Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Inês Bastos
Inês Bastos
23 Mar, 2017 - 10:48

Os melhores hostels brasileiros para ficar a custo zero

Inês Bastos

Esta moda já é bastante comum no brasil, onde os hóspedes trocam uma cama e refeições por algumas horas de trabalho.

Os melhores hostels brasileiros para ficar a custo zero

Pode encontrar hostels brasileiros onde pode dormir a troco de trabalho em sites como o Worldpackers mas nós damos-lhe uma lista dos 6 melhores hostels brasileiros.

Hostels brasileiros a troco de trabalho

Sítio Passarim, Mato Grosso do Sul

placeholder-1x1

Em Rio Verde, o Sítio Passarim está rodeado de natureza e aceita que os hóspedes troquem o alojamento e as refeições por trabalhos em eco-turismo e bio-construções. Os visitantes trabalham durante a manhã (das 8h às 12h) e podem aproveitar o rio e a paisagem o resto do dia.

Floripa Surf Hostel, Florianópolis

placeholder-1x1

Este hostel fica a 200 metros da praia do Campeche e é o típico hostel brasileiro de surfistas. A melhor parte é que o almoço é gratuito seis dias por semana, há lavandaria, bicicletas e ainda pranchas de surf. Tudo gratuito. Pelo menos se quiser ajudar nos trabalhos do hostel, como é o caso da receção, por exemplo.

Purple House Hostel, São Paulo

placeholder-1x1

Neste hostel em São Paulo tem à disposição quartos partilhados ou privativos, em troca de 40 horas semanais com 3 dias de folga. Só precisa de saber falar inglês e fazer-se ao caminho.

Pousada Jacarandá, Trancoso

placeholder-1x1

Mesmo ao lado de uma das praias mais cobiçadas do Brasil, a Pousada Jacarandá  procura viajantes que tenham boas mãos para reparar coisas estragadas pelo espaço durante 4 horas por dia. Os hóspedes têm ainda direito a dois dias de folga. Além de um faz-tudo, são ainda precisos com regularidade professores de yoga e até rececionistas.

Cidade Baixa Hostel, Porto Alegre

placeholder-1x1

Em pleno quarteirão boémio de Porto Alegre, pode ficar alojado no Cidade Baixa Hostel, onde pode trocar um quarto por trabalhos de receção ou limpeza, e ainda fotografia, edição de vídeo e até marketing. Tudo em troca de um alojamento num hostel brasileiro gerido por uma família.

Arawak Jungle Hostel, Amazonas

placeholder-1x1

Na praia Acutuba, perto do Rio Negro, encontra este hostel. Fica no meio da floresta tropical e, mesmo trabalhando cinco horas por dia vai ter tempo suficiente para explorar toda a natureza que o rodeia. Os hóspedes que aceitem esta troca têm direito a duas folgas semanais e podem ajudar a cuidar do jardim, da limpeza e até da arrumação.

Veja também: