Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Nuno Margarido
Nuno Margarido
18 Abr, 2018 - 09:11

Bar Pherrugem reabre após incêndio

Nuno Margarido

Cerca de 10 meses após o incêndio, o Bar Pherrugem mostra vontade de renascer das cinzas e volta a reabrir as portas ao público com um novo conceito.

Bar Pherrugem reabre após incêndio

O incêndio que deflagrou no Bar Pherrugem em julho de 2017 acabou por se revelar fulcral para que o estabelecimento redefinisse o conceito pelo qual era conhecido. De cara lavada e renascido das cinzas, o Bar Pherrugem assume-se agora como um gastrobar, orientado, sobretudo, para finais de tarde e inícios de noite preenchidos com petiscos e bebidas.

Bar Pherrugem já reabriu

O Bar Pherrugem voltou a ser local de paragem obrigatória para quem passeia pela noite portuense – ou até para quem procura uns bons momentos de descontração após um dia exigente de trabalho. O estabelecimento, que ardeu em julho de 2017, reabriu portas no passado dia 24 de março.

E, depois do incêndio, nasce um novo conceito. No renascido Pherrugem procura-se alimentar os novos hábitos dos portuenses e contornar as restrições horárias impostas nos últimos anos. A música rock continua presente através de playlists e DJs ao fim de semana, fazendo companhia aos novos comes e bebes: francesinha, asinhas de frango à americana, nachos e tábuas de queijos e enchidos são alguns dos petiscos da carta. Nos copos, aumenta-se a oferta de vinhos, com referências de todas as regiões do país, introduzem-se alguns exemplares de cervejas artesanais portuguesas e juntam-se cocktails clássicos ao alinhamento.

Para além disso, há agora três espaços distintos: uma sala direcionada para as refeições, uma zona “lounge-bar”, com máquinas de jogos, e uma “sala de bebidas”, com o balcão e a cabine de DJ.

Veja também: