Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Patrick Antunes
Patrick Antunes
28 Set, 2018 - 11:32

Cuidados com as apps falsas: saiba como detetá-las

Patrick Antunes

O ano de 2017 foi marcado pelo aumento de aplicações falsas tanto na AppStore como na PlayStore. Saiba, então, tudo sobre apps falsas.

Cuidados com as apps falsas: saiba como detetá-las

O ano de 2017 foi marcado pelo aparecimento de inúmeras apps falsas e a má notícia é que o número tende a aumentar. Como são uma ameaça cibernética para o utilizador e para a própria empresa da app oficial, neste artigo explicamos o que são e como as pode detetar antes que seja tarde de mais.

O que são apps falsas?

apps falsas

As aplicações falsas imitam o aspeto e a funcionalidade de aplicações legítimas. O próprio logo e até o nome da empresa são copiados e, à primeira vista, parece impossível perceber qual é a app oficial e qual é a app falsa.

Uma vez instaladas, as aplicações iniciam um processo que lhe pode dar muitas dores de cabeça. Essas ações maliciosas podem ir desde o mais simples, como mostrar publicidade e assim poderem receber dinheiro dos anunciantes, até às piores, tais como phishing, roubo de credenciais de acesso, de dados pessoais, podendo até desviar o seu dinheiro se por acaso fizer algum pagamento através do seu smartphone. Houve até um caso em que uma aplicação se fazia passar por um jogo para utilizar os recursos do telemóvel para minerar Bitcoins.

Uma das datas em que o surgimento de apps falsas é maior é a Black Friday. De acordo com um estudo da RiskIQ, 1 em cada 25 apps da Black Friday eram falsas.

Essa apps falsas usaram a popularidade das maiores marcas para colecionar informações de cartões de crédito e dados pessoais. Outro caso com alguma notoriedade foi uma app falsa do WhatsApp – Update WhatsApp. O seu aspeto era igual ao da aplicação oficial, mas apenas enchia o utilizador de spam e publicidade de todo o tipo. O download foi feito mais de 1 milhão de vezes até ser retirada da Google Play Store.

Como detetar apps falsas?

apps falsas

À primeira vista, parece impossível distinguir as diferenças das aplicações. A única solução parece ser fazer o download e rezar para que seja a oficial. Aplicações como o WhatsApp e o Messenger foram copiadas e distribuídas. Então, como podemos detetar qual é a verdadeira?

Uma das maneiras de detetar apps falsas é confirmar qual é a empresa que desenvolveu a aplicação. Porque é que a aplicação do Messenger seria feita por uma empresa que não o Facebook? Realmente, existe uma app Messenger com um logótipo idêntico, mas foi desenvolvida por uma empresa chamada FORBIS.

Neste caso, o nome é muito diferente, mas há casos em que a empresa tem praticamente o mesmo nome. Se isso acontecer, deve ter em atenção erros ortográficos no próprio nome. WhatsApp é muito parecido com Whats App, mas o espaço entre as palavras denuncia a fraude.

No entanto, só a diferença de nomes pode não ser suficiente para termos a certeza. Se isso acontecer, confirme as reviews da app. A aplicação oficial terá, certamente, milhares de comentários, enquanto que a fraude não terá nenhum ou, no máximo, devem ser comentários suspeitos, como se aparentassem ser comprados.

Deve estar atento às promessas da aplicação falsa. É bom demais para ser verdade? Provavelmente, é porque é falso. As apps falsas tendem a oferecer promoções, descontos inimagináveis ou até ofertas de smartphones. Confirme estas promoções no website oficial da empresa ou da marca.

A melhor solução é mesmo ir ao website da marca, da empresa ou da loja e procurar pelo botão “Faça o download  da nossa app”. Assim irá diretamente para a página da AppStore ou da Google Play Store.

Veja também: