Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
27 Nov, 2019 - 13:15

5 bebidas vegetais alternativas ao leite que deve conhecer

Teresa Campos

Cada vez mais pessoas sofrem de intolerância à lactose. Para elas, sugerimos cinco bebidas vegetais que vale a pena provar. Por uma vida mais saudável.

Mesa com bebidas vegetais

O leite materno é o primeiro alimento dos mamíferos e é capaz de satisfazer as suas necessidades energéticas e nutricionais durante os primeiros meses de vida. Mais tarde, dá-se, por norma, a introdução do leite de vaca o qual, nos últimos anos, tem sido muito falado pelo seu potencial alergénio. E é aqui que entram as bebidas vegetais.

Apesar dos seus benefícios, o leite contém gordura saturada e lactose, a qual suscita frequentemente intolerâncias. Por essa razão, nos últimos tempos, fala-se cada vez mais em alternativas. Se já não consegue beber o leite convencional, fique a conhecer estas bebidas e experimente-as!

Bebidas vegetais alternativas ao leite para conhecer

Bebidas vegetais de soja

As bebidas alternativas ao leite tem caraterísticas organolépticas semelhantes ao desse produto lácteo, mas sem os efeitos menos positivos que aquele alimento provoca em algumas pessoas.

Estas alternativas não têm lactose, colesterol e possuem um baixo teor de gordura. Além disso, contêm muita água e são de fácil digestão.

As suas caraterísticas fazem deste um alimento sobretudo indicado para indivíduos com prisão de ventre, cólon irritável e doenças gastrointestinais.

As bebidas vegetais constituem um mercado em expansão, até porque têm cada vez mais procurada. Atualmente, é possível encontrar uma grande variedade destas bebidas no mercado, nomeadamente bebidas de:

  • leguminosas (como a soja);
  • de cereais (como o arroz, aveia, trigo espelta, millet, quinoa);
  • de frutas (como o coco);
  • de frutos secos (como a amêndoa, avelã, nozes de macadâmia, castanha-de-caju);
  • de fermentos (como o kefir).

Qual a bebida mais indicada para si?

Com uma oferta tão vasta, a escolha pode não ser fácil. Além de seguir o seu gosto quanto ao sabor e à textura do produto, e avaliar a reação do seu organismo ao mesmo, deve analisar atentamente a embalagem das bebidas vegetais e atentar nas seguintes características:

  • na lista de ingredientes simples;
  • se não tem adição de açúcares;
  • se a bebida é enriquecida com cálcio e/ou vitaminas;.
  • se os ingredientes são, principalmente, de origem biológica.

5 bebidas vegetais alternativas ao leite, a considerar

Bebidas vegetais que substituem o leite

1. Bebida de Soja

Esta bebida faz uso de uma leguminosa asiática que é rica em proteínas vegetais e ácidos gordos essenciais. Os grãos de soja são demolhados, moídos, cozidos e filtrados.

Trata-se de uma bebida completa, sem lactose nem glúten e com poucas calorias (35 kcal/100 ml). Idealmente, deve selecionar uma opção biológica e enriquecida com cálcio.

2. Bebida de Arroz

Neste casos, temos uma bebida com uma boa fonte energética, rica em hidratos de carbono. Esta alternativa contém, ainda, vitaminas e sais minerais. A bebida é feita a partir dos grãos de arroz, que são triturados depois de cozidos e misturados com água.

Estas bebidas vegetais possuem um baixo teor de gordura, facilitam a digestão e não há risco de alergia. Há versões ricas em cálcio e vitaminas e, também, variantes que combinam o arroz com outros ingredientes, como: arroz-coco, arroz-coco-ananás, arroz-quinoa-coco.

3. Bebida de Amêndoa

No campo dos frutos secos, a amêndoa é, também, uma alternativa utilizada. Ele garante um elevado teor em ácidos gordos insaturados, vitamina E e minerais como cálcio, fósforo, potássio, magnésio, zinco, ferro e cobre.

As amêndoas são descascadas, moídas e torradas até formar uma pasta à qual se junta água.

Além de conter um baixo teor de gordura saturada e proteína, é uma excelente fonte de fibra e de gorduras polinsaturadas. O seu sabor é adocicado.

4. Bebida de Millet

O millet (espécie de milho) é um cereal sem glúten, originário do Norte de África. A sua bebida é uma fonte de fibra, de minerais (ferro, magnésio e fósforo) e de vitaminas (tiamina e riboflavina).

Além disso, tem baixo teor de gordura e, apenas, 55 kcal/100 ml. Não tem açúcares adicionados e é deliciosa.

5. Bebida de Aveia

Este é um cereal nutricionalmente muito rico. É uma fonte de proteína, de gorduras insaturadas e de hidratos de carbono complexos, contendo pouca gordura saturada.

É rica em fibra e em ß-glucanos, os quais regulam os níveis de colesterol no sangue. Possui magnésio, vitamina E, B6 e ácido fólico e tem, apenas, 35 kcal/100 g.

Veja também