Publicidade:

Vime: decoração com ar natural e sempre com estilo!

O vime consiste num material natural que pode ser usado como matéria prima em diversas peças e mobiliário. Inspire-se com as nossas sugestões.

Vime: decoração com ar natural e sempre com estilo!
Saiba como utilizar em diferentes situações

Utilizado desde os tempos primordiais, o vime é um material natural, originalmente oriundo de varas moles e flexíveis da árvore vimeiro que passou assim a designar qualquer matéria-prima de origem vegetal com essas mesmas características.

A sua grande característica é o facto de ser possível entrançar as suas fibras e assim criar mil e uma opções decorativas, mobiliário e outras peças.

Neste artigo damos-lhe a conhecer o essencial sobre esta fibra e como a pode utilizar para decorar um espaço.

Vime: 4 ideias para usar esta fibra natural cheia de charme e elegância


Muito usado nos anos 1970, o vime caiu depois um pouco em desuso mas agora está de volta, e em grande força! Este material, quando aplicado a peças e mobiliário, tem a capacidade de trazer uma leveza e um toque natural aos projetos de interiores, sejam eles de que estilo forem.

Fique com algumas ideias e sugestões de como utilizar o vime na decoração de ambientes e espaços.

1. Mistura de materiais

Uma forma muito eficaz de utilizar objetos de vime num ambiente decorativo passa por misturar com outros materiais naturais e acabamentos rústicos e com cores terra semelhantes. Ao fazer isto está a manter a elegância sem tornar o espaço demasiadamente rústico ou de ‘cabana’.

Um apontamento aqui e ali de cestos de vime vai ficar lindamente num ambiente mais contemporâneo, por exemplo.

 

2. Móveis de vime

Os móveis de vime conferem a qualquer ambiente aquele ‘ar’ de casas de férias ou de campo que todos adoramos! E a verdade é que não precisa de ser verdadeiramente uma casa de campo ou de férias para utilizarmos este mobiliário!

Numa casa de habitação permanente pode muito bem colocar um conjunto de cadeiras, mesas, poltronas ou bancos de vime. Qualquer que seja o estilo predominante, estes elementos ficam sempre bem.

 

3. Cestos de vime

Quando pensamos neste material, o nosso imaginário remete imediatamente para os famosos cestinhos. Eles são, efetivamente, os protagonistas dos objetos feitos em vime e a verdade é que são intemporais.

Utilizados desde sempre – para a pesca no início dos tempos e agora colocados até nas casas mais luxuosas e contemporâneas, os cestos podem ter um tratamento mais ou menos claro em termos de tom e podem servir diferentes propósitos…

  1. Utilize cestos com o design que mais gosta para organizar os objetos geralmente ‘perdidos’ pela casa, como os brinquedos da criançada. Assim está a fazer dois em um: a deixar a casa mais arrumada e organizada e a melhorar o seu aspeto visual!
  2. O escritório é outro local ideal para usar e abusar deste item decorativo. Use-os para guardar arquivos, documentos e todo o seu material de trabalho em ordem, facilitando também o seu uso!
  3. Porque não usar um cesto de vime como porta livros e revista na sala, bem perto do sofá ou lareira? Além de ficar esteticamente apelativo, vai convidar à sua utilização.
  4. Se quando pensa numa cozinha a última coisa que lhe vem à cabeça são cestos de vime, vamos desmistificar essa ideia: eles são, na verdade, excelentes aliados na arrumação da fruta e legumes, por exemplo.
  5. E que tal experimentar decoração suspensa com cestos de vime? Com a ajuda de uns ganchos e de umas correntes ou cordas, utilize cestinhos para decorar uma área com plantas do seu gosto. O toque que confere ao ambiente é quase mágico!

 

4. Decoração exterior

Esta solução é uma das mais comuns em termos de utilização de peças em vime e é de facto uma fórmula que nunca corre mal! Colocar um conjunto de cadeiras e mesinha de apoio ou umas peças decorativas neste material numa varanda, alpendre ou jardim é uma fórmula vencedora.

Ao fazê-lo, consegue replicar um ambiente relaxado, confortável e ao mesmo tempo com estilo e sóbrio. Hoje em dia existem vários tons de vime disponíveis, que vão desde o branco ao preto (com aplicação de tintas artificiais).

 

Descubra como usar a tendência dos biombos na sua casa >>

Como cuidar das peças de vime


Tão importante quanto saber como aplicar estas peças na decoração é a questão de como cuidar das mesmas. Objetos danificados e maltratados não favorecem nenhum cenário decorativo.

Antes de mais, é preciso perceber se falamos de vime sintético ou natural. O sintético é mais resistente e durável e também é a prova d’água, o que o torna uma melhor opção para áreas externas.

Já as fibras naturais são mais delicadas e conferem um aspeto mais ‘artesanal’, pelo que devem ser privilegiadas para espaços mais protegidos e abrigados. Os cuidados com estas devem ser redobrados.

Como limpar o vime

O trançado característico do material torna a limpeza um pouco mais desafiante mas não impossível! No caso do vime natural, já que a fibra não pode ser lavada, deve aplicar uma esponja húmida, secando em seguida com a ajuda de um pano limpo e macio. Uma ajuda extra e muito útil é a do bico de escova do aspirador de pó.

Já o vime sintético pode ser lavado com água e sabão neutro – exceto os vimes com papel na sua composição. Caso contrário, pode esfregá-los delicadamente com um produto neutro e depois enxaguar com uma esponja, toalha ou pano seco.

E agora, do que está à espera para começar a utilizar estas peças em sua casa? Boas decorações e inspirações!

Veja também:

Helena Peixoto Helena Peixoto

‘If you can dream it, you can do it’: é assim que gosta de pensar e viver a vida. Casada, com um filho e com um cão, vê na família e amigos os seus bens mais preciosos, mas não passa sem um bom desafio profissional. Comunicar é a ‘sua praia’, seja em canais mais institucionais ou meios mais informais. Adora um bom filme, uma viagem dentro ou fora do país, é apaixonada por animais e anda sempre ‘à caça’ das últimas promoções.

Limpeza e Arrumação