Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Nuno Margarido
Nuno Margarido
13 Jul, 2018 - 11:50

Remover pen sem ejetar pode danificá-la: mito ou verdade?

Nuno Margarido

“É seguro remover uma pen sem ejetar?” Esta é uma pergunta que muitos colocam, mas a que poucos sabem responder. Desvendamos o mito.

Remover pen sem ejetar pode danificá-la: mito ou verdade?

Com as pens não se brinca. Afinal, elas guardam parte da nossa vida pessoal e profissional – muitas vezes até acabam por ser o único espaço de armazenamento para alguns ficheiros. Mas será seguro remover pen sem ejetar? A resposta mais curta é… sim e não. A resposta mais longa é… mais vale prevenir do que remediar.

Saiba se é seguro remover uma pen sem ejetar

As pens já fazem parte das nossas vidas há muitos anos, permitindo guardar e transportar ficheiros e dados de um lado para o outro.

É muito provável que já tenha visto alguém a remover a pen do computador sem tomar as devidas precauções, mas será que este gesto será mesmo seguro? Saiba porque vale a pena remover a pen de forma segura.

remover pen sem ejetar

Uma resposta de sim e não

Os sistemas operativos foram programados para tratar os dispositivos externos – como os discos externos ou as pens – como se estes fizessem sempre parte do próprio computador. Ou seja, o computador não consegue distinguir um disco “interno” de um disco “externo”, algo que também acontece com as pens.

O que é que isto implica para o funcionamento da própria pen? Implica que o computador pode estar a aceder ao dispositivo mesmo quando o utilizador não o está a utilizar.

É mesmo seguro remover uma pen sem ejetar? Sim e não. Há alguns momentos em que o computador não está a fazer esse mesmo acesso, daí ser plenamente seguro remover a pen sem ejetar. Mas não vale a pena correr riscos, certo?

Remover uma pen sem ejetar pode causar alguns dissabores, como a perda de dados ou ficheiros ou até mesmo o corromper da própria pen – que depois tem de ser formatada para poder voltar a ser utilizada.

É por isso que mais vale prevenir do que remediar, removendo a pen após utilizar o assistente que permite remover de forma segura o hardware. Mesmo que isso demore alguns segundos a mais.

Conclusão

Medindo todos os prós e contras, é possível perceber que o “não” não tem muitos argumentos a favor. Seja para manter a pen a funcionar corretamente ou apenas para não ver os dados corrompidos, nada como criar o hábito de remover sempre a pen de forma segura. Demora apenas alguns segundos a mais e permite que o utilizador esteja sempre descansado.

Veja também