Publicidade:

4 dicas para uma melhor saúde dentária

Para um sorriso verdadeiramente bonito nada melhor do que uns dentes saudáveis, certo? Fique a conhecer importantes dicas para uma melhor saúde dentária.

4 dicas para uma melhor saúde dentária
Mais do que um sorriso bonito, tenha uns dentes saudáveis

Um sorriso bonito e bem cuidado é uma das melhores primeiras impressões, sendo visto por muitos como um cartão de visita. Afinal, a saúde oral e o aspeto dos seus dentes são um reflexo de si próprio e da sua saúde e geral. Por isso mesmo, é importante que conheça as dicas para uma melhor saúde dentária, de modo a manter a sua boca limpa, fresca e livre de bactérias nocivas ao seu bem-estar.

A realidade é que, independentemente da sua idade ou do facto de ser ou não totalmente saudável, é fundamental estar atento ao estado geral da sua boca, desde os dentes às gengivas, passando pela língua, pelo hálito e pelos lábios. Doenças orais, como gengivites ou cáries, podem afetar a sua vida e as suas relações interpessoais, pelo que a saúde bocal não deve ser descurada.

Isto significa que, mais do que uma questão estética ou de auto-estima, trata-se mesmo de uma questão de saúde e bem-estar. E para preservar a saúde dentária o melhor mesmo é começar a seguir as dicas que lhe deixamos.

Dicas para uma melhor saúde dentária: conheça-as


conheças as dicas para uma melhor saúde dentária

Antes de mais, é importante que perceba que a sua saúde dentária não pode depender unicamente do seu médico dentista (e das visitas que lhe faz) ou da qualidade dos produtos que utiliza, como a escova ou a pasta para escovar os dentes. Isto significa que os seus dentes requerem cuidados e atenção da sua parte – afinal, de que serve ter o melhor fio dentário do mercado se o utilizar apenas uma vez por mês?

Se quer ter um sorriso bonito e uma boca saudável tem de garantir que faz o melhor por si e pela sua saúde dentária. Tome agora nota dos nossos conselhos e ponha mãos à obra.

1. Ir ao dentista com frequência

Já se sabe que o dentista é um dos médicos mais temidos e que todos, desde miúdos a graúdos, fogem dele. Mas está na hora de colocar o medo de lado e começar a marcar as consultas com mais frequência, já que só assim será possível prevenir e tratar determinados problemas dentários – afinal, uma boa higiene oral é meio caminho andado mas não resolve tudo.

Só o seu médico poderá fazer exames dentários de rotina e limpezas orais mais profundas, garantindo a saúde da sua boca. Neste sentido, o ideal é fazer-lhe uma visita a cada 6 meses.

2. Fazer uma higiene oral correta

Não é novidade que tem de lavar os dentes todos os dias. No entanto, talvez não saiba que o ideal é fazê-lo 3 vezes por dia – ou seja, após as refeições. Claro está que nem sempre é possível, pelo que escovar os dentes e a língua 2 vezes por dia é o mais comum e totalmente aceitável.

A escovagem é crucial para manter dentes e boca limpos e saudáveis. Contudo, não é o suficiente: deve complementar este processo com a utilização de fio dentário, de modo a remover todas as partículas de comida e bactérias que possam ficar esquecidas pela escova, especialmente entre as gengivas e os dentes. E se quiser fazer um trabalho ainda mais completo, pode também recorrer a um bom elixir bucal. Assim, não existirão bactérias nem sujidade capazes de resistir.

Outra regra de ouro da higiene oral é a substituição da escova de dentes a cada 3 meses ou assim que comece a ficar danificada. O melhor será aconselhar-se junto do seu médico para saber qual a escova e pasta mais adequadas a si e à saúde da sua boca.

3. Ter uma alimentação saudável

A alimentação é um dos fatores que mais influencia a saúde oral, seja para o bem ou para o mal. Isto significa que alimentos ricos em vitamina C, por exemplo, contribuem para a saúde das suas gengivas e alimentos ricos em cálcio fortalecem os seus dentes.

Por outro lado, não é surpresa nenhuma que deve evitar os produtos que são ricos em açúcar, um dos maiores inimigos dos seus dentes, como refrigerantes, chocolates, bolos e gomas, entre outros. As bebidas alcoólicas devem também ser evitadas, já que, para além do teor de açúcar, têm também elevados níveis de acidez.

Então, afinal, o que deve consumir? Aposte numa alimentação equilibrada e saudável, composta por alimentos benéficos para o seu bem-estar – fruta e verduras são obrigatórias. No que se refere a líquidos, não o deve surpreender que privilegiar o consumo de água (entre 1 a 2 litros por dia) seja uma das dicas para uma melhor saúde dentária.

4. Deixar de fumar

Se precisava de mais um motivo para deixar de fumar, aqui tem. O tabaco prejudica gravemente a sua saúde e a sua saúde dentária também entra nesta equação. Segundo um estudo publicado no Journal of Periodontology, os fumadores têm maiores probabilidades de sofrer de problemas gengivais do que os não fumadores.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.