Márcio Matos
Márcio Matos
25 Out, 2016 - 08:26
Florença, talvez a cidade mais bela de todo o mundo

Florença, talvez a cidade mais bela de todo o mundo

Márcio Matos

Florença é um repositório de arte ao ar livre. Se quer estar frente a frente com as grandes obras da história da arte europeia, então este é o seu destino.

O artigo continua após o anúncio

Fundada em 59 a.C, Florença é considerada o berço do Renascimento italiano e uma das cidades mais belas do Mundo. Além disso, guarda, nada mais nada menos, do que 30% de todos os tesouros artísticos da humanidade, classificados pela UNESCO.

Florença – Firenze para os italianos – é a capital da região Toscana. Um verdadeiro museu a céu aberto, com um património artístico de valor incomensurável e no qual se “tropeça” em cada esquina. Um destino de eleição para qualquer amante de arte e, sobretudo, para quem gosta de visitar cidades com história e bem conservadas.

Florença: fique a par do muito que há para ver nesta cidade

1. GALLERIA DEGLI UFFIZI

florenca

Fonte: Flickr/Chris Wee

Nesta galeria, pode encontrar várias salas dedicadas aos maiores artistas do Renascimento, como Leonardo da Vinci, Rafael, Botticelli, Michelangelo, Tiziano, Dürer ou Rubens. Fundada em 1581 pelos Medicis, esta galeria é considerada um dos mais museus mais importantes do mundo.

2. PALAZZO PITTI E JARDIM DE BÓBOLI

florenca

Fonte: Wikimedia Commons/Sailko

Este palácio foi residência três dinastias, mas agora funciona como museu. O seu Jardim de Bóboli é um dos mais populares de Itália, tendo sido projetado em 1549. Ao visitar este complexo, irá sentir que está a fazer uma verdadeira viagem no tempo, já que esta atração conserva a sua ambiência histórica primitiva.

3. GALERIA DELL’ACADEMIA

Este é, nada mais nada menos, do que o edifício da primeira academia de arte europeia. Contudo, desde 1873, que este espaço funciona como museu. Aqui, pode encontrar obras de vários artistas italianos, como a famosa estátua de David, executada por Michelangelo.

A estátua de David é um símbolo de Florença. Mas, não se deixe enganar. A obra original é mesmo a que está dentro do museu, sendo que há duas réplicas espalhadas pela cidade: uma na frente da Galeria da Academia e outra na Piazzale Michelangelo.

O artigo continua após o anúncio

4. PIAZZA SAN GIOVANNI

Nesta praça, encontram-se muitas das atrações da cidade. Aqui, encontram-se a Basílica Santa Maria del Fiore (Duomo), o campanário, o Batistério de São João e a Via de Calzaioli, que conduz à Plaza della Signoria, onde fica o Palazzo Vecchio, museu (com obras de Agnolo Bronzino, Michelangelo, Buonarroti e Giorgio Vasari) e sede da Câmara Municipal de Florença.

5. CATEDRAL SANTA MARIA DEL FIORE

florenca

O Duomo, como também é conhecida a catedral, foi construída entre 1296-1368. A sua cúpula é da autoria de Brunelleschi e o campanário de Giotto. Esta catedral é um símbolo da arte gótica e da renascença italiana e espelho do poderio da capital da Toscana, nos séculos XIII e XIV.

6. BATISTÉRIO DE SÃO JOÃO

florenca

Este é o edifício mais antigo da cidade. Nas suas portas de bronze – conhecidas por “As Portas do Paraíso”, segundo Michelangelo -, encontram-se reproduzidas cenas da vida de São João Batista e da Bíblia.

7. BASILICA DI SAN LORENZO

A Basílica di San Lorenzo funcionava como igreja privada dos Médici e era uma das mais ricas da cidade. O seu interior foi desenhado por Michelangelo e os púlpitos de bronze são da autoria de Donatello.

8. BASILICA DI SANTA CROCE

florenca

A Basílica di Santa Croce é uma das mais importantes igrejas católicas de todo o mundo. Ela serve, ainda, de sepulcro de figuras como Michelangelo, Galileo Galilei, Maquiavel e Rossini.

9. PIAZZALE MICHELANGELO

florenca

Fonte: Wikimedia Commons/Fitzws

Na zona mais alta da cidade, fica esta Piazzale. A vista é de cortar o fôlego, sobretudo se for na hora do pôr do sol. Como já referimos, é aqui que se encontra uma das réplicas da estátua de David. Bem perto, fica a Chiesa de San Miniato al Monte.

10. GASTRONOMIA

florenca

Claro que os encantos de uma cidade não se ficam pelos seus monumentos e obras de arte. A gastronomia, por exemplo, tem um papel fundamental e representa, igualmente, a história e tradições de uma região.

O artigo continua após o anúncio

Em Florença, os pratos mais emblemáticos são simples, mas cheios de sabor. Não deixe de provar o pão tostado com paté, as sandes de presunto e crostini e o pappardelle com molho de lebre. Para acompanhar, deguste o famoso vinho de Chanti e também o vin santo, um vinho doce feito a partir de uvas passas.

Veja também: