ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Catarine Martins
Catarine Martins
19 Mar, 2021 - 16:00

Careca? Saiba tudo sobre o transplante capilar

Catarine Martins

Se está a ficar careca, ou se já não gosta das “entradas” que tomaram conta da sua cabeça, o transplante capilar pode ser a solução. Saiba tudo.

Médico a fazer transplante capilar

Se durante anos se dizia que é dos carecas que elas gostam mais, hoje em dia são muitos os homens que não querem enfrentar a calvície. E mulheres também, que olhando-se ao espelho e vendo as “entradas”, se começam a sentir feias. É então que se começa a falar do transplante capilar.

A boa notícia é que, atualmente, já é possível fugir da falta de cabelo. Seja por uma questão estética ou por uma questão de auto-estima, a verdade é que há tratamentos estéticos que vieram ajudar muita gente.

Mas o que provoca a calvície? Desde causas genéticas à alopecia areata (desordem do sistema imunológico), não esquecendo o arrancar cabelos (se costuma arrancar os brancos, pare já), a radiação, medicamentos, stress, hormónios e até deficiências nutritivas, há muitos factores que deixam homens, e também mulheres, com entradas ou até mesmo completamente carecas.

E é aqui que entra o transplante capilar, uma solução para voltar a ter cabelos e sentir-se no seu melhor.

O que é o transplante capilar

Existem várias técnicas para que uma pessoa calva volte a ter cabelo, mas as duas mais conhecidas são a FUT (transplante de unidade folicular) e a FUE (extração de unidades foliculares). Ambas se traduzem numa pequena cirurgia.

Na FUT, é retirada uma faixa do couro cabeludo da área dadora, os fios são separados, e só depois se transplanta para a zona que já está careca.

Como está bom de ver, para que seja possível adotar esta técnica, a pessoa tem que ainda ter cabelo, pelo menos em algumas partes da cabeça.

Esta técnica é rápida, porém deixa uma cicatriz linear.

Já na técnica FUE, os cabelos são extraídos e transplantados individualmente, o que acaba por ser melhor, no sentido em que não deixa cicatriz.

A técnica a aplicar deve ser escolhida em conjunto com o médico dermatologista ou cirugião plástico.

De todo o modo, normalmente são implantadas até 5 mil unidades foliculares de cada vez, mas nunca mais do que isso. Para se ter uma ideia, um folículo reúne de um a quatro fios de cabelo.

Transplante capilar: as maiores dúvidas respondidas

Homem a examinar a careca
1

Nem toda a gente pode fazer transplante capilar

Para além de casos específicos em que existem outras patologias impeditivas do transplante capilar, ele é apenas aconselhado para pessoas acima dos 25 anos.

Igualmente, antes da cirurgia, é crucial cuidar bem do couro cabeludo, e nas mulheres pode haver necessidade de tratamento hormonal, avaliado caso a caso.

2

Quanto tempo demora?

A cirurgia de transplante capilar demora entre 5 a 10 horas, e envolve fazer “furos” de até 0,8 mm no couro cabeludo, para neles implantar os fios sadios.

Normalmente, para cada procedimento estão envolvidos entre 10 e 20 profissionais de saúde. Nesse sentido, é muito importante escolher profissionais de confiança, para realizar o procedimento.

3

O transplante capilar dói?

Não. Isto porque a pessoa é anestesiada, não sentido qualquer dor.

Champôs para homem
Veja também Os 6 melhores champôs para homem
4

E depois do procedimento?

Habitualmente, depois do transplante a pessoa vai para casa no mesmo dia. Mas no dia seguinte, é importante voltar ao médico para lavar o cabelo.

Os pontos costumam ser retirados cerca de dez dias depois, e começa então o acompanhamento, para ver como o transplante evolui.

O cabelo implantando tende a cair cerca de um mês depois, voltando a nascer os tão sonhados fios bonitos e saudáveis, de três a seis meses após a cirurgia.

E é aqui que a magia acontece: nesta fase, quem fez um transplante capilar, já nem se lembra do implante.

O aspeto fica extremamente natural, sem aquela sensação e tufos na cabeça. Parece, realmente, que a pessoa nunca teve problemas de calvice.

5

Onde fazer o transplante capilar?

Existem várias clínicas onde é possível fazer o transplante capilar, mas a Medicapilar é uma referência a nível nacional.

6

Quanto custa?

O preço difere consoante vários fatores, mas aqui pode fazer uma simulação de quanto lhe irá custar.

Se tem receio de ficar careca, porque não fazer uma avaliação? Lembre-se que o cabelo é uma parte muito importante para uma boa autoestima.

Cuide de si e sinta-se ainda melhor!

Veja também