Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
João Abreu
João Abreu
11 Dez, 2018 - 08:43

Saiba como proteger o carro de ferrugem

João Abreu

Saiba quais os cuidados que deve ter para evitar e proteger o carro de ferrugem. Perceba quais os seus riscos para o veículo e previna problemas. Tome nota!

Saiba como proteger o carro de ferrugem

Proteger o carro de ferrugem é uma questão que preocupa todos os proprietários de veículos e a boa notícia é que é possível prevenir este problema, levando a cabo uma série de procedimentos bem simples.

Há cuidados que se devem ter para proteger o carro de ferrugem e esses cuidados não devem ser tidos apenas em conta quando o veículo apresentar os primeiros sinais. Esta situação pode ser facilmente contornada, mesmo antes de serem visíveis as primeiras marcas.

Fique a conhecer tudo sobre este problema e saiba como prevenir e proteger o seu carro de ferrugem.

Como proteger o carro de ferrugem: dicas essenciais

A ferrugem pode ser a inimiga número um do seu carro, nomeadamente por poder causar danos um pouco por todas as peças do mesmo, particularmente no motor.

O que gera ferrugem dentro de um carro?

A ferrugem ocorre onde existe humidade e, consequentemente, onde existam peças de metal e chapa, podendo surgir a qualquer altura, havendo estas duas componentes na equação.

Ora, quando o ferro entra em contacto com o oxigénio existente no ar ou na água origina, por sua vez, uma reação química causadora de desgaste e corrosão lenta dos materiais. Num automóvel, a ferrugem atacará as superfícies metálicas, que entrarão em degradação, obrigando a uma rápida intervenção ou substituição dos componentes.

O local onde costuma deixar o seu carro tem uma enorme influência na ocorrência ou não de ferrugem. Não associe o termo “humidade” a locais onde chove, pois não são, de todo, sinónimos ou comparáveis. É importante notar que um local húmido pode ser, também, uma zona próxima do mar, um lugar com clima frio ou regiões com muita ocorrência de nevoeiro.

Como proteger o carro?

Proteger o seu veículo de ferrugem é possível, exigindo apenas que haja uma manutenção eficaz e constante do mesmo. Há 3 medidas essenciais.

carro com ferrugem

1. Cuidados com a pintura do carro

Com vista a proteger o carro de ferrugem, comece por ter os seguintes cuidados com a pintura do mesmo:

  • Procure lavar o carro frequentemente ou, pelo menos, uma vez por semana, sobretudo se ele ficar exposto às condições adversas, como locais frios ou junto ao mar. É importante que o lave com água limpa e detergente próprio para que crie uma camada de proteção para o efeito, secando-o finalmente;
  • Ao lavar o carro, aplique-lhe cera, pois esta irá manter a pintura protegida, prolongando-a em condições por mais tempo;
  • Evite deixar o carro estacionado em locais com muito sol, para proteger e prolongar uma pintura saudável do mesmo;
  • Se não tiver uma garagem fechada, utilize uma capa protetora no seu veículo. Opte pelas elásticas, com revestimento impermeável;
  • Se ponderar pintar o carro, certifique-se de que escolhe uma pintura de qualidade, de forma a combater estas intempéries.

2. Verifique com frequência o estado do carro

A ferrugem pode, ainda, aparecer devido a infiltrações de água dentro das borrachas, quando elas se desgastam e deixam de cumprir a sua tarefa principal: evitar que a água entre no carro. Assim sendo, faça uma revisão às mesmas: no compartimento do motor, nas portas, nos amortecedores, nas dobras do capot.

Uma simples vistoria externa não basta nesta luta contra a ferrugem, verifique o motor e até as peças que compõem a parte de baixo do seu carro. Caso encontre algum sinal de ferrugem, mesmo que mínimo, aplique um produto de remoção de ferrugem que seja adequado para estes efeitos. Se detetar um caso mais grave, entre em contacto imediato com um especialista auto, de forma a resolver especificamente o problema.

Se a carroçaria do seu automóvel tiver arranhões ou amassadelas, saiba que estes são agentes que favorecem a ocorrência de corrosão na zona interna da chapa. Proceda à sua correção, assim que possível.

3. Tenha especial atenção ao estacionamento perto do mar

Caso decida passar uma temporada à beira-mar, tenha atenção redobrada, quando estaciona no litoral. Aí, tanto a maresia, como as areias serão inimigas. Se quer proteger o carro de ferrugem, sempre que deixar o seu automóvel num local perto do mar, faça uma boa lavagem ao mesmo e verifique também a bateria e a injeção eletrónica.

A maresia pode causar corrosão na parte de suspensão e escape, bem como provocar danos nos amortecedores. A areia tem igualmente peso no desenvolvimento de corrosão, por poder ser absorvida pelo filtro de ar do motor e pelo filtro de cabine e ficar alojada em locais do carro que usam lubrificação.

Lave sempre o seu carro após ter estado estacionado junto ao mar e limpe também qualquer resíduo de areia, pois a areia contém resíduos de maresia que trarão efeitos negativos ao seu automóvel. O importante é não deixar passar muitos dias com a camada de sal assentada. Além do mau aspeto, tornar-se-á mais exigente a futura limpeza dos vidros.

É ainda essencial que verifique se o filtro de ar e os equipamentos de lubrificação estão livres de areia e/ou água. Examine se a caixa de direção e os amortecedores contêm resíduos de sal ou areias, pois estes podem desgastar as molas do amortecedor e, assim, comprometer o desempenho da suspensão do carro.

Tome nota: uma limpeza assídua servirá sempre como prevenção ativa, pelo que deve adotar este comportamento para assim melhor cuidar da estética e segurança do seu carro.

Veja também: