ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
30 Dez, 2020 - 11:05

Saiba como circular nas rotundas corretamente

Valdemar Jorge

Para uma condução segura e defensiva é importante saber como circular nas rotundas e quem tem prioridade. Saiba mais.

carros a circular numa rotunda

Todos os dias, nas suas deslocações diárias, os automobilistas enfrentam situações de trânsito que, em certos casos são mais complicadas. Saber como circular nas rotundas é pertinente, uma vez que é algo que ainda confunde muitos condutores portugueses.

De acordo com Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), desde 2014, altura em que o Código da Estrada foi atualizado, mais de 3000 condutores já foram multados por não cumprirem as normas aplicadas nas rotundas.

Todos sabemos que o cumprimento do Código da Estrada é essencial para evitar acidentes e para tornar a vida dos condutores bem mais simples e prática. Mas nem tudo corre “às mil maravilhas”. Questões como a prioridade nas rotundas ainda são ainda temas sensíveis, entre muitos outros, que importam esclarecer.

Neste sentido, continue e ler e conheça as regras de prioridades e outras que correspondem à forma correta de circular nas rotundas.

Como circular nas rotundas: o que deve saber

Um dos processos que mais “dor de cabeça” traz aos automobilistas é a forma correta de circular nas rotundas. Ter de circular numa via em que esteja implantada uma rotunda, para muitos é complicado.

No Código da Estrada (republicado pela Lei n.º 72/2013) consta a forma e comportamento que os condutores devem adotar ao circular numa rotunda.

Nos artigos dedicados à temática, refere-se que o condutor deve esperar para poder entrar na rotunda. Ou seja, isto implica que quem já está a circular na rotunda tem prioridade. Para além disso, o condutor circular pela direita apenas no caso de ter a intenção de sair na primeira saída.

No entanto, apesar de parecer simples, questões como quem tem prioridade e quando e como entrar na rotunda criam ainda alguma confusão nos condutores.

Entrar na rotunda

Devo entrar na via da esquerda ou na da direita? Neste caso, tudo depende da saída que pretende tomar. Vejamos o que diz o Código da Estrada.

O Código da Estrada esclarece no Artigo n.º14-A qual o comportamento que deve ser adoptado:

Nas rotundas, o condutor deve adoptar o seguinte comportamento:

  • Entrar na rotunda após ceder a passagem aos veículos que nela circulam, qualquer que seja a via por onde o façam;
  • Se pretender sair da rotunda na primeira via de saída, deve ocupar a via da direita;
  • Se pretender sair da rotunda por qualquer das outras vias de saída, só deve ocupar a via de trânsito mais à direita após passar a via de saída imediatamente anterior àquela por onde pretende sair, aproximando-se progressivamente desta e mudando de via depois de tomadas as devidas precauções;
  • Sem prejuízo do disposto nas alíneas anteriores, os condutores devem utilizar a via de trânsito mais conveniente ao seu destino.

Para além disso, o mesmo artigo ainda refere que é permitido a veículos de tração animal, velocípedes ou automóveis pesados a ocupação da via de trânsito mais à direita (sem prejuízo do dever de facultar a saída aos condutores que circulem nos termos da alínea c) do n.º anterior).

Prioridade nas rotundas

carros a seguir indicações de como circular nas rotundas

Como todos sabemos, a circulação na rotunda faz-se num único sentido, em modo giratório. Assim, os condutores que se aproximem das rotundas devem ceder sempre a passagem a quem já nela circula e:

  • Se pretende sair na primeira saída da via, mantenha-se na faixa da direita;
  • Caso pretenda sair em qualquer outras das vias, deve circular pela faixa da esquerda. Deverá passar para a via mais à direita após a passagem pela via imediatamente anterior àquela que pretende usar;
  • Deve utilizar sempre o pisca para indicar aos restantes condutores qual a direção que pretende seguir.

Assim estará a respeitar a regra de prioridade nas rotundas.

Para além disso, deve saber que dentro da rotunda também deverá manter o pisca à esquerda ligado até à altura em que pretender utilizar a via de saída. Aí deverá utilizar o pisca à direita para alertar os restantes condutores. Assim sendo, a utilização dos piscas é indispensável dentro das rotundas.

Ou seja, nas rotundas, o condutor só deve utilizar a via da direita assim que passar a via de saída imediatamente anterior à que vai pretende usar. Deve utilizar o pisca à direita para indicar a sua intenção e tomar as devidas precauções para não colocar em risco a sua segurança e a dos restantes condutores.

Sanções previstas

De acordo com a legislação, quem não cumprir as regras de prioridade nas rotundas ou as restantes as normas de circulação é multado. O valor vai dos 60 euros aos 300 euros.

Em alguns casos, a sanção poderá até implicar a inibição de conduzir de um a 12 meses e a perda de 2 pontos na Carta de Condução.

Autoridades ajudam a saber como circular nas rotundas

Por vezes, mais do que lermos e interpretarmos corretamente o Código da Estrada, justifica-se o apoio visual por fotografias ou vídeo para despistar possíveis dúvidas.

Como intuito de auxiliar os condutores a perceber o disposto no Código da Estrada, autoridades que fiscalizam o trânsito, como a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) disponibilizam nas respetivas páginas de Facebook ferramentas que ilustram a correta circulação em rotundas.

Assim, sugerimos a consulta, por exemplo, do vídeo “Circular em rotundas parece ainda ser tarefa difícil para muitos condutores“, da GNR , ou da imagem apresentada pela PSP.

Novas tecnologias ao serviço do condutor

Atualmente, as novas tecnologias são um aliado indispensável no dia a dia de todos os condutores. Para além do GPS, por exemplo, a Internet é também um local onde todas as questões são abordadas.

Para além de dúvidas relativas a com a prioridade nas rotundas, por exemplo, qualquer outro tema que cause confusão ao condutor pode, numa primeira fase, ser esclarecido com facilidade através da utilização da Internet. Aqui encontra não apenas a resposta, como também vários outros temas relacionados.

Deve, contudo, verificar as fontes e optar por consultar páginas credíveis e oficiais.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].