João Abreu
João Abreu
19 Dez, 2018 - 00:00
O que fazer se ficar com o carro sem combustível?

O que fazer se ficar com o carro sem combustível?

João Abreu

Saiba como deve proceder, se ficar com o carro sem combustível. Perceba, ainda, como evitá-lo, como atuar e os perigos associados, caso isso lhe aconteça.

O artigo continua após o anúncio

Sabe como deve proceder caso fique com o carro sem combustível? Idealmente, nenhum condutor deveria permitir que a sua viatura chegasse ao ponto de ficar com o depósito totalmente seco. Contudo, por distração, há muitos condutores que se deparam com situações destas, sem que o antecipassem, até porque, se o antecipassem, encheriam o depósito a tempo de evitar problemas.

Antes de perceber como deve agir caso o seu veículo fique sem combustível, recomendamos que se mantenha com um olho posto no painel de instrumentos, nomeadamente no ícone luminoso, indicador do combustível. Quando o ponteiro deste indicador estiver a apontar para o combustível em reserva, é sinal que deve ter cuidados extra, pois conduzir nestas circunstâncias pode enviar sujidade para o sistema de injeção.

Lembre-se que, idealmente, se o condutor estiver atento ao sistema que o alerta sobre a quantidade de combustível existente no seu veículo, reabastecendo sempre que extremamente necessário (ou mesmo antes de ser imperativo), nunca terá que se preocupar que fique com o carro sem combustível. Porém, caso aconteça, perceba como deve agir.

Saiba o que fazer, se ficar com o carro sem combustível

ficar sem combustível

Quando o veículo fica sem combustível, não terá mais “energia” para prosseguir a viagem, acabando por, inevitavelmente, parar. Se consumiu a quantidade toda do depósito do seu carro, o veículo ficará imóvel, deixando o condutor abandonado em qualquer local.

Em alguns países, pela ocorrência de greves que condicionam o setor petrolífero na sua distribuição, muitos condutores acabam mesmo por ver o depósito do seu veículo entrar em colapso e secar. Se isto lhe acontecer, por qualquer que seja o motivo, saiba como proceder, evitando realidades prejudiciais para si e para o seu automóvel.

O que fazer?

No caso de o seu carro ficar sem combustível, encoste-o num local seguro e sinalize com o triângulo e os piscas. Lembre-se que a não utilização do triângulo de pré-sinalização pode custar-lhe uma coima mínima de 120€ a uma coima máxima de 600€.

Se estiver sozinho, pode chamar um reboque, telefonar para algum serviço de assistência que esteja ativo, pedir a ajuda de algum familiar ou amigo ou, na pior das hipóteses, dirigir-se a um posto de gasolina. Caso tenha que optar pela última, lembre-se que há alguns postos que apenas vendem combustível, caso possua um bidão de combustível ou jerrican, próprio para o efeito, proibindo por exemplo que se encham garrafas com o combustível, bem como qualquer outro recipiente que não seja autorizado por lei. Na Repsol, por exemplo, se tencionar encher com combustível um jerrican, apenas será permitido fazê-lo se este estiver certificado e etiquetado.

Ao encher um jerrican, coloque-o no chão e faça a operação do enchimento do mesmo com ele nessa posição. Não o encha completamente até ao limite, nem introduza o bocal completamente dentro do recipiente. Tudo isto, porque deve haver espaço para os vapores e para a expansão do combustível.

O artigo continua após o anúncio

Perigos

Há casos em que ficar com o carro sem combustível pode ser bem mais complicado do que pará-lo, sinalizar e partir para o posto de combustível mais próximo. Na verdade, muitas das vezes, quando um carro consome todo o combustível, ocorrem danos na bomba do combustível, que podem implicar reparações caras, bem mais dispendiosas do que meramente fazer o reabastecimento do combustível do veículo.

Outro perigo associado, além de deixamos no limite o nível do combustível, é quando este já se encontra há mais de 3 meses de utilização contínua. Com os valores mínimos, o combustível seca e forma um verniz que mais tarde irá danificar os sensores, sondas e os injetores.

Não deve empurrar o carro, nem tentar fazer com que ele pegue à força. Lembre-se: não havendo combustível para ele consumir, ele não voltará a andar.

Prevenção

Como medida preventiva, a recomendação é que tenha sempre consigo contactos de algum ou alguns serviços que ofereçam assistência em casos de consumo total de combustível. Estes serviços podem ser o seguro do veículo ou o serviço de assistência 24h do fabricante do mesmo.

“Como mais vale prevenir do que remediar”, pode ainda adquirir um jerrican, na Norauto, por exemplo, para momentos de emergência.

Como evitar

Para que ficar com o carro sem combustível não seja uma dor de cabeça, siga as seguintes recomendações:

  • Mantenha-se atento à quantidade de combustível no tanque e tenha as manutenções em dia;
  • Faça por manter o nível de combustível acima de ¼ do volume do tanque;
  • Evite ficar na reserva – o ponteiro do indicador da luz de combustível nunca deve descer a este ponto;
  • Não deixe o carro em inatividade durante longos períodos, recorde-se que a gasolina tem uma validade máxima de 3 meses, perdendo a função de queimar corretamente;
  • Procure ligar o carro, pelo menos, uma vez por semana;
  • Opte por desligar o sistema de ar condicionado, uma vez que com ele ligado recorre ao acréscimo do consumo de combustível;
  • Evite pisar a fundo o pedal do acelerador e antecipe as travagens bruscas. Calcule as distâncias e use os travões progressivamente;
  • Utilize as mudanças engrenadas nas descidas, uma vez que as próprias rodas dão movimento ao motor, dispensando o recurso de injeção de combustível.

Veja também: