Publicidade:

12 segredos que os bombeiros gostariam de contar

Há uma dúzia de segredos que os bombeiros gostariam de contar - e nós dizemos-lhe quais são. Consegue adivinhar algum?

12 segredos que os bombeiros gostariam de contar
Interiorize estes princípios - eles são conhecidos pelos bombeiros e podem evitar acidentes!

Sabia que há segredos que os bombeiros gostariam de contar? Verifique a lista e descubra se já desconfiava de algum.

Os bombeiros e as suas ações são sempre recordados nos meses de verão, mas a verdade é que todo o ano estamos expostos a riscos, nomeadamente a risco de incêndio doméstico. Aqui ficam informações que todos os bombeiros gostariam que fossem do senso comum, para evitar acidentes.

12 segredos que os bombeiros gostariam


Os bombeiros conseguem vislumbrar atos de negligência sempre que estão em serviço, e também fora dele. Conhecem de cor as medidas de segurança no que toca a praticamente todas as calamidades possíveis e imaginárias. Vamos agora ter acesso a algumas informações que deveriam ser da posse de todos e, quem sabe, transmitidos nas escolas aos nossos jovens.

bombeiros

Interiorize estes princípios: eles são conhecidos pelos bombeiros e podem evitar acidentes!

1. A maior causa de incêndios domésticos está na cozinha

A maior parte das causas por detrás de incêndios em casas tem origem na cozinha, particularmente a partir do ato de cozinhar e no manuseamento de equipamentos para esse efeito, e direta ou indiretamente por se fumar dentro de casa.

2. Tem um plano de emergência? Atualize

Os planos de emergência interna dos edifícios (de habitação, comerciais ou escritórios) precisam de ser atualizados constantemente, idealmente uma vez por mês.

3. Cigarros provocam incêndios

A melhor forma de evitar incêndios decorrentes do ato de fumar é deixar de o fazer, ou, em alternativa, usar cigarros electrónicos quando fumar dentro de casa.

4. Ter um sistema de deteção de fogo é fundamental

Instalar e manter sistemas adequados de deteção e supressão de incêndio é imprescindível tanto em casa como no seu carro!

5. A vida dos civis está em primeiro lugar, mesmo em relação às suas

Isto é algo que muitas pessoas provavelmente não sabem, mas os bombeiros arriscam as suas vidas todos os dias.

6. Calamidades podem acontecer a qualquer um

Muitas vezes as pessoas pensam que estas situações só acontecem aos outros. Esperar o inesperado é uma das primeiras regras que os bombeiros aprendem, e isso não se aplica só a eles…

7. Detetores de fumo salvam vidas

Para o provar, estão estudos que comprovam que muitos incêndios que deflagram em casas podiam ter sido evitados, total ou parcialmente, se tivessem detetores de fumo. Para estes profissionais, não ter um detetor de fumo em casa constitui mesmo um risco.

Quer saber como pode ser um bombeiro voluntário? Veja aqui >>

8. Detetores de monóxido de carbono (também) salvam vidas

Não menos importantes que os detetores de fumo, os detetores de monóxido de carbono podem salvar as pessoas de males silenciosos, como fugas de gás ou uma lareira mal ventilada. O monóxido de carbono pode matar rapidamente e sem nenhum odor detetável.

9. Ensine algumas noções básicas de prevenção de incêndios às crianças em casa

Quando um incêndio começa, as crianças podem entrar em pânico e esconder-se no armário ou debaixo da cama, o que torna difícil encontrá-las e resgatá-las. Se souberem como agir nesses casos, a probabilidade de escaparem com segurança aumenta. Como uma dica geral de segurança, ensine as crianças a não tocar no fogo, em fósforos ou isqueiros, enfatizando que o fogo pode prejudicá-las.

10. Deixe os seus bens para trás

O que realmente conta é salvar a sua vida, por muito importantes que os bens materiais sejam para si. Num contexto de incêndio, qualquer bombeiro agirá em conformidade com isto, mas muitas mais vidas se salvariam se todas as pessoas já tivessem este sentimento interiorizado. Um segundo a mais de hesitação para levar consigo algo valioso pode custar-lhe a vida.

11. O fumo é mais letal do que o fogo

Para a maioria das pessoas, o fogo é mais assustador que o fumo. Mas na verdade, o fumo pode ser mais mortífero, uma vez que basta uma simples inalação de fumo tóxico para se morrer asfixiado. A maioria das pessoas que morrem em incêndios, morrem por ação do fumo e não do fogo.

12. O seu número da porta de casa deve estar bem visível

O número de sua casa é mais importante do que possa pensar, pois numa emergência, os bombeiros precisam de ver imediatamente o número da casa identificada com incêndio; tal como referimos, numa emergência, qualquer perda de tempo pode custar caro.

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.

Saiba tudo sobre emprego