Publicidade:

O futuro da moda é a inteligência artificial? A chinesa Huawei diz que sim!

A conhecida marca de telemóveis chinesa Huawei lançou uma coleção de moda, onde a inteligência artificial de um smartphone assumiu o papel principal. Descubra tudo.

O futuro da moda é a inteligência artificial? A chinesa Huawei diz que sim!
A Huawei está a revolucionar o mundo da moda

Que a chinesa Huawei é uma das marcas que mais aposta na tecnologia, já todos sabemos. Mas, desta vez, a gigante chinesa superou-se. Apresentou, em Milão, a primeira coleção de moda a partir da inteligência artificial de um smartphone. Sim, leu bem. Uma aplicação criou milhões de outfits, oferecendo assim um mar de possibilidades criativas à designer Anna Yang (a que a marca se associou). Mas já lá vamos.

Se não está familiarizado com o termo, inteligência artificial, não se preocupe, nós explicamos: a inteligência artificial é uma das áreas de estudo da computação e, tem vindo a ganhar notoriedade por se assumir como um mecanismo para elaborar dispositivos que simulem a capacidade humana de ser inteligente. Ou seja, de raciocinar, tomar decisões, compreender o ambiente que nos rodeia, resolver problemas, etc. Sim, no fundo, de pensar como um humano.

A chinesa Huawei apresentou a Fashion Flair com recurso à IA


colecao de moda huawei

Assim, a marca chinesa associou-se a Anna Yang (conhecida por já ter vestido Lady Gaga), diretora e fundadora da marca ANNAKIKI, para criar a primeira coleção fashion que, a partir da inteligência artificial de um smartphone, se materializou em 20 peças tão bonitas quanto criativas.

Para criar esta colecção, denominada Fashion Flair, a chinesa Huawei colocou-se novamente na vanguarda da tecnologia e criou uma aplicação onde foram introduzidas imagens de moda dos últimos 100 anos, assim como um conjunto de imagens da coleção ANNAKIKI. E, depois, a magia aconteceu. Sim, porque visto de fora, parece mesmo magia! Com uma série de filtros na app, e através da inteligência artificial presente quer no Huawei P30, quer no Huawei P30 Pro, a designer de moda criou um esboço que foi depois desenvolvido por ela até se chegar a uma peça de vestuário. Peça essa que não só podemos comprar mas também usar.

Consequentemente, e com todas as imagens processadas, a aplicação tem a capacidade de criar outfits infinitos, o que permite aos designers desenvolver incontáveis possibilidades criativas. Ou seja, o futuro da moda pode mesmo passar pela inteligência artificial.

Afinal, e como afirmou Isabella Lazzini, Diretora de Marketing e Retalho da Huawei CBG Itália: “com a Fashion Flair, usámos a IA para dar aos estilistas um ponto de partida alternativo para o desenvolvimento das suas roupas, tendências e experiências. Os designs da Fashion Flair produzidos pela nossa IA são projetados para serem os pilares de construção para o próximo avanço criativo na moda“. Curioso, certo?

A Inteligência Artificial é o futuro da moda?

colecao de moda huawei

Mas será que os designers estão de acordo? Anna Yang, que fez parte deste projeto afirma que sim: “Para este projeto, experimentei algo que nunca tinha feito antes, inspirando-me na IA de um smartphone como ponto de partida para os meus projetos. A poderosa IA patente no Huawei P30 Pro tornou-se uma fonte de inspiração sempre presente que me permitiu desenhar roupas de uma maneira diferente. A criação com tecnologia tem sido extremamente estimulante e tenho a certeza de que, no futuro, a tecnologia terá um papel fundamental na moda no mundo, abrindo as portas a cenários novos que hoje só podemos imaginar”.

No fundo, a moda é uma indústria em constante mutação, mas uma coisa é certa: não vive sem criatividade.

Assim, é muito provável que cada vez mais estilistas adiram à tendência e se associem à Huawei para criar coleções ainda mais criativas. O que, para o consumidor final, pode ser, igualmente, bastante interessante. Quanto mais oferta melhor, certo?

Onde comprar a coleção?

A coleção resultante da parceria entre a Huawei e a ANNAKIKI pode ser encontrada em exclusivo na gigante italiana LuisaViaRoma e, verdade seja dita, há peças incríveis apesar do preço pornográfico.

Curiosa? Então, o melhor é mesmo comprar um telemóvel modelo P30 da marca chinesa Huawei e dar asas à sua criatividade! Ou, se puder, compre uma das peças da coleção para usar e mostrar, no futuro, aos seus filhos e netos.

Veja também:

Catarine Martins Catarine Martins

Licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra, trocou as leis pela escrita e a cidade dos estudantes pelo Porto. Pelo meio, transformou a eterna paixão pela moda num blog, o Le Fashionaire e assumiu, com orgulho, que o jogo das palavras é o seu preferido.