Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
24 Set, 2019 - 09:58
A forma correta de circular nas rotundas

A forma correta de circular nas rotundas

Valdemar Jorge

Circular corretamente nas rotundas que encontramos todos os dias nas cidades e em muitos acessos das vias principais não tem de ser uma dor de cabeça. Saiba como fazer?

O artigo continua após o anúncio

Todos os dias, nas suas deslocações diárias, os automobilistas enfrentam situações de trânsito que, em certos casos são mais complicadas. E resolver ou ultrapassar essas situações quando se está a conduzir obriga a destreza mental e à execução da tarefa, se assim podemos chamar, de condução sem que se coloque a vida de outros automobilistas, peões, ciclistas ou motociclistas, em perigo.

Sim, porque a via pública é ocupada por um conjunto de pessoas e veículos e para nela circularmos devemos ter bem presente as regras que são assimiladas no decorrer do processo de aprendizagem nas respetivas Escolas de Condução.

Certo é que após concluir o processo de aprendizagem e concretizar o respetivo exame, e receber a carta de condução, o futuro condutor a pouco e pouco vai reforçando a sua capacidade de condução. E quanto mais conduzir, mais prática terá e mais fácil e rapidamente conseguirá interpretar, na cidade, estrada ou auto-estrada, os sinais estáticos, bem como, perceber o modo de condução dos outros utentes.

Como circular nas rotundas de forma correta

circular na rotunda corretamente

Um dos processos que mais “dor de cabeça” traz aos automobilistas é a forma correta de circular nas rotundas. Ter de circular numa via em que esteja implantada uma rotunda, para muitos é complicado. Para facilitar o processo o normativo está explicado no Código da Estrada (republicado pela Lei n.º 72/2013) onde consta a forma e comportamento que os condutores devem tomar ao circular numa rotunda.

Nos artigos dedicados à temática refere-se que o condutor deve esperar para poder entrar na rotunda – isto implica que quem já está a circular na rotunda tem prioridade –, e para circular pela direita, apenas no caso de a intenção ser sair na primeira saída. Até aqui tudo bem.

Mas a dificuldade de muitos condutores está precisamente na forma como deve entrar na rotunda. Se na via da esquerda ou na da direita? Tudo depende da saída que pretende tomar. Vejamos o que diz o Código da Estrada.

O Código da Estrada esclarece no Artigo n.º14-A qual o comportamento que deve ser adoptado:

1. Nas rotundas, o condutor deve adoptar o seguinte comportamento:

O artigo continua após o anúncio

a) Entrar na rotunda após ceder a passagem aos veículos que nela circulam, qualquer que seja a via por onde o façam;
b) Se pretender sair da rotunda na primeira via de saída, deve ocupar a via da direita;
c) Se pretender sair da rotunda por qualquer das outras vias de saída, só deve ocupar a via de trânsito mais à direita após passar a via de saída imediatamente anterior àquela por onde pretende sair, aproximando-se progressivamente desta e mudando de via depois de tomadas as devidas precauções;
d) Sem prejuízo do disposto nas alíneas anteriores, os condutores devem utilizar a via de trânsito mais conveniente ao seu destino.

2. Os condutores de veículos de tracção animal ou de animais, de velocípedes e de automóveis pesados, podem ocupar a via de trânsito mais à direita, sem prejuízo do dever de facultar a saída aos condutores que circulem nos termos da alínea c) do n.º 1.

3. Quem infringir o disposto nas alíneas b), c) e d) do n.º 1 e no n.º 2 é sancionado com coima de 60 a 300 euros.

policia no computador

Tendo presente a descrição do Código da Estrada justifica-se ainda um contacto com as autoridades que fiscalizam o trânsito nas estradas e nas cidades, nomeadamente a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP), que nas respetivas páginas da rede social Facebook fazem um descritivo da lei, bem como, apresentam através de ilustração em vídeo a forma correta de circular nas rotundas.

Por vezes, mais do que lermos e interpretarmos corretamente o Código da Estrada, justifica-se o apoio visual por fotografias ou vídeo para despistar possíveis dúvidas.

E, nesse contexto, o trabalho realizado pelas forças de segurança é notável e não deixa margem para dúvidas. Se se visionar e aplicar o que nos ensinam nos vídeos – ‘Circular em rotundas parece ainda ser tarefa difícil para muitos condutores’, da GNR – ou ‘Como circular nas rotundas?’ – apresentado pela PSP, nas respetivas páginas do Facebook, a dificuldade com certeza será desvanecida.

Atualmente, com a influência que as novas tecnologias têm nas nossas vidas e a utilização que lhes é dada, como nas Escolas de Condução, durante o processo de ensino que é ministrado aos futuros condutores a aprendizagem está mais facilitada.

E qualquer dúvida, que um condutor tenha, numa primeira fase pode ser tirada com facilidade através da utilização da Internet onde encontrará tópicos sobre os mais diversos temas. Preferencialmente, poderá igualmente falar com um profissional ou mesmo com um agente da autoridade que saberão elucidar e explicar a forma correta de circular numa rotunda.

O artigo continua após o anúncio

Entretanto, se nos está a ler e tem dúvidas, visione os vídeos e aplique o ensinamento. É fácil.

Caso já esteja familiarizado com a situação, divulgue o ensinamento ou partilhe com os seus familiares, amigos, companheiros de trabalho. Deste modo estará a contribuir para a formação cívica das pessoas e para que se circule melhor, com mais segurança e com mais respeito pelos outros, quer na estrada, quer principalmente nas rotundas.

Veja também