Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
16 Out, 2019 - 13:19

Descubra quais os alimentos mais indicados quando tem diarreia

Teresa Campos

Para os dias em que as idas ao WC são mais frequentes do que o desejado, nada como apostar nestes alimentos para combater a diarreia. Fique a conhecê-los!

Mulher com dores de diarreia

Todos sabemos como os episódios de diarreia podem fragilizar. Nesses períodos, as refeições a fazer devem ser leves, fáceis de digerir e ingeridas em pequenas quantidades.

Sopas, purés e frutas são alguns dos alimentos mais indicados para este problema ter um ponto final, mas há outros ingredientes benéficos.

Para o tratamento da diarreia, é ainda fundamental beber água, chá e sumos naturais, de forma a evitar a desidratação.

Além disso, há alimentos bons para a diarreia e pós-diarreia, pois conseguem compor mais rapidamente a flora intestinal e regularizar o funcionamento do intestino. Fique a conhecê-los.

10 alimentos bons para combater a diarreia

pequeno almoço saudável para combater a diarreia
A alimentação deve ser variada e saudável

1. Arroz

O arroz (branco ou integral) possui um elevado número de vitaminas do complexo B. Elas irão ajudar na eliminação das toxinas do corpo e no alívio do intestino.

É, por isso, um acompanhamento bastante recomendado para quem precisa de recompor a sua flora intestinal.

2. Banana

As bananas ajudam a restabelecer o organismo dos minerais perdidos na diarreia e absorvem os líquidos presentes no intestino, normalizando o seu funcionamento.

Assim, a banana é uma fruta para ter sempre em casa, já que promove o bom trânsito intestinal e a sua regularidade, sendo também recomendada para casos de obstipação.

3. Iogurte

O iogurte é um excelente alimento, capaz de reequilibrar a flora intestinal. Os seus fermentos vivos e ativos são recomendados para várias situações de problemas intestinais e gástricos, sejam eles de diarreia ou de obstipação. Portanto, é um alimento para ter sempre no frigorífico.

4. Limão

O limão tem propriedades que melhoram o funcionamento do sistema digestivo.

Se não conseguir comer o limão em rodelas, como qualquer outro fruto, pode sempre fazer um sumo de limão ou espremer algumas gotas do citrino em água ou chá.

5. Alho

O alho é um ingrediente muito poderoso, com vários benefícios para o organismo e imensas propriedades. É uma espécie de remédio natural, capaz de desintoxicar o organismo e protegê-lo das mais variadas agressões.

No caso da diarreia, o alho pode ser benéfico, visto que é capaz de eliminar uma série de vírus, bactérias e parasitas do corpo.

6. Cenoura

As cenouras possuem muitas vitaminas, que ajudam a reintegrar o organismo, e ainda pectina, a qual regula o funcionamento do intestino. Pode integrar a cenoura na dieta das mais variadas formas.

Pode fazer um sumo de cenoura, um puré ou ingerir a cenoura acompanhada pelo arroz que também é aconselhável em períodos de diarreia.

7. Chás

Algumas plantas como a malva, a camomila e a erva-cidreira podem ser consumidas em chás, capazes de atuar na musculatura do intestino, contribuindo para o seu normal funcionamento.

Esta é, ainda, uma forma de hidratar o organismo e repor todos os líquidos perdidos por via da diarreia.

Mulher com prisão de ventre
Não perca Conheça os melhores alimentos para combater a prisão de ventre

8. Aveia

A aveia é um cereal rico em fibras solúveis, que acalmam os intestinos e ajudam a recuperar as normais funções do organismo. A fibra absorve o excesso de líquido e alivia a dor e o desconforto.

Este ingrediente pode ser combinado com outros já indicados nesta lista, como a banana ou o iogurte.

9. Maçã

As maçãs, cruas ou cozidas, são uma fruta de fácil digestão e cujas fibras solúveis permitem restaurar o bom funcionamento do intestino, em pouco tempo. É uma fruta ideal para quem deseja recuperar a flora intestinal.

10. Sopas

As sopas e os legumes cozidos ajudam a restaurar o equilíbrio das funções intestinais e a repor os sais minerais e as vitaminas perdidas, durante os episódios de diarreia.

Além disso, se ingeridas mornas a quentes, elas são capazes de dar uma sensação de conforto intestinal agradável.

Veja também