Publicidade:

Melhores fraldas do mercado: quais são e porquê

Escolher as melhores fraldas do mercado para o seu filho é garantia de menos dermatites e assaduras e poupança em cremes e pomadas. Por isso, saiba mais.

Melhores fraldas do mercado: quais são e porquê
Escolha as melhores fraldas para o seu filho

Para lhe apresentar quais as melhores fraldas do mercado, decidimos auscultar a opinião deixada em blogues e fóruns por alguns pais, mas também ter por base um estudo fidedigno que tivesse sido levado a cabo por uma entidade de confiança.

Assim, chegámos a um estudo realizado pela DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor -, em 2016 e que, apesar de já contar com mais de dois anos, se mantém atual e válido para ser consultado, divulgado e utilizado por todos os que tenham interesse nesta matéria. Portanto, fique a saber quais as melhores fraldas do mercado, segundo a DECO Proteste.

Melhores fraldas do mercado, segundo a DECO Proteste


como-poupar-nas-fraldas-de-bebe

Comecemos por perceber como foi realizado este estudo. De forma resumida, pode avançar-se que esta foi uma pesquisa que realizou um teste prático com 120 bebés e analisou em laboratório 15 fraldas (tamanho 4) de 10 marcas, a saber:

  • DODOT Activity Extra Absorção;
  • DODOT Activity;
  • DODOT Embalagem Azul Extra Absorção;
  • DODOT Embalagem Azul;
  • MOLTEX Premium;
  • DODOT Básico;
  • CHICCO Dry Fit Advanced;
  • CONTINENTE Baby Care Ultra Seco Extra;
  • CONTINENTE Baby Care;
  • PINGO DOCE Activity Plus;
  • TOUJOURS Maxi (Lidl);
  • AUCHAN Baby Confort + (Jumbo);
  • DIA Baby Smile (Minipreço);
  • POMMETTE Agility Dry (Intermarché);
  • ANGELITO (Aldi).

Naturalmente que, a par da qualidade das fraldas, ainda foi tido em linha de conta o gasto inerente à compra deste produto. Também neste ponto a DECO chegou a números bem interessantes, concluindo que das 30 famílias envolvidas no estudo, 17 afirmavam gastar uma média de 5 fraldas por dia com o seu bebé.

Obviamente que o impacto deste gasto no orçamento familiar depende da marca de fraldas adquirida, já que os preços variam de tal forma que comprar fraldas de marca ou de marca branca (do supermercado) pode resultar numa diferença de 500€, ao final de um ano!

Se está surpreendido com os números, fique a saber mais sobre os critérios que presidiram a este estudo.

Critérios de avaliação das fraldas

Para analisar e rankear as tais 15 fraldas de 10 marcas que foram objeto de estudo, a DECO teve em conta os seguintes 9 critérios, a saber:

  • preço;
  • absorção;
  • pele seca;
  • substâncias químicas;
  • ajuste ao corpo;
  • absorção diurna;
  • absorção noturna;
  • ausência de fugas;
  • respiração da pele.

No geral, pode adiantar-se que todas as fraldas avaliadas tiveram uma boa pontuação global, falhando algumas em certos critérios específicos.

Absorção

Um dos aspetos mais importantes numa fralda é, sem dúvida, a sua capacidade de absorção. A boa notícia é que praticamente todas as marcas, inclusive algumas brancas (Pingo Doce, Toujours e Continente), tiveram bons resultados no que respeita à absorção. Apenas a Angelito (Aldi) ficou menos bem pontuado, neste ponto.

Absorção noturna

Já no que respeita à absorção noturna, foram mais as marcas a “falhar” ou a não cumprir tão bem com dois aspetos fundamentais: absorver a urina do bebé, mantendo a sua pele sempre seca. Menos bem pontuadas ficaram as fraldas da Auchan, Dia e Pommette.

Substâncias químicas

Apenas duas marcas de fraldas – Auchan e Dia – revelaram a presença de substâncias químicas, como hidrocarbonetos aromáticos policíclicos. No entanto, as mesmas estavam presentes em quantidades admissíveis.

Top 15 melhores fraldas do mercado


14 dicas para saber como poupar nas fraldas de bebé

A DECO analisou e chegou à seguinte lista das 15 melhores fraldas do mercado e respetiva pontuação de qualidade global:

  1. DODOT Activity Extra Absorção – 92%;
  2. DODOT Activity – 90%;
  3. DODOT Embalagem Azul Extra Absorção – 83%;
  4. DODOT Embalagem Azul – 79%;
  5. MOLTEX Premium – 78%;
  6. PINGO DOCE Activity Plus – 75%;
  7. TOUJOURS Maxi (Lidl) – 72%;
  8. CONTINENTE Baby Care Ultra Seco Extra – 69%;
  9. DODOT Básico – 68%;
  10. CONTINENTE Baby Care 67%;
  11. CHICCO Dry Fit Advanced – 65%;
  12. AUCHAN Baby Confort + (Jumbo)– 64%;
  13. DIA Baby Smile (Minipreço) – 64%;
  14. POMMETTE Agility Dry (Intermarché) – 64%;
  15. ANGELITO (Aldi) 50%.

Análise dos resultados

Segundo a DECO, as DODOT Activity Extra Absorção são as melhores fraldas do mercado, excelentes em todos os parâmetros, tendo como único senão o preço – 0,41€ a fralda.

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor elegeu, ainda, como “escolha acertada” as fraldas PINGO DOCE Activity Plus e as TOUJOURS Maxi (Lidl), como exemplos de fraldas com boa absorção, sem químicos e com uma excelente relação qualidade/preço – 0,13€ a 0,14€ a fralda.

Para mais informações, consulte o estudo completo, aqui >>

Conclusões gerais

Como já adiantámos anteriormente, optar entre o número 1 do ranking ou uma das “escolhas acertadas” da DECO pode representar uma diferença de 500€, ao final do ano. Pelo que, se este valor representa uma poupança significativa para si, saiba que pode fazer esta opção, sem estar com isso a prejudicar o bem estar do seu bebé.

Veja ainda as nossas dicas para poupar nas fraldas de bebé >>

Por outro lado, se gastar uma média de 700€ por ano nas fraldas do seu filho não lhe parece um valor demasiado avultado, então pode sempre optar pelas melhores das melhores e seguir o número 1 do ranking da DECO.

Todavia, é ainda importante ter em consideração que muitas dar marcas de fraldas mais caras são, frequentemente, alvo de promoção nas grandes superfícies, reduzindo substancialmente o seu preço – algumas vezes, com descontos de 50% -, tornando-se o seu custo mais competitivo, em relação ao das marcas brancas.

Fundamental é que, na hora de comprar as fraldas para o seu bebé, não se esqueça de fazer as contas ao preço da unidade (isto é, da fralda) e não da embalagem, já que o número de fraldas que cada embalagem traz pode variar dependendo da marca e tamanho. É, ainda, relevante lembrar que à medida que aumenta o tamanho da fralda, também aumenta o preço da unidade. Finalmente, nunca se esqueça que selecionar as fraldas para o seu filho com o tamanho certo é um dos principais passos para garantir o conforto do bebé e, acima de tudo, combater as tão indesejadas fugas.

Veja também:

Teresa Campos Teresa Campos

Licenciada em História da Arte e Mestre em História da Arte Portuguesa, vê na escrita um meio de fazer uma das coisas que mais gosta: comunicar!