Publicidade:

Como viver a praxe: 8 dicas

Tempo de regresso às aulas significa também que chegou aquela semana em que as ruas se pintam de estudantes. Sabe tudo o que precisa para viver a praxe?

Como viver a praxe: 8 dicas
8 Dicas para (sobre)viver a praxe

Certamente já ouviu falar em praxe académica. Contudo, vivê-la na pele é um pouco diferente. De universidade para universidade, os rituais podem variar, sendo a praxe mais intensa em algumas instituições do que noutras. O certo é que deverá saber como viver a praxe, de modo a entrar bem no espírito académico, conhecendo também quais os limites que devem sempre ser respeitados. Conheça, pois, algumas atitudes a ter neste novo período da sua vida de estudante.

O que é a praxe?


como viver a praxe

Atualmente, em Portugal, a praxe refere-se ao conjunto de regras que comandam as relações sociais e de hierarquia no seio da comunidade académica estudantil. Há quem adore, há quem deteste. A verdade é que o estudante deverá conhecer bem a fronteira entre uma brincadeira inofensiva de praxe e um ato que poderá ser ofensivo ou mesmo colocá-lo em perigo.

8 dicas sobre como viver a praxe


1. Encare a praxe com espírito otimista

Nada de dramas se passa a vida a ouvir: “Eh caloiro”. Na verdade, é apenas uma brincadeira. Pense que está ali para se divertir e conhecer novas pessoas e todos que ali estão passaram pelo mesmo.

2. Não seja a ovelha negra desafiadora

Se entrar com uma atitude de ovelha negra, a levar aquilo demasiadamente a sério e a desafiar os seus superiores, pode gerar um mau ambiente e começarem a colocá-lo de lado. Contudo, se achar que é uma brincadeira ofensiva ou perigosa, aí sim, deve dizê-lo abertamente e sem medo.

3. Se tem algum problema de saúde, diga-o de início

Se tem um problema de saúde que o impede de entrar em algumas atividades, deve dizê-lo de início, de modo a evitar confusões futuras. Certamente o entenderão.

4. Não fuja quando chamarem por si

Saber como viver a praxe inclui saber que fugir da mesma pode até chamar mais atenção sobre si, além de que se tornará mais difícil a integração no universo social académico.

Veja dicas para saber como escolher o curso superior com a ajuda do nosso guia de cursos e saídas profissionais >>

5. Não se feche em casa com medo

Não cometa o erro de ficar fechado em casa, a faltar às aulas e às atividades académicas, com medo de ser praxado. Pode estar a perder vivências únicas. Desde que não se descuide do seu estudo e saiba dosear tudo de forma adequada, não há qualquer problema em participar nestas atividades académicas.

6. Fale com os restantes caloiros

Uma das dicas importantes a ter em consideração quando quer saber como viver a praxe é falar com os restantes caloiros, que estão na mesma situação. Verá que fará amizades fantásticas!

7. Conheça os seus direitos e deveres

Ser conhecedor dos direitos e deveres é essencial para que saiba sempre o que é esperado de si e o que, pelo contrário, é um abuso de poder.

8. Saiba reconhecer os limites

Como em todos os lados, nestas situações há pessoas fantásticas, que organizam brincadeiras saudáveis e que integram os caloiros, e outras pessoas que abusam do poder para humilhar os outros e para organizarem brincadeiras abusivas que poderão ser um atentado à integridade física, psicológica e moral dos caloiros. Nesses casos, deve sempre negar-se a fazer. Nunca se esqueça também de que a praxe é facultativa e nada tem a ver com o seu sucesso em termos de estudos.

Veja também:

Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.

Saiba tudo sobre emprego