Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ekonomista
Ekonomista
27 Out, 2020 - 17:09

Compras de Natal: vai ter mais tempo para trocas e devoluções

Ekonomista

Este ano, devido à pandemia, muitas lojas decidiram alargar o prazo para as trocas de compras de Natal.

Mulher a fazer compras de Natal antecipadas

Para travar a corrida aos centros comerciais no mês de dezembro ou as aglomerações nas lojas para trocas de compras de Natal, muitas marcas e comerciantes estão a apelar para que as pessoas comecem a fazer as suas compras natalícias mais cedo, dando uma margem mais alargada para as devoluções.

Há inclusivamente marcas e grupos (como a Sonae Sierra) que estão já a permitir trocas até ao dia 15 de janeiro para compras realizadas a partir deste mês. Ou seja, se começar a fazer as suas compras de Natal agora, terá mais de dois meses para efetuar as trocas dos produtos.

Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o diretor-geral da APED confirmou a notícia, dizendo que os associados do retalho especializado “estão a mobilizar-se para, de forma clara, permitirem o aumento do prazo para trocas, de forma a fomentar as compras antecipadas”.

Ainda não se sabe, contudo, se esta e outras medidas vão passar a ser concertadas com o Governo. De qualquer forma, os comerciantes estão a mobilizar-se para prevenir as aglomerações características da época natalícia nas suas lojas.

Veja também