Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
18 Set, 2018 - 14:09

10 dicas para preparar a casa para um gato e a tornar cat friendly

Teresa Campos

Preparar a casa para um gato é bem simples, desde que cumpra alguns pressupostos, de modo a torná-la bem confortável e segura.

10 dicas para preparar a casa para um gato e a tornar cat friendly

Vamos ensinar-lhe a preparar a casa para um gato, com todas as comodidades que o seu bichano precisa e merece. Independentemente das caraterísticas do seu felino, as dicas que lhe vamos deixar garantem que conseguirá preparar a casa para um gato com toda a eficácia e sem deixar nenhum pormenor de fora.

10 aspetos a ter em conta, na hora de preparar a casa para um gato

gato

1. Comedouros

Este é um item fundamental e que deve cumprir alguns requisitos importantes. Os recipientes muito fundos ou estreitos dificultam a tarefa do bichano comer todo o conteúdo. Também são aconselhados vasilhas de inox ou porcelana para evitar a acne felina que pode ser adquirida por bactérias existentes nas frestas de produtos plásticos.

2. Ração adequada

Além de adequada à idade do animal, a ração não deve conter flavorizantes artificiais e sódio, pois viciam o paladar do animal que, posteriormente, pode recusar a ração mais convencional. Ração super premium é a melhor opção, porque é feita com 100% de proteína animal, o que facilita a digestão e diminui o volume fecal. Apesar de cara, ela não contém corantes e todos os seus conservantes são naturais. Trata-se de uma ração concentrada e de rápida absorção, o que fará o seu gato sentir-se completamente saciado.

3. Água

Os gatos bebem muita água, por isso assegure-se que há sempre bebedouros cheios pela casa. Porém, evite colocá-los junto à comida ou à caixa de areia. Já existem bebedouros de água corrente, o que também é uma boa opção para o seu bichanos. A hidratação do gato é fundamental, uma vez que são animais muito sujeitos a doenças renais.

4. Arranhadores

Os arranhadores são elementos essenciais, sobretudo para evitar que os gatos arranhem tudo aquilo que quer manter intacto. Estes objetos são feitos em corda e ajudam a controlar o crescimento das unhas dos gatos, além de serem uma boa oportunidade do seu bichano se divertir. Há vários modelos disponíveis, desde castelos a itens mais simples e acessíveis.

Esterilizar gata: benefícios, cuidados e preços

5. Caixa de areia

Existem também muitos modelos de caixas de areia, desde os recipientes de plástico retangulares, até uma espécie de mini-WC’s, totalmente personalizados. Opte pela a areia e sílica de grânulos maiores pois, embora mais cara, não traz problemas respiratórios ao seu gato, o que pode acontecer com a sílica de grânulos menores. Troque o conteúdo da caixa de três em três dias.

6. Brinquedos

Há uma panóplia de brinquedos disponíveis no mercado, dos mais baratos aos mais caros. Claro que objetos do quotidiano como elásticos para o cabelo ou garrafas de plástico, podem ser um ótimo entretenimento para o seu gato. Porém, se quiser adquirir algo, saiba que existem cordas, penas, bolas e, claro, o tempo que dispensar a brincar com ele será o mais importante.

7. Cama

Embora os gatos gostem de dormir em todo o sítio, menos no seu ninho, não deixe de comprar uma pequena caminha para ele, nem que seja para ele passar lá pelas brasas uma ou outra vez.

8. Pente

Os gatinhos devem ser habituados, desde pequenos, a serem escovados e a ter prazer com isso. O pelo deve ser penteado contra a corrente e suavemente, de modo a remover os pelos mortos. No caso dos gatos de pelo curto, uma vez por semana é suficiente. Já nos de pelo longo ou semi-longo, a frequência deve ser aumentada, podendo mesmo chegar a ser diária.

9. Malte

O malte é um produto que previne a formação de bolas de pelo no intestino de gato. Quando o bichano se lava, engole muito pelo, sobretudo se se tratar de uma espécie de pelo longo. Portanto, a ingestão deste alimento específico, evita este problema das bolas de pelo que pode mesmo provocar obstruções intestinais.

>” href=”http://antikeda.pt/” target=”_blank” rel=”nofollow”>Conheça o serviço de proteção de varandas e janelas aqui >>

Preparar a casa para um gato é, realmente, fácil e não exige grandes gastos. Apenas deve tomar algumas precauções e não esquecer que os felinos, apesar de bastante autónomos, são animais e, por isso, devem ser cuidados com atenção, mimados e assegurar que lhes dá o melhor para eles crescerem e se desenvolverem saudavelmente. Se a chegada do seu bichano está para breve, então trate de preparar a casa para um gato o quanto antes e dê boas vindas ao novo membro da família!

Veja também: