Publicidade:

Tem mamilos invertidos? Saiba o que fazer

Se as dúvidas sobre a gravidez já são muitas então só pioram quando a mulher tem mamilos invertidos. Saiba como se caracteriza esta condição.

Tem mamilos invertidos? Saiba o que fazer
Conheça este tema de A a Z e acabe com as dúvidas

São 9 meses – e muitos anos – de novas experiências e uma lista interminável de dúvidas e medos. Uma das questões mais desconcertantes para as futuras mamãs é a amamentação, especialmente se tiverem mamilos invertidos. Apesar de ser uma condição natural, muitas mulheres sentem-se desconfortáveis e inseguras em relação ao seu peito.

Para perceber melhor o que pode fazer em relação aos mamilos invertidos decidimos responder a todas as suas dúvidas. Saiba agora em que consiste esta condição e se ela pode realmente afetar o seu dia-a-dia.

Descubra tudo sobre mamilos invertidos


Diz-se que uma mulher tem mamilos invertidos quando o bico do peito não sobressai em relação à aréola, a área que circunda o mamilo. Ao contrário do mamilo normal, que endurece com pequenos estímulos, o mamilo invertido dificilmente se projeta para fora, pelo que se encontra constantemente retraído.

Contrariamente ao que se possa pensar, os mamilos invertidos são uma condição bastante frequente e totalmente natural. De facto, entre 10% a 20% das mulheres têm os bicos do peito para dentro. Isto acontece porque existe um encurtamento dos ductos lactíferos, os canais responsáveis pelo transporte do leite materno. Geralmente, trata-se de um defeito congénito e afeta a pessoa ao longo da vida.

Posto isto, importa referir que existe mais do que um grau desta condição. Na verdade, os mamilos invertidos podem ser de um de três graus:

  • Grau I: quando o mamilo sobressai com relativa facilidade ao ser estimulado, ficando exposto durante algum tempo;
  • Grau II: requer um estímulo maior para que o bico se projete para fora. Contudo, volta a retrair-se rapidamente;
  • Grau III: mesmo com estimulação, o mamilo está permanentemente retraído.

O que pode fazer para corrigir os mamilos invertidos

saiba como resolver o problema dos mamilos invertidos

Muitas são as mulheres que se sentem inseguras e desconfortáveis graças a este fenómeno. Por outro lado, a amamentação é também um fator a ter em conta, uma vez que, em alguns casos, os mamilos invertidos podem dificultar muito o processo de aleitamento.

Quando o mamilo é invertido, o bebé não consegue alcançar o bico e, consequentemente, ter acesso ao leite. Nestes casos, recomenda-se que a mulher consulte o seu médico de modo a encontrar a solução mais adequada.

A primeira opção é massajar a área algum tempo antes da amamentação, de forma a tornar o bico mais saliente. Contudo, é preciso que tenha algum cuidado para não ferir o mamilo.

Por outro lado, o médico pode também recomendar a correção do mamilo. Esta correção pode ser feita através de uma cirurgia ou, mais frequentemente, através de um aparelho que, recorrendo a uma leve sucção, puxa o mamilo da mulher.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.