ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
David Afonso
David Afonso
17 Mai, 2021 - 15:07

Rali de Portugal: a Porto Street Stage está a chegar

David Afonso

A Porto Street Stage estará de volta à Invicta em 2021, naquela que será a sua 3.ª edição. Preparado para o som dos motores?

carro a competir na Porto Street Stage do Rali de Portugal

A Porto Street Stage está de volta à Invicta em 2021, naquela que será a sua 3.ª edição. Depois do cancelamento em 2020, a prova portuguesa pontuável para o Mundial de Ralis volta a ter passagem pela cidade do Porto.

É verdade, o Rali de Portugal volta a correr-se no norte do país e logo numa especial renovada que vai prometer muita adrenalina e velocidade. A prova organizada pelo Automóvel Clube de Portugal será a quarta etapa pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis (WRC).

Disputa-se entre os dias 20 a 23 de maio, com um figurino em quase tudo semelhante ao que estava planeado para 2020, antes do seu cancelamento devido à pandemia.

Vejamos o que está preparado para mais uma aventura citadina sobre rodas e pela cidade invicta.

Porto Street Stage: o Rali de Portugal com sotaque

A classificativa Porto Street Stage, com passagem pela Foz do Douro, está marcada para dia 22 de maio, o segundo dia da competição. Depois de duas edições na baixa da cidade do Porto, em 2016 e 2018, em 2021, o rali e os pilotos vão sentir o asfalto com o cheiro a mar.

Contudo, a ideia é manter a espetacularidade de uma classificativa citadina e todas as suas curvas e contra-curvas, com emoção em cada aceleração.

Desta vez o traçado é agora bastante mais compacto, perfazendo pouco mais de um quilómetro entre a partida e chegada, localizada na Avenida de Dom Carlos I, junto ao acesso à praia do Ourigo.

Cada concorrente realizará três voltas ao traçado, onde se incluem duas zonas de piões, duas chicanes e um salto, perfazendo um total de 3,3 km cronometrados. O primeiro concorrente terá partida marcada para as 19.03 horas.

Comparativamente à anterior especial, desenhada em plena Baixa do Porto, este novo traçado reduz drasticamente os transtornos com a realização da prova junto da população, já que não interfere diretamente com moradores ou comércio, tanto durante as montagens como no dia da prova.

Devido à realização do “Vodafone Rally de Portugal 2021 – Porto Street Stage”, e de modo a garantir condições de segurança à mobilidade de pessoas e veículos, torna-se necessário efetuar os seguintes condicionamentos de trânsito e estacionamento, nos locais e períodos identificados.

Para quem é residente na zona onde vai ocorrer a prova pode consultar aqui as regras de trânsito estabelecidas.

Os clássicos desportivos também estão de volta

Numa espécie de aperitivo para o evento principal, tal como nas anteriores edições, o programa da Porto Street Stage vai incluir uma prova de Clássicos Desportivos durante a tarde de 22 de maio.

Esta é uma prova bastante querida entre todos e que conta com clássicos que transportam os telespetadores para outras épocas.

Preparado para um mar de emoções? Conheça o programa

Este é um evento muito importante em Portugal. Recorde-se que a última edição do Rali de Portugal, em 2019, gerou um impacto recorde de 141,2 milhões de euros na economia das regiões do norte e centro do país.

Para além disso, o impacto indireto, proveniente da exposição nacional e internacional através dos media, foi de 67,7 milhões de euros. Logo, face às condicionantes, é extremamente valorizar o ocorrer deste evento.

Com efeito, este Rali de Portugal promete. Em três dias, os pilotos enfrentam um total de 346,26 quilómetros cronometrados, divididos por 21 especiais a percorrer ao longo de três dias de prova.

No primeiro dia da prova, a 21 de maio. Lousã, Góis e Arganil recebem duas passagens de cada concorrente. Sendo que dia 22, está marca a Porto Street Stage.

A Super Especial da Foz do Douro terá transmissão televisiva em direto pela RTP, podendo ser seguida em mais de 160 países.

Será que o estónio Ott Tanak, em Toyota Yaris, vencedor da 53.ª edição do Rali de Portugal, vai sentir o sabor da vitória? Ou será que Ogier mantém o domínio no mundial?

Rali de Portugal 2021: Programa Oficial

Quinta-feira, 20 de maio

09:01Shakedown (P1) Paredes (4,60 km)
20:30Cerimónia de Partida, Porta Férrea, Coimbra

Sexta-feira, 21 de maio

06:30Partida Secção 1 Porta Férrea, Coimbra
08:08SS1 Lousã 1 (12,35 km)
09:08SS2 Góis 1 (19,51 km)
10:08SS3 Arganil 1 (18,82 km)
12:31SS4 Lousã 2 (12,35 km)
13:31SS5 Góis 2 (19,51 km)
14:38SS6 Arganil 2 (18,82 km)
16:05SS7 Mortágua (18,16 km)
19:03SS8 Lousada – SSS (3,36 km)

Sábado, 22 de maio

08:08SS9 Vieira do Minho 1 (20,64 km)
09:08SS10 Cabeceiras de Basto 1 (22,37 km)
10:24SS11 Amarante 1 (37,92 km)
14:38SS12 Vieira do Minho 2 (20,64 km)
15:38SS13 Cabeceiras de Basto 2 (22,37 km)
16:54SS14 Amarante 2 (37,92 km)
19:03SS15 Porto – Foz (SSS) (3,30 km)

Domingo, 23 de maio

07:08SS16 Felgueiras 1 (9,18 km)
07:53SS17 Montim (8,75 km)
08:38SS18 Fafe 1 (11,18 km)
10:04SS19 Felgueiras 2 (9,18 km)
12:18SS20 Fafe 2 –Wolf Power Stage (11,18 km)
14:20Cerimónia de Pódio – Matosinhos

Mais informações aqui.

Porto Street Stage, com ou sem público?

A Porto Street Stage estava a ser planeada coma montagem de bancadas em alguns pontos do percurso, tendo a DGS autorizado que as bancadas tivessem 30% de lotação. No entanto, face aos custos, esta ideia não vai avançar.

Segundo a Câmara Municipal do Porto, após uma análise aos custos associados,

concluiu-se que a operação era excessivamente onerosa para o município, possibilitando um número muito reduzido de público, além de que a adjudicação dos vários serviços seria praticamente impossível de concretizar em face dos prazos disponíveis.

Esta decisão, ainda que complicada, foi pensada também devido à imprevisibilidade da evolução epidemiológica da COVID-19. Uma imprevisibilidade que implica uma avaliação de risco contínua e, conforme o nível de risco apurado, a reavaliação das medidas implementadas, bem como o seu cumprimento.

Contudo, com ou sem público os melhores da modalidade vão estar presentes no Rali de Portugal, e nesta, Porto Street Stage.

Com Ogier na frente do Mundial, Neuville, Evans, Tänak e Rovanperä serão os homens na perseguição para tirar a vitória ao francês.

Do lado português, neste Rali de Portugal, estão nomes como Armindo Araújo, Bruno Magalhães ou Bernardo Sousa.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].