Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
14 Out, 2019 - 11:58

Conheça os melhores alimentos para combater a prisão de ventre

Teresa Campos

Quem sofre de prisão de ventre sabe que incluir alimentos saudáveis na sua dieta é fundamental. Conheça alguns que o farão sentir melhor.

Mulher com prisão de ventre

Entende-se por obstipação a dificuldade na regular progressão das fezes ou na incapacidade total em evacuar. Quem sofre de obstipação tende a ter fezes mais duras e secas, uma evacuação que obriga a grande esforço e evacuações de zero a duas vezes por semana. Por isso, é fundamental ter por perto alguns alimentos bons para a prisão de ventre.

Escusado será dizer que esta é uma condição que causa grande desconforto e sofrimento a quem padece dela e, por isso, além de apostar na prevenção, é importante saber o que fazer para combater este estado.

Se a atividade física regular pode dar um contributo importante, a ingestão de alimentos, ricos em fibra, tais como: cereais (farelo, flocos, pão e bolachas integrais); fruta (ameixa, pêssego, frutos de polpa, frutos tropicais); e vegetais (couve, feijão, grão, ervilha, fava) também essencial para um melhor trânsito intestinal.

7 alimentos bons para a prisão de ventre

Homem com obstipação
Uma alimentação saudável pode evitar episódios de prisão de ventre

1. FRUTA FRESCA

Já aqui falámos da fruta e como ela pode ser importante para regular o funcionamento intestinal. Na verdade, este é um dos alimentos bons para a obstipação e é uma ótima fonte de vitaminas, minerais, água e fibra. Por essa razão, é recomendado incluir 3 a 5 peças de fruta na dieta diária de todos nós (independentemente de sofrermos ou não de prisão de ventre).

Já quem tem prisão de ventre deve privilegiar fruta mais rica em fibra, como é o caso da manga, banana, romã, marmelo e framboesa. Fruta boa e saborosa que pode fazer muito pelo seu trânsito intestinal.

2. LEGUMES

Assim como a fruta, também os legumes são ricos em vitaminas, minerais, água e fibra. Por isso, é igualmente importante ingerir verduras diariamente, pelo menos 400g por dia.

Se não é propriamente fã destes alimentos, pode sempre incluí-los numa sopa bem saudável e nutritiva. O efeito será na mesma benéfico para o seu organismo, nomeadamente para o seu intestino.

Neste caso, podemos também adiantar quais as hortícolas mais ricas em fibras e que são: couve-galega, couve-lombarda, agrião cru, couve-roxa e alcachofra.

3. SEMENTES

As sementes estão cada vez mais presentes na nossa alimentação e é fácil perceber porquê. Elas são uma fonte saudável de gorduras e fibra, o que beneficia o nosso organismo em vários aspetos, nomeadamente no que toca ao funcionamento intestinal, e combatem a prisão de ventre.

No então, não exagere na dose e limite-se a incluir entre 1 a 2 colheres de sopa na sua dieta diária. Pode ingerir as sementes assim mesmo ou juntá-las às suas refeições, seja na sopa, no prato principal ou até na sobremesa.

Em caso de obstipação, prefira as sementes de abóbora, girassol, papoila, sésamo, linhaça e chia.

Guia para ter um intestino saudável
Não perca Guia para ter um intestino saudável

4. IOGURTES

Já todos sabemos que os iogurtes possuem uma espécie de “bactérias boas” que, entre outras funções, contribuem para uma flora intestinal saudável. Assim, há evidências de que este alimento pode mesmo ajudar quem sofre de prisão de ventre, amolecendo as fezes e aumentando o número de defecações.

A sugestão é que ingira 1 a 2 iogurtes por dia, privilegiando iogurtes pouco calóricos, com pouca gordura e açúcar, de modo a não comprometer o equilíbrio da sua dieta alimentar.

5. KEFIR

Este produto pode ser menos conhecido para quem não está tão por dentro do universo da alimentação mais saudável e alternativa. Trata-se de um leite fermentado por várias bactérias e leveduras, com uma aparência granulada e é um dos alimentos bons para a obstipação.

A ingestão de meio litro deste leite por dia aumenta a frequência de defecação, diminuiu a consistência das fezes e o esforço ao evacuar e melhora o trânsito intestinal. O kefir pode ser bebido como o leite convencional ou misturado com fruta, aveia e sementes.

6. KONJAC (GLUCOMANANO)

Esta raiz absorve água no estômago e no intestino, formando uma espécie de gel. Esse gel é capaz de aumentar o volume fecal, ajudando assim na defecação.

Este ingrediente deve ser tomado 15 minutos a 1 hora antes das refeições, seguido da ingestão de 1 a 2 copos de água. Pode considerar-se uma espécie de laxante natural, ajudando a pôr um ponto final na prisão de centre.

7. KOMBUCHA

No campo das bebidas, este chá fermentado é um dos alimentos bons para a obstipação, pois é capaz de melhorar a flora intestinal e regular o seu trânsito. Trata-se de uma forma natural de combater a obstipação e evitar o uso frequente de laxantes.

Veja também