Clara Henriques
Clara Henriques
07 Jan, 2014 - 09:17
Bancos contribuem para dados positivos da bolsa nacional

Bancos contribuem para dados positivos da bolsa nacional

Clara Henriques

Os bancos têm dado um forte impulso à bolsa nacional, registrando cotações relevantes que não se registavam há cerca de um ano.

O artigo continua após o anúncio

As notícias desta terça-feira não podiam ser mais favoráveis para a bolsa nacional e os bancos têm um forte peso nisso. O BES, o BPI e o BANIF estão a marcar as subidas superiores a 3%. Estes valores, pelo  menos relativamente ao BES e ao BPI, são cotações que não eram alcançadas há mais de um ano por estas entidades. Notícia é também a Portucel que está em máximos desde 2007, com uma valorização de 1,87% que a leva a negociar nos 3,049 euros. Desta forma, é premente dizer que Lisboa está a liderar os ganhos na Europa.

Bolsa nacional com subida sustentada

Este comportamento positivo da bolsa nacional já se tem vindo a verificar há quatro sessões consecutivas. Segundo os especialistas, “o índice de referência da Bolsa de Lisboa soma 0,91% para os 6.852,99 pontos, renovando o valor mais alto desde Agosto de 2011. Na Europa, o índice Stoxx Europe 600 segue a ganhar 0,24%, reflectindo as subidas em torno de 0,50% de praças como Londres, Madrid, Milão e Frankfurt”.

Voltando à bolsa nacional, é destaque a importância que os bancos estão a ter na evolução positiva dos dados. O BES passa de 3,71% para os 1,174 euros, enquanto o BPI ganha 3,22% para 1,377 euros, depois de na passada segunda-feira ter chegado aos 5%. Estes são valores que não se verificavam desde Janeiro de 2013.

Por fim e referindo os restantes bancos, o BCP ganha 0,80% para 17,72 cêntimos, sendo que o Banif soma 3,67% para 1,13 cêntimos. A holding que controla o BES, o ESFG, está a soma 1,44% para 4,987 euros.

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp