Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
David Afonso
David Afonso
25 Set, 2020 - 13:16

Descubra como saber se um carro tem os quilómetros alterados

David Afonso

Descubra como saber se o carro tem os quilómetros alterados, quer o compre em Portugal, quer no estrangeiro. Fique bem informado e não se deixe enganar.

conta quilómetros carro

O negócio de carros usados está por todo o lado e a verdade é que se podem encontrar excelentes oportunidades. Prova disso mesmo é que muitos condutores procuram carros usados – tanto a nível nacional, como internacional.

No entanto, há muitos casos de negócios que “deram para o torto”. E porquê? Porque os quilómetros mostrados no odómetro foram alterados. Porém, e felizmente, existem métodos eficazes para saber se o carro tem os quilómetros alterados.

Desta forma, fique esclarecido e perceba se o seu veículo tem os quilómetros alterados e se o vínculo de confiança de um bom negócio pode ser colocado a seu favor.

POR que é um tema tão em voga e como pode descobrir se um carro tem os quilómetros alterados?

Esta temática começou a ganhar maior atenção após uma reportagem em novembro de 2017, da autoria do jornalista Pedro Andersson, responsável pela rubrica “Contas-poupança”, no Jornal da Noite da SIC, e autor de uma crónica mensal no Ekonomista.

Pedro Andresson
Leia aqui o artigo de Pedro Andersson Quilómetros adulterados: cuidado se comprar um carro usado

Nesta reportagem, reportou-se um caso no qual um condutor adquiriu um veículo com o dobro dos quilómetros que o mostrador indicava.

O preocupante é que o jornalista teve acesso a muitas histórias de consumidores enganados e procurou informar os demais sobre formas de deteção destas “burlas”.

Como descobrir se o carro tem os quilómetros alterados: passo a passo

painel instrumentos carro

Se está a ponderar a possibilidade de comprar um carro usado e, caso tenha conhecimento de denúncias de casos de carros vendidos com os quilómetros alterados, fique atento a detalhes óbvios que podem denunciar estas situações e fazer toda a diferença entre concluir uma compra ou dispensá-la.

A) Interior do veículo

No interior, avalie os estofos, volante, pedais, travões, borrachas, embraiagem, entre outras. Se tiverem um desgaste demasiado evidente e a quilometragem mostrar um valor equivalente ao de um veículo quase novo, sabe que pode estar a ser enganado. Este tipo de material foi concebido para durar algum tempo, pelo que o seu desgaste não se justifica num carro com pouca quilometragem.

B) Test Drive

Antes de qualquer negócio de compra de carro usado, ande com o veículo! Acredite, vai fazer a diferença. Sinta o carro, o seu funcionamento, a reação aos fatores de condução (reação da caixa de velocidades a acelerar ou travar), acima de tudo, teste para perceber qual é o comportamento do veículo na estrada.

C) Documentos do veículo

Peça sempre para ver os documentos do veículo. Quando um carro vai a uma Inspeção Periódica Obrigatória (IPO), é costume os quilómetros serem anotados no documento comprovativo da inspeção. Daqui pode ficar a perceber se a informação dada no momento da compra é verdade.

D) Exterior

No exterior, preste atenção ao estado da pintura e à aparência frontal do capô (interior e exterior). Este aspeto é relavante, pois remete para um possível cenário de que, num passado recente, o carro tenha estado envolvido num acidente de colisão frontal.

De forma a compreender este problema, opte por levar consigo alguém de confiança e que tenha a sensibilidade ou o ofício de trabalhar com chaparia e pintura automóvel. Existem, por vezes, detalhes sobre a pigmentação e verniz que tanto ao vendedor, como ao comprador, podem escapar.

E) Desgaste das peças

Se realmente for com alguém de confiança, peça para ver como estão as peças do automóvel. Através de uma breve análise, ficará a saber se o carro tem os quilómetros alterados. Por outro lado, poderá detetar a existência de peças que foram substituídas antes do tempo e se realmente estão a funcionar corretamente.

F) Analisar os quilómetros

Vamos colocar uma situação bastante prática: por norma, os carros andam cerca de 19.000 quilómetros por ano. Se um carro usado apresentar cerca de 12.000 quilómetros, é possível que a sua quilometragem tenha sido alterada.

G) Alteração do conta-quilómetros

Com o enorme desenvolvimento tecnológico dos automóveis, a adulteração dos conta-quilómetros digitais é ainda mais fácil do que a dos antigos analógicos. Em muitos casos, basta ligar diretamente à centralina do motor um minicomputador com a aplicação certa… Por este motivo, é quase impossível detetar a manipulação.

Depois de ficar a conhecer estes pontos de análise, saiba agora como detetar estas fraudes. Quer ao comprar um carro usado em Portugal, quer ao comprar no estrangeiro. Há testes de despiste que fazem restaurar a confiança entre dispensar uma quantia considerável ou guardá-la.

Como detetar os quilómetros alterados nos carros nacionais e importados

odómetro carro

Carros portugueses

Há como saber se o carro tem os quilómetros alterados. Caso o veículo seja português e apresente uma quilometragem suspeita, o processo torna-se ainda mais simples de ser tratado.

Dirija-se ao IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes) ou visite o site. Apresente a matrícula do veículo e peça uma Certidão de Inspeção do IMT.

Se fizer o pedido nas instalações, pagará 30€ e receberá uma carta com as informações referentes à quilometragem de todas as inspeções automóveis obrigatórias. Caso faça o pedido online, usufruirá de 10% de desconto sobre os 30€ e receberá igual informação, de forma eletrónica, para o e-mail que indicar.

Se denotar que a quilometragem do carro usado não está em coerência com o documento solicitado ao IMT, isto é, se no documento indicarem mais quilómetros do que os atuais, ficará com a certeza de que eles foram alterados.

Portanto, se viu um carro usado a bom preço, mas desconfia do seu valor extremamente competitivo, prefira despender 30€ do que fechar um negócio que só lhe trará prejuízos e que se resume a uma negociação fraudulenta e que deveria ser fortemente penalizada pela lei.

Carros estrangeiros

Mesmo sendo estrangeiro, há também como saber se o carro tem os quilómetros alterados.

Existem dois sites que permitem detetar fraudes na quilometragem apresentada pelos vendedores. Pesquise pelo VIN (Vehicle Identification Number) dos veículos, no site AutoDNA ou no VIN-Info.

Para consultar os processos do veículo, apenas tem que pesquisar pelo seu VIN ou número de identificação que consta do DUA (Documento Único Automóvel), bem como em alguns anúncios online.

Com esta informação, estes sites facultarão muita informação sobre o veículo, assim como o número de proprietários que teve, o número de acidentes registados e até fotografias das seguradoras.

O que diz a lei sobre carros vendidos com os quilómetros alterados

Infelizmente, a lei não prevê reprovação para os casos de alterações nos quilómetros do carro.

Assim sendo, agora que já compreendeu como saber se o carro tem os quilómetros alterados, pode facilmente encontrar as respostas para as suas desconfianças.

Uma vez que os preços praticados pelos vendedores de usados e/ou semi novos é muito condicionado e influenciado pelo número de quilómetros percorridos pelo mesmo, estas burlas tornaram-se algo até “comum”, quer no nosso país, quer fora dele. Como seria de esperar, pelo mundo digital é muito mais fácil ser-se enganado por algo que não vê fisicamente.

A boa notícia é que, para qualquer que seja o seu meio de compra, e quer seja em Portugal ou no estrangeiro, há mesmo como saber se o carro tem os quilómetros alterados, o que simplifica o processo de compra e retira todas as dúvidas aos consumidores.

Veja também