Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ekonomista
Ekonomista
07 Out, 2020 - 17:50

UNICA: aumento do roubo de automóveis leva PSP a criar unidade especial

Ekonomista

PSP tem, desde outubro de 2019, uma unidade especial para travar furtos, que recorre a avançadas técnicas forenses. Grande Porto está no topo da lista de automóveis roubados.

Homem a roubar carro de parque de estacionamento

De há dois anos para cá, o número de carros furtados em Portugal tem vindo a aumentar, atingindo cerca de 270 veículos roubados por mês.

De acordo com dados estatísticos da PSP, citados pelo Jornal de Notícias, o número médio de furtos de automóveis passou de oito, em 2019, para nove veículos por dia no primeiro trimestre deste ano.

Apesar de este ser um tipo de criminalidade mais presente nas cidades de Lisboa e do Porto, é precisamente no Grande Porto que se tem verificado um maior aumento de furtos, sobretudo de veículos mais valiosos.

De acordo com a mesma fonte, no primeiro trimestre de 2020, foram furtados 541 carros, mais 21 do que no mesmo período do ano passado. Já na região de Lisboa, o número caiu de 484, em 2019, para 468 no mesmo período.

Atenta a este crescendo de casos, em outubro de 2019 a PSP criou uma unidade especial denominada de UNICA (Unidade Nacional de Investigação da Criminalidade Automóvel), que recorre a métodos específicos de análise criminal e avançadas técnicas forenses.

Isto porque, na grande maioria dos casos, os automóveis são levados por redes criminosas e depois desmantelados, para abastecerem o mercado de venda de peças usadas, ou são simplesmente falsificados, “passando a circular como se fossem veículos genuínos”, refere ainda o JN.

Além de concentrar informação dos roubos, esta unidade policial tem equipamento que permite perceber, de forma rápida, se um carro foi viciado. Outra aparelhagem faz a análise do local onde tudo aconteceu o que facilita as investigações e a identificação dos autores do crime.

Veja também