Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Lisandro Castro
Lisandro Castro
16 Set, 2016 - 11:41

As 10 peças mais caras de sempre vendidas em leilão

Lisandro Castro

Descubra algumas das peças mais extraordinárias que fizeram história em leilões surpreendentes.

As 10 peças mais caras de sempre vendidas em leilão

Fizeram história, marcaram gerações e renderam milhões. Conheça as 10 peças mais caras vendidas em leilão, saiba quem as comprou e por quanto. Vai ficar de boca aberta, não só pelo valor mas também pela qualidade inigualável destas peças de arte.

As 10 peças mais caras vendidas em leilão

1. A escultura «Homem a apontar» de Alberto Giacometti

placeholder-1x1

Vendida por 141.3 milhões de dólares, a 11 de maio de 2015.

A escultura em bronze, criada em 1947, permanece a mais cara de sempre vendida em leilão. É considerada uma obra-prima rara e o trabalho mais icónico do escultor e pintor suíço.

2. O quadro «Nu, folhas e busto» de Picasso

placeholder-1x1

Vendido por 106.5 milhões de dólares, a 4 de maio de 2010.

Consta que Pablo Picasso pintou este quadro em apenas um dia, em 1932. Bastaram pouco mais de 8 minutos para estabelecer o recorde do quadro mais caro de sempre vendido em leilão. Retrata Marie-Thérèse Walter, amante do pintor.

3. O armário de Badminton

placeholder-1x1

Vendido por 36 milhões de dólares, em 2004.

Esta é considerada a peça de mobiliário mais cara de sempre vendida em leilão. Foram necessários trinta artesãos e seis anos para concluir esta obra de arte, que recebeu o nome da casa onde permaneceu durante mais de dois séculos.

4. O Códice Hammer, de Leonardo da Vinci

placeholder-1x1

Vendido por 30,8 milhões de dólares, em 1994.

É o livro mais caro de sempre vendido em leilão e inclui uma compilação de textos, desenhos, teorias, relatos biográficos e ideias de Leonardo da Vinci. Esses textos cobrem uma variedade de tópicos ao longo de 72 páginas. Foi adquirido por Bill Gates.

5. O diamante Wittelsbach

placeholder-1x1

Vendido por 23.4 milhões de dólares, em 2008.

Na posse da família Habsburgo, esta joia chegou a Munique, em 1722, quando Maria Amália da Áustria casou com Carlos da Baviera. Já no século XX, o diamante desapareceu. Mas, em 1962, ressurgiu e foi depois adquirido por um colecionador, que o vendeu em 2008.

6. Um Ferrari 250 Testa Rossa, de 1957

placeholder-1x1

Vendido por 12.2 milhões de dólares, em 2009.

Apesar de existirem outros vinte e um carros como este, nenhum atingiu tamanho valor. Muitos consideram que a beleza do veículo, cujo desenho é da autoria do italiano Sergio Scaglietti, foi a principal característica responsável pelo seu sucesso.

7. O violino Guarneri del Gesù

placeholder-1x1

Vendido por 3.9 milhões de dólares, em 2007.

Bartolomeo Giuseppe Antonio Guarnieri, neto de um aprendiz do famoso Stradivari, criou este violino há mais de duzentos e cinquenta anos. Foi adquirido por um advogado russo e tocado pela primeira vez em setenta anos pelo maestro Pinchas Zukerman, num concerto em Moscovo.

8. Bola de basebol do 70º home-run, de Mark McGwire

placeholder-1x1

Vendida por 3 milhões de dólares, em 1999.

Em 1998, McGwire fez história ao bater o recorde do maior número de home-runs numa única temporada. Todd McFarlane foi o comprador desta preciosidade para amantes do desporto e acrescentou-a à sua já valiosa coleção.

9. Vestido de Marilyn Monroe

placeholder-1x1

Vendido por 1.2 milhões de dólares, em 1999.

A 19 de maio de 1962, quando Monroe cantou os parabéns ao presidente John F. Kennedy, usou um vestido do estilista Jean Louis, da cor da pele, justo e coberto de joias. A atuação tornou-se num dos momentos mais relembrados da sua carreira e o vestido na peça de vestuário mais cara vendida em leilão.

10. Madeixas de Elvis Presley

placeholder-1x1

Vendidas por 115 mil dólares, em 2002.

Para além da voz inconfundível e excecional de Elvis, que revolucionou a indústria da música, a sua forma de dançar e os seus penteados rapidamente deram origem a imitações, um pouco por todo o mundo. Não é pois de estranhar que um pedaço do seu cabelo tenha excedido, em leilão, todas as expectativas.

Veja também: