ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
18 Mai, 2022 - 15:01

Circuito Automóvel dos Lagos do Sabor: um tesouro escondido

Valdemar Jorge

Portugal é uma caixinha de surpresas. Conheça um dos tesouros de Trás-os-Montes: o Circuito Automóvel Panorâmico dos Lagos do Sabor.

Corcuito automóvel dos Lagos do Sabor

Os dias estão maiores. O tempo mais ameno e a convidar para passear. Portugal continua a revelar ao mundo alguns segredos bem guardados e que começam a atrair muitos visitantes. O Circuito Automóvel Panorâmico dos Lagos do Sabor é um deles.

Descubra como visitar e percorrer este circuito que dá a conhecer uma das paisagens e gastronomia mais ricas do nosso país. Acredite que vai ficar maravilhado.

Onde se situam os Lagos do Sabor

Os Lagos do Sabor são um imenso espelho de água que resulta da construção da Barragem do Baixo Sabor (2016). Esta infraestrutura de engenharia criada pelo homem conteve a bravura do rio Sabor e criou três grandes lagos que estão ligados entre si.

Altas escarpas, gargantas e penhascos permitem que os três lagos se unam, criando uma paisagem única, delimitada por serras e vales que no horizonte se unifiquem com o azul do céu.

Ao todo os Lagos do Sabor ocupam uma área de 70 quilómetros (Lago de Cilhades, Lago do Medal e Lago dos Santuários) que se espraiam desde a barragem do baixo Sabor até à foz do Azibo. Além da vida selvagem os Lagos do Sabor oferecem a quem visita um céu azul e uma paisagem deslumbrante. Merecem ainda visita a Foz do Azibo e a imponente Albufeira do Azibo.

Este segredo da natureza é dado a conhecer pela Associação de Municípios do Baixo Sabor (AMBS) criada como resultado da construção da barragem do Baixo Sabor. Tem por função promover o desenvolvimento sustentável dos territórios de “Alfândega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro e Torre de Moncorvo e capitalizar o potencial endógeno do território, minimizar os impactos da albufeira, aproveitar de forma inovadora os novos lagos que surgiram”.

Lagos do Sabor

Circuito Automóvel Panorâmico dos Lagos do Sabor

Neste âmbito, foi criado um conjunto diversificado de trajetos que permitem, a quem visita esta zona do nordeste transmontano, desfrutar da paisagem, mas também viver intensa experiência de condução e gastronómica.

Os circuitos com mais de 200 quilómetros abrangem quatro concelhos com culturas, património edificado, potencial aquático e gastronomia que se complementam. Uma visita atenta permite encontro com castros milenares, conventos e santuários, vilas medievais e castelos que, no alto dos montes, mostram toda a sua garbosidade. No fundo trata-se de descobrir também a história do nosso Portugal.

Depois, os circuitos possibilitam ainda o contato com gentes afáveis que sabem receber e que fazem com que quem as visita se sinta em casa. É a generosidade transmontana tão bem plasmada na obra de Miguel Torga.

Uma das formas de visitar e explorar este território é através de roadtrip uma vez que, para chegar aos locais, é imperativo que se desloque de automóvel ou mota. Poderá fazê-lo, igualmente, utilizando transportes públicos mas, desta forma, não conseguirá chegar às deslumbrantes paisagens, miradouros e castelos.

Circuitos para carro ou mota

Para facilitar a visita ao território dos Lagos do Sabor a AMBS criou três circuitos panorâmicos, com extensões diferentes, que podem ser percorridos de automóvel ou mota. Um conjunto de infopontos espalhados pelos principais pontos de interesse ajudam à orientação e apontamentos gastronómicos.

1. Circuito Panorâmico da Foz do Sabor (40 km)

Locais de visita obrigatória:

  • Torre de Moncorvo;
  • Foz e Praia Fluvial do Rio Sabor;
  • Miradouro de São Gregório;
  • Miradouro do Vale do Sabor;
  • Miradouro da Póvoa.

2. Circuito Panorâmico dos Lagos do Sabor (120 km)

Locais de visita obrigatória:

  • Capela e Miradouro de São Gregório;
  • Centro de Interpretação Ambiental e Reabilitação Animal de Felgar (CIARA);
  • Carviçais;
  • Capela e Miradouro de Santo Antão da Barca;
  • Alfândega da Fé;
  • Miradouro da Cabreira.

3. Circuito Panorâmico das Fragas do Sabor (111 km)

Locais de visita obrigatória:

  • Mogadouro;
  • Fragas do Sabor;
  • Miradouro da Descontinuidade de Conrad;
  • Albufeira do Azibo;
  • Foz do Azibo;
  • Poço dos Paus;
  • Convento de Balsemão;
  • Macedo de Cavaleiros.

Quando visitar, onde ficar

Visitar esta região implica disponibilidade. Por isso planeie-a com algum tempo de antecedência. Mediante o circuito que queira fazer escolha a época do ano que melhor se lhe adequa.

Tenha em conta que o povo transmontano na gíria diz que o inverno são nove meses e o verão três. Mesmo assim, cada estação do ano tem o seu encanto.

Na primavera conte com o despontar da flora e com maior caudal do rio e afluentes. Março tem ainda o ex-libris local: as amendoeiras em flor. As cores branco e rosa dominam os montes no que resulta numa experiência visual fora do comum.

No verão as praias fluviais da Albufeira do Azibo e das Foz do Sabor ganham vida. O fresco da água é o chamariz para os dias quentes, muito quentes que caraterizam a região.

Se escolher o Outono, serão os tons castanhos dos carvalhos, castanheiros, zimbro, sobreiros vinhas e oliveiras, a dominar a paisagem. Época mais propícia a percorrer, a pé, os diversos trilhos dos Lagos do Sabor, que constituem outra das atrações locais.

Por fim, se a sua escolha for o inverno tenha em conta que os dias serão frios (entre dezembro e fevereiro), não convidando tanto ao passeio pela natureza. Mas, por outro lado, constituem oportunidade para a descoberta do património edificado e cultural, e à rica gastronomia transmontana, enaltecida pelas muitas festas e romarias desta época do ano.

Sugere-se como ponto de pernoita as localidades de Torre de Moncorvo, Alfândega da Fé, Mogadouro e Macedo de Cavaleiros. A partir destas deve traçar o roteiro a fazer.

Restaurante Maria Rita
Não perca Maria Rita: comer como um lorde em Jerusalém do Romeu

Miradouros para quem gosta de fotografar

A complementar os circuitos panorâmicos estão um conjunto de miradouros. Locais escolhidos estrategicamente que permitem uma visão do espaço arrebatadora. Locais ideais para quem gosta de fotografar. Para, mais tarde, recordar.

Miradouros dos Lagos do Sabor

  • Miradouro do Talegre;
  • Miradouro de São Gregório;
  • Miradouro do Vale do Sabor;
  • Miradouro da Póvoa;
  • Miradouro de São Lourenço;
  • Miradouro da Cabreira;
  • Miradouro de Santo Antão da Barca;
  • Miradouro da Descontinuidade de Conrad;
  • Miradouro da Foz do Azibo;
  • Miradouro da Albufeira do Azibo.

Encontram-se ainda disponíveis três baloiços panorâmicos que merecem visita:

  • Baloiço do Sobreiro;
  • Baloiço de São Lourenço;
  • Baloiços do Santuário de São Cristóvão.

Não esqueça que ao longo do Circuito Automóvel Panorâmico dos Lagos do Sabor estão colocados pela AMBS 34 estruturas construídas em madeira onde estão afixados mapas, roteiros, sugestões gastronómicas, bem como, monumentos a visitar nos quatro concelhos que integram o circuito.

Veja também