Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
17 Abr, 2018 - 14:37

Os 10 mais emblemáticos pôsteres de filmes de sempre

Márcio Matos

Há fãs de cinema por aqui? Apresentamos-lhe a nossa seleção dos posteres de filmes mais bem conseguidos de todos os tempos. Confira!

Os 10 mais emblemáticos pôsteres de filmes de sempre

São cinco, mas podiam ser muitos mais. Os pôsteres de filmes são a primeira imagem que vemos, mesmo antes de assistir à película no cinema. Por essa razão, é tão importante a sua conceção, a escolha das cores, os tipos de letras… Ou seja, todo e qualquer elemento que nos conte uma história, chame a atenção, cative e desperte a curiosidade. Consegue lembrar de algum que marcou a sua relação com a sétima arte?

Convidamo-lo a analisar o nosso top 5 e a recordar cartazes eternos de filmes únicos. Afinal, o que seria de um filme deslumbrante sem um cartaz a condizer? Para quem é apreciador da sétima arte, fica a sugestão para imprimir um destes pôsteres e colocar numa bela moldura lá em casa.

5 dos pôsteres de filmes mais marcantes

1. E Tudo o Vento Levou (1939), Victor Fleming, George Cukor, Sam Wood

Scarlett O’Hara é uma jovem mimada que consegue tudo o que quer. No entanto, algo falta na sua vida: o amor de Ashley Wilkes, um nobre sulista que se casa com a sua prima Melanie. Tudo muda quando a Guerra Civil americana começa e Scarlett tem de lutar para sobreviver e manter a família.

Um clássico do cinema que prova que não é preciso um design contemporâneo para fazer um pôster intemporal, apaixonante e que nos remete pelos seus tons fulvos para o calor da paixão e para o fogo da guerra.

 

2. O Padrinho (1972), Francis Ford Coppola

Uma família mafiosa luta para estabelecer a supremacia na América do pós-guerra. Porém, uma tentativa de assassinato deixa Vito Corleone (Marlon Brando) incapacitado, forçando os seus filhos a assumirem os negócios da família.

O fundo negro dá o merecido destaque à figura central deste pôster: O Padrinho (The Godfather). A figura que segura um gato e nos transmite sentimentos ambíguos de temor, mas também de uma certa admiração. Se repararmos, as cores são muito poucas, sendo um cartaz quase a preto e branco. Por isso, ganha relevo a rosa vermelha que enverga na lapela e que está cheia de simbolismo.

 

3. Tubarão (1975), Steven Spielberg

Um terrível ataque a banhistas na praia da pequena cidade de Amity abre caminho para que um ictiologista (Richard Dreyfuss) e um pescador veterano (Robert Shaw) se atrevam a caçar o animal, autor desse ataque. Porém, a missão vai ser mais complicada do que eles imaginavam.

Um pôster simples, mas com uma imagem forte, intensa e, claro, terrorífica. É o tubarão que surge das profundezas do mar e aterroriza qualquer um com a sua dentição mortífera. Um clássico do cinema, com um pôster à altura.

 

4. O Silêncio dos Inocentes (1991), Jonathan Demme

A agente do FBI, Clarice Starling (Jodie Foster), é responsável por encontrar um assassino cuja marca é arrancar a pele das suas vítimas. Para compreender o seu modo de pensar, ela entra em contacto com o perigoso psicopata Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), preso por canibalismo.

Poucos são os pôsteres cinematográficos que conseguem dizer tanto com tão pouco. Neste caso, a imagem que observamos é aflitiva e transmite-nos essa agonia através do olhar assustado e da boca escondida por detrás de um inseto. É o silêncio forçado de quem está inocente.

 

5. Beleza Americana (1999), Sam Mendes

Lester Burham (Kevin Spacey) está esgotado com o seu emprego e com a sua vida. É casado com Carolyn (Annette Bening) e pai da adolescente Jane (Tora Birch). Quando conhece a amiga da sua filha, Angela Hayes (Mena Suvari), fica encantado com a sua beleza e está disposto a dar uma reviravolta à sua vida.

O pôster capta o encantamento com a beleza delicada, inocente e quase ingénua de uma jovem que consegue, na sua simplicidade, captar a atenção de um homem mais velho que atravessa uma crise de meia-idade.

 

5 pôsteres de filmes que são belas obras gráficas

O que é que um cartaz de 1939 tem em comum com um cartaz de 1999? A mensagem bem ilustrada, com os elementos certos, dispostos da forma correta, nos tons e na proporção adequada. Se podíamos juntar a estes outros pôsteres de filmes? Sim, claro. E estes são os que entram para a nossa lista porque se destacam como belas peças gráficas. Mas claro, os filmes também não deixam de ser obras cinematográficas memoráveis:

 

 

 

 

 

E então, o que achou? Quais é que adicionava a esta lista?

Veja também: