Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
06 Mar, 2020 - 11:31

Há regras para viajar com medicamentos. Saiba quais são

Márcio Matos

Se vai de férias e vai apanhar um avião, há regras para viajar com medicamentos que precisa mesmo de conhecer. Tome nota de algumas delas.

regras para viajar com medicamentos

Muitas pessoas têm dúvidas acerca de como fazer o seu transporte e armazenamento. É que há regras para viajar com medicamentos, sobretudo se o seu meio de transporte for o avião. A Ordem dos Farmacêuticos listou algumas dessas regras que vamos, agora, partilhar consigo.

Quando preparamos uma viagem devemos, juntamente com a arrumação e organização das roupas e demais objetos, incluir um kit de primeiros socorros, onde constem os comprimidos que costumamos tomar, os medicamentos de SOS e os fármacos que, eventualmente, nos tenham sido recomendados levar para o nosso destino de férias.

Regras para viajar com medicamentos (antes, durante e depois da viagem)

Ainda na fase de preparação da mala deve reunir os medicamentos necessários e levar uma quantidade suficiente dos mesmos, de modo a que cubram o seu período de férias e mais um dia (no caso de haver algum imprevisto).

É ainda fundamental ter em consideração os prazos de validade dos fármacos. Também é essencial manter o horário regular de toma dos medicamentos, lembrando-se que pode ter de ajustar algumas horas, devido aos fusos horários.

Kit

No caso de viajar de avião, deve preparar um kit para viajar com medicamentos que possa ser transportado na bagagem de mão, de modo a poder aceder aos fármacos durante a viagem ou em caso de perda/atraso da bagagem de porão.

Nesse kit, deve incluir os seus medicamentos habituais e outros básicos, que tenham em consideração o destino e tipo de viagem. Alguns destes itens podem seguir no porão, embora deva ter em linha de conta qual a temperatura no porão e se ela pode ou não danificar os medicamentos.

kit de medicamentos

Segurança

Deve também fazer e levar consigo uma lista detalhada dos medicamentos que habitualmente toma (nome comercial, substância ativa, dosagem,…), sobretudo para o controlo de segurança no aeroporto.

Para também facilitar o controlo, convém transportar os medicamentos na sua embalagem original e levar uma cópia da receita médica ou uma declaração do médico (de preferência em inglês), que ateste a necessidade de toma daqueles medicamentos.

Transporte e armazenamento

Como já dissemos, a temperatura pode alterar a eficácia dos medicamentos. Por isso, há que ter em atenção as condições em que os medicamentos são armazenados e, em caso de terem de ser conservados no frio (entre 2 a 8 °C), devem ser transportados num saco isotérmico refrigerado, sem congelar, naturalmente.

Restrições de medicamentos

No geral, não há restrições ao viajar com medicamentos de um país para outro. Porém, existem países com listas específicas de medicamentos restritos, tal como os Emirados Árabes Unidos, Índia, Paquistão ou Turquia.

Para ficar esclarecido sobre estas ou outras restrições, pode consultar o portal das comunidades portuguesas, do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Saiba que líquidos pode levar na bagagem de mão
Não perca Saiba que líquidos pode levar na bagagem de mão

Medicamentos líquidos

Se não há restrições ou especificidades de monta no transporte de comprimidos e de mais medicamentos sólidos, o mesmo não se pode dizer dos líquidos.

Medicamentos xarope

Fármacos, como xaropes, por exemplo, devem ser transportados em frascos ou tubos com capacidade até 100 mililitros. Estas embalagens têm de ser colocadas dentro de um saco de plástico transparente que possa ser aberto e verificado pelas autoridades. Cada passageiro só pode transportar até um litro de líquidos.

Quanto aos medicamentos líquidos em aerossol ou géis (LAG), os passageiros podem transportar injetáveis (como a insulina), assim como a seringa e as agulhas. Mais uma vez, uma receita ou declaração médica a atestar a necessidade destes itens é aconselhada.

Quem não respeitar todos os passos descriminados anteriormente, pode ver os seus medicamentos confiscados ou ser obrigado a entregar a bagagem para seguir no porão.

Logo, se vai viajar, não pense já na roupa ou nos objetos pessoas que vai levar. Comece por se concentrar no tópico da medicação pois, como ficou claro, há regras para viajar com medicamentos e é essencial respeitá-las.

Veja também