Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
07 Set, 2018 - 12:00

Quarto de menina: 4 aspetos a ter em conta na decoração

Teresa Campos

Sem cair em estereótipos, é verdade que um quarto de menina tem as suas particularidades. Fique a conhecer algumas neste artigo.

Quarto de menina: 4 aspetos a ter em conta na decoração

Não queremos alimentar estereótipos, mas há aspetos específicos a ter em conta quando se planeia a decoração de um quarto de menina. Claro que ele não precisa de ser cor-de-rosa ou num estilo princesa, mas talvez haja detalhes a que a sua filha dê mais atenção do que propriamente o seu filho, certo? Então, aprenda quais os pontos importantes num quarto infantil e, mais particularmente, num quarto de menina.

Quarto de menina: 4 aspetos essenciais sobre os quais deve ponderar

5 móveis essenciais num quarto de criança a preços imperdíveis

1. Cores

Use tons alegres e divertidos, mas tenha cuidado para não tornar o ambiente cansativo ou enjoativo. Evite os tons demasiado associados aos quartos de bebé – pois uma criança já se sente crescida de mais para eles – e, no caso das meninas, não caia no estereótipo do cor de rosa, a menos que a pequena goste. Escolha uma base neutra e deixe os tons fortes que elas tanto gostam para os detalhes que podem ser trocados mais facilmente.

Uma boa opção é intercalar as paredes com tinta, por paredes com papel, onde pode escolher entre um sem número de cores e padrões, que devem acompanhar o gosto da criança e, naturalmente, a decoração global do quarto. Mais uma vez, aqui é importante apelar à contenção e não esquecer que, a essas tonalidades, vão somar-se as muitas cores dos brinquedos que irão povoar aquele espaço. Tente usar o papel de forma inteligente, quebrando a monotonia e fazendo, por exemplo, combinações entre ele e as roupas de cama ou outros objetos presentes no quarto. Outra vantagem é que o papel pode ser, facilmente, substituído, o que é bom no quarto dos mais novos, sempre a alterar os seus gostos e preferências.

2. Espaço

Aposte nos acessórios como cortina, tapete, puff, almofadas e, claro, um espelho! Invista também numa cama segura e confortável e, eventualmente, com uma segunda cama por baixo, quando a pequena quiser convidar uma amiga ou você mesmo tenha que dormir com ela, por a menina estar doente, por exemplo.

O quarto deve compreender, igualmente, um cantinho para o estudo – que pode também servir para a menina fazer os seus penteados -, nichos e organizadores para os brinquedos e, particularmente no caso das meninas, um guarda roupa prático e capaz de armazenar não só roupa, como acessórios.

Procure sempre mobiliário seguro, sem arestas e na proporção adequada ao tamanho da criança. É importante que no quarto ainda sobre espaço para uma área de brincadeira, onde seja possível brincar às casinhas, pentear as bonecas e fazer jogos divertidos.

3. Organização

O quarto é, sempre, um espaço para descansar por isso, e ainda que haja uma zona de brincadeira, é importante que tudo esteja arrumado, na hora da criança ir para a cama.

Para isso, faça uso de caixas e caixotes que combinem com a decoração e, até, personalizados com tintas, missangas e purpurinas da sua filha e guarde neles os brinquedos e jogos.

Assim, não só mantém tudo em ordem, ganha espaço e, sempre que preciso, a criança consegue facilmente ir buscar os brinquedos que deseja.

4. Iluminação

A iluminação é importante em qualquer quarto de criança, mas no caso das meninas, ela pode ajudar a despertar – ainda mais – a sua imaginação e criatividade. Use uma iluminação mais forte na área de estudo e um candeeiro romântico e delicado, com uma luz de intensidade mais fraca, para colocar na mesinha ao lado da cama. Personalize o abajour, colando algumas flores artificiais ou outras aplicações e verá como a sua princesa vai adorar.

Outra ideia bastante popular é colocar aquelas luzes – típicas das decorações natalícias – enroladas na cabeceira da cama. Atualmente, já há opções que desenham uma palavra ou até o nome da menina. Além de iluminar, tal dá um toque muito querido e acolhedor ao espaço.

Se tem uma filha ou vai ter uma menina, seguramente já sonha com o quarto de menina que vai fazer. Pois bem, nem sempre as idealizações dos pais vão ao encontro do real gosto dos filhos. E, muitas vezes, a ideia do rosa, das princesas e das coisas fofinhas tão associadas ao feminino, nem sempre é aquilo de que as raparigas verdadeiramente gostam.

Em todo o caso, deixamos indicações importantes para planear um quarto de menina, mas que pode, facilmente, adaptar para um quarto de rapaz. Fundamental é que a criança goste do seu quarto e participe no processo de escolha da sua decoração.

Veja também