Luísa Santos
Luísa Santos
02 Ago, 2019 - 11:13
Nintendo Switch Lite: jogar em modo portátil

Nintendo Switch Lite: jogar em modo portátil

Luísa Santos

Já foi anunciada a novidade da Nintendo para aqueles que só jogam em modo portátil: a consola Nintendo Switch Lite é perfeita para levar para todo o lado.

O artigo continua após o anúncio

A nova Nintendo Switch Lite foi pensada para nunca ficar parado. Apesar da primeira versão se ter focado numa perspetiva híbrida de jogo, que permite jogar em casa ou fora dela, a verdade é que são muitos os fãs do modo de jogo portátil. Por esse motivo, a empresa vai lançar uma consola dedicada, repensada para quem joga em andamento.

Nintendo Switch Lite: mais leve e divertida

Depois do sucesso da Nintendo Switch, a primeira consola híbrida a chegar ao mercado, está na hora de pensar numa nova versão: mais arrojada e (ainda mais) portátil. A decisão foi fácil de tomar por parte da empresa, já que existiam muitos utilizadores que, tendo a Nintendo Switch, nunca a ligavam à televisão.

Ora, o facto de não ser utilizada uma das maiores vantagens dessa consola motivou a que, essa, fosse repensada de forma a ser mais barata e a ir de encontro àquilo que os jogadores procuram. Foi com base nessa ideia que nasceu a Nintendo Switch Lite, que chegará às lojas em setembro de 2019.

Uma consola mais leve, mas igualmente poderosa

A principal diferença entre a Nintendo Switch Lite e a sua versão anterior é a ausência dos controladores laterais, que podiam ser encaixados e desencaixados de forma a funcionarem como comandos portáteis. Também conhecidos como Joy-Con, esses acessórios foram retirados para que o tamanho da consola fosse reduzido e a sua utilização melhorada.

Assim sendo, os controladores convencionais (como as setas e os botões de jogo) foram embutidos no corpo principal da consola, que agora chega em três cores: amarelo, cinzento e azul turquesa – ao invés da primeira versão, que só tem uma cor disponível para venda.

A ausência desses controladores leva a que muitos acessórios da Nintendo Switch não funcionem na Nintendo Switch Lite. Para além desses, é importante referir que também os jogos Labo não serão compatíveis com a nova consola, uma vez que também requerem os Joy-Con.

À exceção desses exemplos, todos os outros jogos da primeira consola serão compatíveis com a segunda versão. De igual forma, também continuará a ser possível jogar contra outros jogadores, em modo multiplayer, recorrendo à tecnologia wireless.

Neste caso, também será possível ambas as consolas serem usadas, pelo que pode jogar com um jogador que use a Nintendo Switch Lite mesmo que tenha a Nintendo Switch.

O artigo continua após o anúncio
criancas jogam nintendo switch lite

Fonte da Imagem: Nintendo/Divulgação

A mesma jogabilidade a um menor preço

Uma das principais vantagens da Nintendo Switch Lite, que deve chegar às lojas no dia 20 de setembro de 2019, é a diferença de preço que apresenta em relação à anterior versão. É a opção ideal para quem quer uma Nintendo da família Switch, mas que raramente a vai utilizar em casa.

Ora, se sabe que, à partida, a conexão com a televisão raramente (ou nunca) irá existir, mais vale poupar algum dinheiro e optar pela versão portátil, a Nintendo Switch Lite, que será vendida a um preço inicial de 199,99$ (aproximadamente 178,20€).

Atualmente, a primeira versão da consola pode ser encontrada a partir de 289€, o que é uma diferença de preço significativa face ao próximo modelo – e um valor que acaba por compensar tendo em conta aquilo que cada jogador procura neste consola.

Veja também: