Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luísa Santos
Luísa Santos
11 Jun, 2018 - 17:54

Não instale estas apps no seu telemóvel

Luísa Santos

O download destes tipos de apps podem vir a comprometer seriamente o seu smartphone, o que é algo que deve evitar.

Não instale estas apps no seu telemóvel

Existem apps específicas que apenas existem para contaminar smartphones com malwares que, na maior parte das vezes, têm como propósito o roubo de informação pessoal (como e-mails, passwords, contas bancárias ou outra qualquer informação que tenha guardada no seu telemóvel). Há outras apps que são, simplesmente, desnecessárias. Descubra as apps que não devia instalar.

Deve, primeiramente, analisar o tipo de app que está prestes a instalar antes de, efetivamente, o fazer. Os tipos de apps de seguida enumeramos podem ser encontrados tanto em Android como em iOS.

3 tipos de apps que não devia instalar

usar iphone

1. Apps de lanternas

Este é um daqueles casos em que convém pensar antes de agir. A maior parte dos smartphones recentemente lançados (para não dizer todos eles), têm já uma lanterna incorporada, normalmente próxima da câmara.

Esta lanterna é, no fundo, o flash que a câmara utiliza para tirar fotografias em ambiente mais escuros. Por isso, aquilo que o seu smartphone permite é a ativação dessa funcionalidade durante um período de tempo mais longo.

Tendo isso em consideração, porque haveria de fazer o download de uma app de lanterna? Em termos lógicos, uma instalação desse género não faria sentido uma vez que iria significar que estava a instalar uma funcionalidade que já tem.

Basta uma pesquisa rápida em qualquer loja de apps para perceber a quantidade de aplicações deste tipo que existem, que apenas servem para ter acesso facilitado à sua informação – que, mais tarde, é vendida pelos programadores a publicitários que demonstrem interesse.

 2. Apps de teclados

Seguindo a mesma lógica que o tipo de apps anterior, também neste caso não fará sentido instalar uma funcionalidade que já existe. Este é um tipo de apps que parece inofensivo e que até tem layouts e designs diferentes, que gostaria de ter no seu smartphone.

Contudo, não se deve esquecer que, ao utilizar essas apps, toda a informação escrita através das mesmas será guardada – isso inclui passwords, mensagens privadas, informações relacionadas com a sua conta bancária, entre outras.

Mas as desvantagens não ficam por aqui. Pensando no conceito de qualquer app, os uploads são algo que acontece com frequência. O mesmo acontece com aplicações de teclado, que vão utilizar o seu estilo de escrita para melhorar o desempenho dessas apps, apropriando-se dessa informação e guardando-a em servidores próprios.

Se isto não o convence, suponha que este tipo de aplicações é atacado por um vírus: todos os seus dados se tornarão facilmente públicos e de fácil acesso.

 3. Apps de jogos grátis

Os jogos grátis parecem inofensivos para o seu smarpthone, e para a privacidade dos seus dados, mas isso não é tão linear quanto isso. De certo já instalou vários jogos diferentes, de forma gratuita, e assistiu à quantidade de publicidade que surge antes, durante e depois do jogo que está a jogar. Esses ads que surgem sem que permita esse mesmo aparecimento são, muitas vezes, prejudiciais para o seu telemóvel.

Atrás dessa publicidade, encontra-se uma série de permissões que nunca deu, e que acedem à sua informação sem qualquer dificuldade. Também existem os casos em que surgem pop-ups que pedem a sua permissão para aceder a contactos, localização ou até mesmo à câmara – alegando que todas essas informações são imprescindíveis ao normal funcionamento do jogo. Ao conceder essas permissões, está automaticamente a comprometer os seus próprios dados – tudo se torna público.

A situação é tão preocupante que, em 2017, o The New York Times denunciou a existência de um software numa série de jogos disponíveis na Google Play e na App Store: o Alphonso. Este sistema era capaz de captar o som dos programas de televisão que estava a ver naquele momento através do microfone do telemóvel, acabando por, depois, fazê-lo corresponder à localização onde se encontrava. Por todas estas razões, evite este tipo de apps.

Veja também