Ekonomista
Ekonomista
16 Jan, 2023 - 07:18

Tem crédito habitação? Conheça as medidas para baixar a prestação

Ekonomista
Patrocinado por:

O seu orçamento já se ressente da subida das prestações do crédito habitação? Há medidas que podem ajudar a ultrapassar esta fase. Saiba quais são.

A subida das taxas de juro já se nota no valor das prestações do crédito habitação. Se este aumento já lhe está a causar dificuldades, é importante conhecer as medidas lançadas pelo Governo para aliviar o orçamento familiar.

Se a sua taxa de esforço for superior a 36% e tiver um empréstimo até 300 mil euros, terá de receber, por parte do seu banco, uma proposta de renegociação do crédito.

Esta renegociação pode passar pela redução do spread, por um período de carência ou pelo alargamento do prazo de reembolso. Neste último caso, terá mais tempo para pagar o seu crédito, reduzindo o valor da prestação mensal.

Outra das medidas em vigor é a isenção de comissões pela renegociação de contratos. Caso decida fazer uma amortização antecipada, também não lhe pode ser cobrada a respetiva comissão.

Os titulares de crédito habitação têm ainda a possibilidade de reduzir a retenção na fonte, pagando menos IRS todos os meses.

Se a sua prestação está a subir, é importante ler este artigo e perceber, em detalhe, o que pode fazer para lidar com a situação, nomeadamente falar com o seu banco.

Crédito habitação: quais as medidas de apoio com que pode contar?

Se as prestações do crédito habitação já pesam na sua carteira, está na altura de conhecer as medidas que podem reduzir esse impacto.

Este artigo do Saldo Positivo explica quais são.

Conheça outros conteúdos do Saldo Positivo.

O Saldo Positivo é o site de literacia financeira da Caixa Geral de Depósitos e tem como proposta facilitar a vida dos portugueses no que diz respeito à gestão do dinheiro com publicação regular de artigos, notícias, guias e infografias.

Veja também