ekonomista
ekonomista
04 Jul, 2019 - 03:36
Tapas do Mundo e vinhos verdes animam fim de semana em Braga

Tapas do Mundo e vinhos verdes animam fim de semana em Braga

ekonomista

Durante todo o próximo fim-de-semana, o Palácio dos Biscainhos, em Braga, recebe o evento Tapas do Mundo. Tudo regado com bom vinho verde, claro.

O artigo continua após o anúncio

O Palácio dos Biscainhos, no coração de Braga, acolhe, de 5 a 7 de julho, a iniciativa Tapas do Mundo. Neste evento, será possível encontrar um conjunto de iguarias e pratos típicos oriundos de onze países. Índia, EUA, Austrália, Alemanha, Rússia, Moçambique, Cabo Verde, Venezuela, Vietname, Angola, Brasil são os países eleitos e que apresentarão, em Braga, a sua cultura, sabor e tradição.

Tapas do Mundo com produtos portugueses

tapas do mundo

O chef australiano Justin Jennings e o chef português António Alexandre, da Chefs Academy, são os responsáveis pela confeção das diversas tapas do mundo disponíveis para saborear, “todas elas confecionadas com matérias-primas nacionais, uma vez que os produtos portugueses têm essa versatilidade”, afirmou Teresa Oliveira, da organização. Além das degustações, haverá ainda harmonizações com vinhos da Adega Ponte da Barca.

O evento contará, ainda com a apresentação ao público da primeira cerveja artesanal de vinho verde, a Cervejola, um produto inovador e único no mercado. Entre as 17h00 e a 1h00, as famílias, os amigos e os colegas de trabalho poderão saborear as diversas tapas trazidas a este evento, disfrutando assim de um momento de convívio e de experiência gastronómica. Haverá, ainda, uma oferta diversificada de vinho a copo.

Os preços variam entre os 2 e os 8 euros, tanto para as tapas como para o vinho a copo. Para facilitar o pagamento, foi criada a Moeda do Mundo, que funcionará como forma de pagamento. Este magnífico espaço irá ainda contar com uma zona lounge, no jardim, onde irá ser criado um ambiente clubbing, com boa música e DJ.

Adega Ponte da Barca

A Adega Ponte da Barca cuida, desde 1963, de um património vitícola e cultural ímpar localizado no Noroeste de Portugal − região com mais de 20 séculos de história do vinho – atuando especificamente num território singular atravessado pelos rios Lima, Vade e Vez.

Atualmente, possui cerca de 1100 associados, que representam uma área de 900 hectares de vinha, nos concelhos de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez, onde são privilegiadas as duas principais castas da Região dos Vinhos Verdes: Loureiro (branca) e Vinhão (tinta). A Adega possui hoje, no seu vasto portfólio, vinhos, espumantes e aguardentes, todos com Denominação de Origem Controlada “Vinho Verde”.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp