Teresa Campos
Teresa Campos
26 Jul, 2021 - 14:54

Bexiga hiperativa: conheça os sintomas deste problema

Teresa Campos

A bexiga hiperativa não é uma doença, mas uma síndrome que se carateriza pela necessidade intensa e muito frequente em urinar. Fique a saber mais.

mulher com incontinência

A síndrome da bexiga hiperativa é um distúrbio neuromuscular que pode ter várias origens, nomeadamente diversas doenças que afetam o sistema nervoso. Aproximadamente 17% da população europeia com mais de 40 anos de idade sofre deste problema.

Esta síndrome traduz-se por meio de uma série de sintomas relacionados com o comportamento deste órgão do corpo. Este problema pode atingir pessoas de qualquer idade e género, embora seja mais prevalente em mulheres com mais de 60 anos de idade. Fique a saber mais.

O que é a bexiga hiperativa?

A bexiga hiperativa não é considerada uma doença, mas antes um distúrbio que afeta o comportamento da bexiga.

Este problema carateriza-se por contrações ou apertos involuntários e repentinos do músculo da parede da bexiga, os quais ocorrem mesmo quando o volume de urina presente na bexiga é reduzido.

Essa vontade súbita em urinar pode conduzir, muitas vezes, à perda involuntária de urina (incontinência urinária).

mulher incontinente

Causas

No caso da bexiga hiperativa, os seus músculos enviam mensagens erradas ao cérebro, ou seja, provocam um excesso de contrações na bexiga, mesmo quando ela não está cheia. As causas desta situação ainda são desconhecidas, mas há condições que podem favorecer o surgimento deste problema, nomeadamente:

Sintomas da bexiga hiperativa

De uma forma geral, os sintomas da bexiga hiperativa caraterizam-se por uma necessidade frequente, intensa e urgente em urinar. Além deste, há outros sinais que podem estar associados a este problema.

Causas da infeção urinária

Urinar com frequência

Se uma bexiga saudável expele urina cerca de 8 vezes por dia, normalmente; uma bexiga hiperativa ultrapassa esse número.

Incontinência urinária

Esta pode ser uma consequência da vontade súbita e intensa de urinar. A perda involuntária de urina pode tornar-se mais ou menos frequente, em função da urgência de urinar e da capacidade da pessoa conter a urina.

Nictúria

A bexiga hiperativa pode ainda ser responsável por fazer a pessoa acordar duas ou mais vezes durante a noite para urinar.

A cor da urina está diferente? Saiba o que isso pode significar
Veja também A cor da urina está diferente? Saiba o que isso pode significar

Tratamento e prevenção da bexiga hiperativa

O diagnóstico da bexiga hiperativa pode ser feito através da história clínica, do exame médico e de exames complementares ao doente, como análises de urina, avaliação do resíduo pós miccional, exame neurológico e ecografia da bexiga.

Além do tratamento farmacológico, neuromodular ou cirúrgico, esta síndrome pode ser controlada ou evitada, através de comportamentos que melhorem o estilo de vida do indivíduo como, por exemplo:

Veja também