Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Elsa Santos
Elsa Santos
05 Dez, 2019 - 12:03

Como promover uma cultura de aprendizagem progressiva

Elsa Santos

A cultura de aprendizagem progressiva nas organizações é vista como forma de gerir estrategicamente o potencial e o talento das pessoas. Saiba em que consiste como a implementar.

formação numa empresa

Como promover uma cultura de aprendizagem progressiva nas organizações? O tema voltou à mesa recentemente, no VI encontro de Academias Corporativas sob o mote “Building a Learning Mindset” – A (Trans)Formação do Talento. Neste âmbito, foram analisadas três variáveis consideradas fundamentais na transformação: Content, Teaching Styles e Motivation.

Como base, as três variáveis apresentadas respondem a questões como: “que conteúdo formativo é crítico para determinado público-alvo”; “que métodos devem ser utilizados para o sucesso de uma formação” ou “o que motiva um potencial formando a investir na sua formação”.

Este encontro anual centra-se na importância da criação e implementação de uma cultura de aprendizagem de progresso nas organizações, como meio para uma gestão estratégica do potencial e do talento das pessoas.

Perante os desafios com os quais as organizações se confrontam, torna-se fundamental que a estratégia das organizações passe, com maior ênfase, por incorporar na sua gestão, formas de reconhecer, validar e ativar o potencial dos seus colaboradores. A par desta vertente, e porque as empresas são feitas de pessoas, é importante perceber o que os indivíduos pretendem para o seu crescimento individual, o que os motiva para desenvolver as suas competências e como poderão contribuir para este novo mindset (mentalidade). 

Dirigido a responsáveis e colaboradores de Academias Corporativas, Gestores de Recursos Humanos, Gestores, Economistas, Formadores, Professores, Consultores e Juristas e demais profissionais que lidam, diariamente, com estes temas, o Encontro anual de Academias Corporativas foi lançado pela VdA Academia em 2014, e este ano contou com a parceria da NOVA SBE e da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

cultura de aprendizagem progressiva: saiba mais

brainstorming

Cultura de Aprendizagem Progressiva: O que é?

A atual cultura da aprendizagem, própria das sociedades modernas, traduz-se numa educação generalizada, uma formação permanente, uma saturação de informações produzidas pelos novos sistemas de comunicação e conservação de informação e por um conhecimento descentralizado e diversificado.

Na cultura da aprendizagem em que vivemos e trabalhamos a distância entre aquilo que consideramos que deveríamos aprender e o que conseguimos aprender é cada vez maior. Esta cultura parte, essencialmente, das organizações de que fazemos parte.

Ao longo do tempo, as exigências mudam, assim como as mudanças nos modos de pensar, de agir, de sentir. Saber reformular/redirecionar uma estratégia pessoal/profissional, de modo a definir novos limites e novas possibilidades, é fundamental.

Uma cultura de aprendizagem progressiva nas organizações permite fazer mais e melhor, tirando o máximo partido dos seus recursos.

Vantagens da Cultura de Aprendizagem Progressiva

Implementar uma cultura de aprendizagem progressiva tem vantagens, quer para empresas, quer para trabalhadores/pessoas.

Apresentamos algumas.

Para as pessoas:

  • Valorização;
  • Motivação;
  • Descoberta e desenvolvimento de competências;
  • Abertura de horizontes e possibilidades de trabalho;
  • Adaptação à mudança;
  • Evolução/Progresso;
  • Aumento de produtividade;
  • Promoção do bem-estar .

Para as empresas;

  • Promover a formação continua dos colaboradores;
  • Reconhecer e promover o potencial dos trabalhadores;
  • Aumentar a motivação e produtividade;
  • Apostar na descoberta de novos talentos como forma de marcar a diferença;
  • Promover valores, atitudes e comportamentos;
  • Promover uma boa imagem institucional;
  • Garantir a evolução, melhoria e adaptação de organização e pessoas, ao longo do tempo;
  • Respeitar um direito dos trabalhadores;
  • Promover o bem-estar;
  • Alcançar o progresso.

a importância da aprendizagem progressiva

Como implementar

Considerando as três variáveis fundamentais na transformação acima referidas, Content (Conteúdo), Teaching Styles (Métodos de ensino/formação) e Motivation (Motivação), há que traçar um plano estratégico adequado aos elementos de cada organização, de modo a conseguir alcançar os objetivos de uma cultura de aprendizagem progressiva, com a descoberta e desenvolvimento de talento.

Conteúdo

Há que perceber que tipo de conteúdo formativo é relevante para determinado público-alvo. Trabalhá-lo de forma adequada, direcionando o mesmo a situações concretas e valorizadas pelos formandos.

O que é que as pessoas querem saber/aprender? A resposta a este pergunta muda de acordo com o contexto profissional, social e características individuais.

Métodos de ensino/formação

De que forma as pessoas aprendem? Que métodos devem ser utilizados para garantir o sucesso de uma determinada formação? É fundamental conhecer o perfil do público: as suas características, conhecimentos e expectativas. Só assim, será possível fazer chegar a mensagem.

Por mais interessantes que sejam os conteúdos, se os mesmos não forem expostos de forma cativante, nomeadamente através da participação prática (experimentação), dificilmente um formador conseguirá manter a atenção dos formandos e, consequentemente, a motivação e o sucesso.

Este é um aspeto a ter em conta, por potenciais formandos ou entidades promotoras, no momento de escolher.

Motivação

O que motiva alguém a investir em formação? Pode ser o desejo de saber mais, de evoluir na carreira, de fazer algo diferente ou mesmo “porque sim”. Exista já uma motivação bem vincada ou não, é importante que o valor de formação seja reconhecida pelos formandos, mantendo a atenção, a curiosidade, o empenho e uma motivação crescente que, de facto, apresente resultados.

Para as empresas que decidam promover uma cultura de aprendizagem progressiva, interna ou externamente, a perceção das motivações, dificuldades, gostos, expectativas e objetivos dos seus colaboradores/formandos pode revelar-se uma ferramenta determinante.

Para organizações ou pessoas, a aprendizagem progressiva nunca fez tanto sentido, num mercado cada vez mais exigente e em constante mutação.

Veja também