Publicidade:

Como consultar despesas do IRS em 5 passos

Este artigo vai ensiná-lo a consultar despesas do IRS passo a passo. Para começar, deverá ter à mão o seu NIF e a senha de acesso ao Portal das Finanças.

Como consultar despesas do IRS em 5 passos
Faça o controlo das suas contas através do Portal das Finanças

Todos os anos, chega aquela altura em que os contribuintes devem preencher o IRS. Se ainda tem algumas dúvidas sobre como consultar despesas do IRS, este artigo irá ajudar ao explicar passo a passo como fazê-lo.

Só assim poderá realizar o controlo das suas contas, ou seja, verificar se estas coincidem com as das Finanças.

Aprenda a consultar despesas do IRS


1. Aceda ao Portal das Finanças

O primeiro passo é aceder ao Portal das Finanças, e selecionar a opção “Cidadãos”, seguida da opção “IRS”. Ser-lhe-à pedido que introduza o seu Número de Identificação Fiscal (NIF) e a sua senha de acesso ao Portal das Finanças.

Se ainda não tem uma senha de acesso, terá de pedi-la para que a mesma seja enviada para a sua morada fiscal via CTT. Deve fazer o registo com antecedência, uma vez que poderá demorar cerca de cinco dias a recebê-la.

2. Como consultar despesas do IRS do ano anterior

Depois de ter inserido o seu NIF e  senha, irá encontrar uma área com várias opções . Para poder consultar despesas do IRS de 2017, deve selecionar a primeira que consta de uma listagem apresentada à esquerda, “Consultar Despesas para Dedução à Coleta”. Por defeito, aparecerão as despesas do ano mais recente, neste caso 2017.

Só assim conseguirá verificar despesas como taxas moderadoras dos hospitais, recibos eletrónicos de renda ou propinas da universidade. Poderá ainda consultar os juros de dívidas contraídas com a aquisição, construção ou beneficiação de imóveis e também gastos relacionados com encargos com lares, entre outros.

3. Despesas do IRS elencadas por tipo de dedução à coleta

Quando já se encontrar na página que surge depois de ter clicado em “Consultar Despesas para Dedução à Coleta”, poderá ver as suas despesas do IRS elencadas por tipo de dedução à coleta.

Saúde, despesas gerais familiares, seguros de saúde, formação e educação, lares, imóveis e dedução pela exigência de fatura são as categorias que irá encontrar.

portal das financas

4. Verifique o total das despesas de faturas com NIF

Cada categoria tem à sua frente um valor, que representa o total das despesas de faturas com NIF do respetivo contribuinte. Isto significa que as mesmas chegaram ao seu conhecimento, dentro dessa mesma categoria.

Irá também encontrar em baixo a indicação do valor que corresponde à dedução a que terá direito dentro da respetiva categoria.

5. Clique na opção “Ver detalhes”

Ao escolher essa opção existente na página, conseguirá perceber a que corresponde cada valor (por cada categoria). Quando clicar em “Ver detalhes” irá surgir uma nova opção chamada “Ver mais”. Ao selecioná-la poderá verificar quais foram as faturas contabilizadas pelas Finanças para o apuramento das deduções.

Consultar despesas do IRS: veja todos os gastos dedutíveis


Os valores finais das despesas de IRS do seu IRS anual, que podem ser assim consultados na página do Portal das Finanças, costumam ser disponibilizados no final de fevereiro, para que consiga verificar todos os gastos que não surgiram no E-fatura.

Quais são as despesas que não entram no E-Fatura?

As despesas dedutíveis no IRS pedidas com NIF ao longo do ano podem ser vistas no sistema E-fatura do Portal das Finanças. É através desse sistema que o contribuinte confirma e regista as suas faturas das despesas dedutíveis no IRS.

No entanto, algumas entidades não têm de comunicar as informações das faturas ao Fisco ao longo do ano, e sim apenas no início do ano seguinte. Isto acontece, por exemplo, com os hospitais públicos, as escolas, as universidades, os lares e senhorios dispensados de emitir o recibo de renda eletrónicos.

Uma vez que estas faturas não são inseridas nem confirmadas pelos contribuintes no E-fatura, a Autoridade Tributária teve de criar uma nova página com as despesas que não surgiam no E-fatura, onde acolheu a totalidade das despesas dedutíveis no IRS anual.

Nessa página, as despesas dedutíveis que não entraram no E-fatura mostram o valor final das deduções de IRS, tendo os passos para a realização desta consulta sido anteriormente explicados no artigo.

irs 2018

Como reclamar faturas registadas


O prazo para o contribuinte reclamar as faturas registadas é de 1 a 15 de março. Esta reclamação inclui as despesas gerais familiares e também as despesas com dedução de IVA.

O que é o anexo H?

O anexo H é uma opção à reclamação, e deve ser preenchido durante a entrega da declaração anual de IRS com os valores corretos. Para tal, é necessário guardar as faturas em papel durante quatro anos. Só assim o contribuinte conseguirá preencher o que falta.

Mas atenção, pois esta opção aplica-se apenas às despesas de educação e formação, saúde, encargos com lares ou com imóveis para habitação permanente. Já as despesas gerais familiares e despesas com dedução de IVA não podem ser inseridas.

Verifique despesas de IRS enquanto preenche o anexo H

As despesas do E-fatura não surgem no IRS, mas quando estiver a preencher o anexo H do IRS online conseguirá verificar as despesas de IRS comunicadas no E-fatura.

Basta clicar na opção “Sim” do quadro 6C do anexo H. Ao selecioná-la poderá ainda alterar manualmente os valores pré-preenchidos pelo Fisco para os valores corretos.

Veja também:

Cátia Tocha Cátia Tocha

Formada em Ciências da Comunicação pela Universidade Autónoma de Lisboa, onde concluiu Licenciatura e Mestrado, começou o seu percurso como jornalista na Rádio. Hoje, escreve sobre diferentes áreas e tem já alguns anos de experiência na escrita para meios online.