Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Reis
Catarina Reis
27 Mar, 2020 - 14:54

Prémio AGIR: em que consiste?

Catarina Reis

Neste artigo ficará a conhecer o prémio AGIR, um certame criado pelo setor energético privado português.

homem a trabalhar no computador num projeto sustentável

Atualmente na sétima edição, o prémio AGIR é um certame organizado pela REN, uma empresa portuguesa de transporte de eletricidade e gás natural, responsável pela gestão global do Sistema Elétrico Nacional e do Sistema Nacional de Gás Natural.

Tem como objetivo principal incentivar e apoiar iniciativas que combatam problemas sociais.

O que é o prémio AGIR

História do prémio AGIR

O prémio AGIR dedica-se a um tema específico em cada edição.

Realizada em 2014, a primeira edição desta iniciativa foi centrada no tema da criação de emprego. A segunda edição teve lugar em 2015, e o tema foi o envelhecimento ativo. A terceira edição decorreu em 2016 e premiou iniciativas relacionadas com o combate à pobreza e exclusão social.

Por sua vez, o prémio AGIR de 2017 focou-se na inserção laboral de pessoas com deficiência. Em 2018 o tema foi a preservação do património natural e em 2019 o combate ao abandono escolar e promoção de sucesso escolar.

Por último, a mais recente edição do prémio AGIR ocorrerá em 2020 e centra-se nas iniciativas para estimular a promoção de emprego e integração profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade.

mulher a apresentar um projeto

A quem se destina o prémio AGIR?

O Prémio AGIR tem como objetivo premiar associações, empresas e organizações com fins não lucrativos legalmente constituídas e registadas, que tenham sede permanente em território nacional, que que se assumam como tendo uma Responsabilidade Social Corporativa, ou seja, que apresentem projetos estruturantes que tragam impacto real na população e nas comunidades.

Este caráter social do prémio implica que seja excluído o financiamento das atividades correntes das organizações.

Para serem elegíveis, estas entidades deverão apresentar a sua candidatura. O número de premiados são três: o primeiro prémio consiste num valor monetário de trinta mil euros, o segundo em quinze mil euros e o terceiro em cinco mil euros.

Candidaturas: datas e procedimentos

As candidaturas de projetos deverão ser apresentadas de 1 de março de 2020 a 29 de maio de 2020. O primeiro passo é o preenchimento da Ficha de Inscrição, disponível aqui.

A divulgação dos projetos selecionados terá lugar em setembro de 2020.

Após a inscrição, as entidades serão alvo de uma pré seleção, que implicará a posterior visita às suas instalações por parte da equipa técnica da Stone Soup e por responsáveis da REN. 

Edição prémio AGIR 2020: Promoção de empregos para pessoas vulneráveis

Na edição de 2020 do Prémio Agir os projetos apoiados serão aqueles que estão orientados para a criação de propostas inovadoras de promoção de emprego e integração profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade, com qualificações limitadas ou que tenham problemas que de alguma forma impeçam que arranjem emprego. Poderemos estar a falar especificamente de

  • mães solteiras com défice de apoio familiar;
  • pessoas portadoras de algum tipo de deficiência ou doença mental ou que enfrentaram um passado como pessoas sem abrigo;
  • jovens NEET (jovens sem emprego nem estudos);
  • jovens à procura do primeiro emprego;
  • desempregados de longa duração;
  • pessoas com mais de 45 anos;
  • migrantes;
  • ex-reclusos;
  • vítimas de violência.

Júri

Os três melhores projetos são selecionados pela REN em parceria com a STONE SOUP, que realiza o acompanhamento e monitorização da utilização dos fundos doados a cada projeto apoiado.

Em suma, pretende-se qualificar este tipo de pessoas pessoas com fatores como a criatividade, a resolução de problemas e a comunicação interpessoal, para poderem usufruir das oportunidades geradas pela quarta revolução industrial, que se prevê que venha a afetar sobretudo os empregos que requerem menos qualificação, que são precisamente aqueles onde as pessoas em situação de vulnerabilidade encontram mais fácil colocação. 

Estima-se que o número de empregos novos criados pela quarta revolução industrial ronde os 133 milhões.

Edição de 2019

Decorreu no passado dia 11 de Fevereiro a entrega do prémio AGIR 2019. Se pretende concorrer à edição de 2020, nada melhor do que conhecer os vencedores da edição anterior. Os vencedores foram:

1.º Apps for good

Trata-se de uma iniciativa que proporciona que os alunos criem aplicações para smartphones ou tablets que façam uma diferença na transformação das comunidades onde se inserem. 

2.º Escolas de Superpoderes

Esta iniciativa permite que os jovens escolham um talento e o desenvolvam com mentores voluntários, desenvolvendo competências sociais que possibilitem a melhorias junto da sua comunidade. 

3.º Pescador de Sonhos

Este projeto disponibiliza apoio ao estudo e ações de sensibilização que permitam fazer a prevenção de comportamentos de risco, tendo como missão a integração social e empregabilidade das famílias, recorrendo a um Gabinete de Apoio Familiar. 

Importância e impacto na sociedade portuguesa do prémio AGIR.

O prémio AGIR é uma iniciativa de índole privada, que assim vem complementar e reforçar outras medidas semelhantes tomadas pelo Governo nestas áreas de responsabilidade social por parte de empresas e entidades.

Por outro lado, a própria entidade organizadora REN assume essa mesma responsabilidade e esse posicionamento de todo o setor energético perante a sociedade portuguesa.

Veja também