Publicidade:

Conduzir de saltos altos é permitido? Entenda

Será que conduzir de saltos altos é proibido ou permitido? O que diz o Código da Estrada relativamente a isto? Saiba tudo aqui.

Conduzir de saltos altos é permitido? Entenda
Desmistifique a afirmação

Os saltos altos existem em, literalmente, todas as alturas. Uns mais altos, outros mais baixos, mas todos uma parte integral do guarda-roupa de muitas pessoas. Incluindo a nível profissional. Será que conduzir de saltos altos é permitido?

Saiba que em Portugal, conduzir de saltos altos não dá direito a multa, não é de todo proibido. Com cunha, sem cunha, de 10 ou 7 centímetros. Não há nenhuma indicação no Código da Estrada que proíba a utilização deste tipo de calçado na condução. Contudo, e tal como no caso dos chinelos, resume-se tudo a uma questão de conforto e segurança.

Conduzir de saltos altos: o que diz a lei


conduzir

A ideia de que conduzir de saltos altos, chinelos, descalços ou de tronco nu pode fazer com que apanhe uma multa é, na verdade, um mito urbano. Em Portugal não precisa de estar a ter estes cuidados para não ser autuado.

No Código da Estrada, o item que mais se aproxima desta situação é o nº2 do artigo 11º: “Os condutores devem, durante a condução, abster-se da prática de quaisquer atos que sejam suscetíveis de prejudicar o exercício da condução com segurança.” Isto pode ser interpretado como esperar que o condutor tenha bom senso, e se à partida a utilização de um tipo de calçado como os saltos altos, que, dependendo das suas características, possa representar um obstáculo, então deve ser banido, durante a condução.

O artigo referido acima aplica-se a várias atividades, que muitas vezes são feitas enquanto se conduz. Atos que possam prejudicar o exercício da condução são, por exemplo, maquilhar-se no carro, ou responder a emails. Até no “pára-arranca” deve evitar este tipo de atos, que são punidos com coimas entre os €30 e os €600.

Para quem não esteja tão habituado, a utilização de determinado tipo de calçado pode ter implicações na sensibilidade dos pés nos travões, ou até mesmo na agilidade. O que é recomendado é o uso de sapatos com bom apoio lateral, em que a sola não escorregue e que permita mexer os pés com rapidez, em caso de necessidade.

Utilizar saltos altos muito finos enquanto conduz pode trazer algum perigo, porque a base de apoio não é tão firme nem estável, e já ocorreram casos em que se falhou o toque no pedal. Apesar de tornarem os movimentos mecanizados mais difíceis, há saltos que são bastante estáveis e confortáveis, por isso o aconselhado é ter bom senso.

A lei não proíbe, mas faça questão de optar por calçado confortável, quer seja alto ou não, mais aberto ou mais fechado, que lhe permita sentir os pedais e sentir estabilidade e segurança.

Veja também: