Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Reis
Catarina Reis
30 Mai, 2018 - 09:28

Aceitar uma promoção se está à procura de outro emprego: sim ou não?

Catarina Reis

Uma decisão que pode tornar-se num verdadeiro quebra-cabeças: deve ou não aceitar uma promoção quando está à procura de outro emprego?

Aceitar uma promoção se está à procura de outro emprego: sim ou não?

Aceitar uma promoção quando se está à procura de outro emprego é um erro? Depende. Pode ser um grande erro, mas também pode ser a decisão mais acertada da sua vida. Saiba mais e fique com as dicas.

Como lidar com uma promoção quando temos um outro emprego na mira?

Não existe uma resposta certa, porque existem inúmeras variantes que condicionam uma decisão desta envergadura, mas podemos dar-lhe algumas dicas para conseguir lidar com esta situação aparentemente complexa (embora, como iremos perceber, possa ser até bem mais simples).

deve aceitar uma promoção se está à procura de outro emprego

Quando não deve aceitar uma promoção quando se está à procura de outro emprego é um erro?

Se não gosta do seu trabalho, então, sim, será um erro aceitar ser promovido. Se já não aguenta o que faz, não se deve penitenciar por estar à procura de um novo emprego tão ativamente quanto possível. Na verdade, se o seu coração já não está naquilo que faz e se a simples mudança de funções dentro da mesma empresa não é suficiente para motivá-lo, ser promovido só vai agudizar o seu sentimento de insatisfação.

3 dicas para lidar com um convite de promoção quando se está à procura de outro emprego

1. Não perder o foco: consciencialize-se de que provavelmente o facto de estar à procura de um novo emprego significa que sente necessidade de mudar de trabalho, de funções, de empresa ou mesmo de setor. Ser promovido trará consigo responsabilidades acrescidas na empresa, que só conseguirá assumir se estiver motivado. Se lhe foi feita uma proposta de promoção nestas circunstâncias, talvez o seu superior já tenha notado que quer sair e esteja a tentar “segurá-lo” na empresa. Mas isso não significa, só por si, que deva ficar. Foque-se nos seus objetivos de vida e tome a sua decisão de acordo com os mesmos!

2. Mantenha uma postura ética, mas não sinta qualquer constrangimento por estar a procurar trabalho: os bons profissionais procuram constante e ativamente melhores oportunidades. Se optar por contar que está à procura de um novo emprego, lembre-se que esse detalhe por si só pode precisamente ser o gatilho para que um convite de promoção apareça. Se o seu objetivo for ser promovido, então vá em frente, e nesse caso aceite a promoção.

3. Não tome uma decisão precipitada: atingir o equilíbrio entre nutrir e construir uma carreira no seu emprego atual, enquanto ainda está aberto a novas oportunidades, pode ser uma grande fonte de stress e preocupações. Quando investimos arduamente no nosso trabalho, o nosso julgamento pode ficar toldado e podemos acabar por não saber quando está na altura de ficar ou sair. Não perca o discernimento.

Veja também