O “hotel” está estacionado permanentemente fora do Glenfinnan Station Museum da era vitoriana, nas colinas das terras altas escocesas e trata-se de um vagão ferroviário de 1958 que foi convertido num espaço de alojamento, com casa de banho completa, sala de estar e uma seleção de confortáveis compartimentos para acomodar até dez clientes.

 

2. Hostel Celica, Liubliana, Eslovénia

O que antigamente era uma antiga prisão militar construída pelo exército austro-húngaro, é hoje o Hostel Celica, uma das casas de hóspedes mais modernas de Liubliana, que adiciona caráter à sua fachada contemporânea, apresentando as cicatrizes de um passado sinistro.

Os hóspedes dormem em blocos de células reformados, com as originais janelas gradeadas e podem visitar as misteriosas câmaras de confinamento solitário, para obter uma visão sobre as condições de vida durante a encarnação anterior do prédio.

 

3. YHA Black Sail, Cumbria, Inglaterra

Para os viajantes que querem algo mais do que um simples apartamento na cidade, então o YHA Black Sail pode ser a resposta ideal. Este navio foi convertido em hotel e é acessível apenas por um sinuoso caminho de 10 quilómetros. Quando chega, encontra uma cabana de montanha com paredes de pedra, isolada num vale intocado da Cumbria. Depois de extensos trabalhos de renovação em 2013, o albergue agora conta com 16 beliches, uma cozinha caseira e, o melhor de tudo, algumas das paisagens mais tranquilas já vistas de uma cama do dormitório.

 

4. El Warung Cave Hostel, Gran Canaria, Espanha

Com quartos escavados nas rochas, ecoando o estilo tradicional da população nativa de Guanches, Gran Canaria, o El Warung Cave Hostel promete um sono memorável para viajantes com orçamento reduzido e um gosto especial pelos tempos antigos e simples, o que faz dele um dos hotéis invulgares na Europa.

Dada à sua localização numa vila de alta altitude, obterá uma paz e tranquilidade tal, que dificilmente se lembrará que está num destino turístico tão concorrido como é a Gran Canária. E, além disso, terá vistas dos picos das montanhas que cobrem as nuvens da região e uma variedade de trilhas para caminhada disponíveis logo à porta “de casa”.

 

5. 10-Z Bunker, Brno, República Checa

O refúgio de precipitação nuclear mais altamente classificada na cidade checa de Brno passou por uma remodelação em 2015, revelando uma estranha e assustadora relíquia de guerra numa opção de hospedagem irreverente e artística.

Os visitantes que vagueiam pelos 500 metros de túneis do 10-Z Bunker ainda verão as paredes de tijolos brancos atmosféricos e os móveis da era soviética, mas também notarão um toque artístico do século XXI, havendo, inclusivamente, um local com música ao vivo no Milk Bar.

 

6. Intersail, Amsterdam, Holanda

Muitos visitantes da capital holandesa encontram alojamento num dos hotéis mais invulgares na Europa: num barco. Exatamente, um pequeno veleiro foi convertido em hostel e balança nas águas calmas do Oosterdock, nos arredores de Amesterdão. Os hóspedes podem subir a bordo do Intersail e depois enroscar-se em aconchegantes dormitórios antes de se prepararem para um buffet de pequeno-almoço a bordo, bastante completo.

 

7. Gyreum Ecolodge, Condado de Sligo, Irlanda

O turismo sustentável nunca esteve tão na moda e este é um bom exemplo. O Gyreum Ecolodge foi projetado para aprofundar a ligação dos hóspedes com a natureza e simboliza a simplicidade, sendo constituído por um edifício perfeitamente cilíndrico, no topo de uma colina solitária e coberta de névoa.

Localizado numa região remota de County Sligo, os visitantes da Irlanda que escolherem este alojamento, poderão dormir em camas de cápsula, construídas ao redor de uma fogueira aquecida, tomar banho em chuveiros que aproveita as águas das chuvas e deliciar-se com comida orgânica local. O melhor de tudo está guardado para a noite: olhe bem para o céu e verá a Via Láctea, coruscando contra um céu negro sem mácula, como nunca teve oportunidade de ver na vida.

 

8. War Hostel, Sarajevo, Bósnia e Herzegovina

É certo que funcionários vestidos com coletes à prova de balas e autênticas camas de abrigo anti bomba podem não ser indicativos de uma estadia tranquila. Mas calma, pois é tudo simulado a relembrar um dos períodos mais negros da história do país.

O War Hostel é gerido por uma família que sobreviveu à Guerra da Bósnia e fornece uma visão esclarecedora sobre os horrores das condições de vida nos tempos do conflito. Um dos hotéis invulgares na Europa? Sim, mas o objetivo de todo este ambiente é alertar contra os efeitos de conflito, com interiores salpicados de balas e tudo iluminado praticamente apenas com luz de velas.

 

9. Jumbo Stay Hostel, Estocolmo, Suécia

Se acha que os aviões foram apenas feitos para voar, este alojamento vai provar-lhe exatamente o contrário. No Jumbo Stay terá a possibilidade de dormir confortavelmente a bordo de um Boeing 747 – um dos maiores aviões de passageiros já construídos.

Situado nos terrenos do Aeroporto Arlanda de Estocolmo, este alojamento oferece uma seleção de acomodações elegantes dentro de um avião desativado. As opções variam desde dormitórios compartilhados, a uma suíte de luxo localizada no cockpit.

 

10. Babushka Grand Hostel, Odessa, Ucrânia

Este hostel vem contradizer a ideia de que este género de alojamento é apenas uma caixa fria, cheia de paredes nuas. No Babushka Grand Hostel, no centro de Odessa, encontrará sinais de grandeza acessível a qualquer pessoa. Instalado numa casa de campo tradicional, com mais de 200 anos, e decorado com o estilo de um aristocrata de Odessa do século XVIII, neste hostel, os hóspedes podem contar com tetos altos e dourados, tapetes antigos e lustres cintilantes.

 

Veja também: