Publicidade:

5 formas de fazer exercício sem gastar dinheiro

Se quer ser mais saudável, mas o orçamento não permite grandes investimentos, siga as nossas dicas para fazer exercício sem gastar dinheiro.

5 formas de fazer exercício sem gastar dinheiro
Mude de vida sem gastar um cêntimo

O culto do corpo e do bem-estar veio mesmo para ficar e cada vez mais portugueses procuram um estilo de vida saudável e livre de vícios. Desengane-se se acredita que a única opção leva-o até ao ginásio mais próximo de casa: a verdade é que pode (e deve) fazer exercício sem gastar dinheiro.

Apesar dos dados comprovarem que o número de sócios nestes espaços tem vindo a crescer nos últimos anos – segundo a Associação de Empresas de Ginásios e Academias de Portugal, em 2016, o número de inscritos subiu 30%, enquanto o número de ginásios aumentou 14% -, a prática de exercício físico pode ser livre de encargos.

Fazer exercício sem gastar dinheiro: 5 opções livres de mensalidade


fazer exercício físico sem gastar dinheiro

1. Tutoriais na Internet

O que quer que precise, encontra sempre na Internet. Numa era cada vez mais digital, onde as barreiras físicas parecem esfumar-se a cada clique, a World Wide Web é o maios famoso personal trainer do planeta, com uma enorme vantagem: é livre de mensalidades e está disponível todos os dias, a toda a hora. Com uma simples pesquisa encontrará exercícios adaptados às mais diversas necessidades e estilos de vida.

Hoje em dia, o YouTube – entre outras plataformas – está repleto de profissionais da área que disponibilizam treinos diversificados e pensados para todo o tipo de corpos. É o caso, por exemplo, do canal do personal trainer Bruno Salgueiro. É um autêntico sucesso e já conta com mais de 30 milhões de visualizações e mais de 300 mil subscritores. Do treino estético ao treino funcional, nada fica de fora do canal “Dicas do Salgueiro”.

Mais há (muito) mais. Deixamos mais uma dica: espreite o siteFitness Blender”. Totalmente grátis, encontra ainda receitas saudáveis que pode integrar na sua rotina diária.

2. Apps para smartphone

Os smartphones vieram para facilitar as nossas vidas. Hoje em dia, a mundo inteiro cabe nas palmas das nossas mãos e já não somos capazes de viver sem estes aparelhos capazes de fazerem (quase) tudo por nós.

Se quer fazer exercício físico sem gastar dinheiro pode experimentar as mais variadas apps dedicadas ao universo fitness. É o caso das famosas “7 Minute Workout” e “Daily Workouts”. Totalmente gratuitas e disponíveis para iOS e Android, permitem aceder a diversos planos de treino.

3. Exercícios em casa

Crie o seu próprio ginásio em casa com recurso ao mobiliário que dispõe e, em alguns casos, só precisará do peso do seu próprio corpo e de movimentos precisos: skipping, burpees, prancha, flexões ou crunch são apenas alguns exercícios possíveis.

Mas há mais: agachamentos, lunges e abdominais são mais alguns exercícios que pode fazer em casa a custo zero. O importante é que faça o maior número de repetições no menor tempo possível.

Comece de forma simples e vá aprimorando os seus treinos em casa. Em poucas semanas estará motivado e capaz de treinar em qualquer parte do planeta, sem desculpas.

4. Exercícios outdoor

Se quer fazer exercício sem gastar dinheiro, aposte em atividades ao ar livre. As corridas e as caminhadas são bons aliados se procura um estilo de vida mais saudável.

Os adeptos do running têm vindo a crescer ao longo dos últimos anos e já ninguém fica indiferente aos fãs desta prática desportiva, que vão multiplicando por todo o país.

Se não é adepto de corridas, opte pelas caminhadas. Faz bem ao coração, ajuda a controlar o peso, aumenta a sensação de bem-estar, previne várias doenças e fortalece os músculos e os ossos. Defina a sua estratégia e crie planos semanais para garantir que atinge os seus objetivos.

Os especialistas aconselham, ainda, a jogar futebol e a dançar. No primeiro caso, basta reunir o seu grupo de amigos e, em 30 minutos, irá perder 340 calorias. Se não passa sem música, aproveite os momentos de lazer por casa para aumentar o volume dos auscultadores e dançar ao som dos seus temas favoritos: no final de meia hora vai livrar-se de 90 calorias.

Mais uma dica: se tem encostada na parede da garagem a sua bicicleta ou se os patins em linha estão arrumados há anos na arrecadação, está na hora de voltar a dar uso a estes seus companheiros.

5. Atividades gratuitas pela cidade

A “moda” do exercício físico também já chegou aos executivos municipais do país. Cientes dos benefícios da prática desportiva, as autarquias portuguesas desenvolvem diversos programas que permitem fazer exercício sem gastar dinheiro. Informe-se junto das entidades públicas da sua zona de residência para saber quais as propostas à sua disposição e qual o calendário das atividades.

Todas estas atividades são pensadas para grandes grupos de todas e para todas as idades. Assim sendo, convide a família e amigos para serões animados e saudáveis.

Pode, ainda, consultar a “Viral Agenda” e descobrir mais eventos desportivos e de lazer gratuitos para fazer perto de casa. Pode pesquisar por região e por tipo de evento para que não perca nenhuma data importante.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].