Teresa Campos
Teresa Campos
13 Abr, 2020 - 15:10

Aprenda a identificar os diferentes tipos de dor de cabeça

Teresa Campos

Sabia que há diferentes tipos de dor de cabeça, cada um com caraterísticas e causas distintas? Fique a perceber melhor as suas diferenças.

Mulher com dor de cabeça

Provavelmente, não há dor mais “universal” do que uma dor de cabeça. Há quem a tenha diariamente, há quem a tenha de longe a longe, certo é que existem diferentes tipos de dor de cabeça.

As suas diferenças têm a ver com a sua origem, caraterísticas, causas e sintomas principais. Para cada um dos tipos de dor de cabeça, há também um tratamento distinto e é isso que iremos esclarecer. Dos analgésicos e anti-inflamatórios, aos anti-histamínicos e descongestionantes, há muito para saber sobre dores de cabeça.

Os diferentes tipos de dor de cabeça e as suas principais caraterísticas

Homem com enxaqueca

Segundo a Sociedade Portuguesa de Cefaleias (SPC), 90% das cefaleias são de origem primária e necessitam de tratamento adequado. A dor de cabeça tensional é o tipo mais frequente e as enxaquecas as mais incapacitantes.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera mesmo as dores de cabeça uma das 20 doenças causadoras de maior índice de incapacidade. Fique, agora, a conhecer as mais diversas tipologias e aprenda a distinguir as mais variadas causas das temidas dores de cabeça.

Tipos de cefaleias

Dor de cabeça tensional

Este dor de cabeça carateriza-se pela rigidez dos músculos do pescoço, costas ou couro cabeludo. As causas mais comuns são: má postura, stress ou ansiedade. Nestes casos, há uma pressão que afeta os dois lados da nuca ou testa, assim como uma sensibilidade na zona dos ombros, pescoço e couro cabeludo.

Para aliviar este tipo de desconforto, deve relaxar, massajar o couro cabeludo, tomar um banho quente e fazer movimentos que contrariem essa dor. Se nada resultar, pode sempre optar pela toma de algum analgésico.

Enxaqueca

A enxaqueca é dor de cabeça intensa e pulsante, que pode mesmo ser acompanhada de náuseas, vómitos, tonturas e sensibilidade à luz solar. Os seus efeitos podem durar de 3 a 72 horas. A pressão pode incidir mais sobre um lado da cabeça, pode afetar a visão, causar sensibilidade a certos cheiros e dificultar a concentração.

Nestas situações, a terapêutica mais recomendada é de analgésicos, anti-inflamatórios, triptanos (medicamentos que causam a constrição dos vasos sanguíneos e bloqueiam a dor) e antieméticos (medicamentos que evitam os enjôos e vómitos).

Dor de cabeça associada à sinusite

A sinusite é uma inflamação dos seios nasais, que causa dor de cabeça ou na face. Este desconforto aumenta quando a pessoa se baixa ou deita. Além da dor de cabeça, pode também haver lugar a dor na zona do nariz e olhos, corrimento e congestão nasal, tosse, febre e mau hálito.

Neste caso, são especialmente recomendados anti-histamínicos, descongestionantes e analgésicos. Em certas situações, pode mesmo ser necessária a toma de antibiótico.

Cefaleia em salvas

A cefaleia em salvas é uma doença rara, que se carateriza por uma dor de cabeça muito forte e lancinante. O desconforto é superior ao provocado pela enxaqueca e é, apenas, afetado um lado da face. Esta dor pode surgir durante o sono. Além destes sintomas, pode haver lugar a corrimento nasal, inchaço da pálpebra e vermelhidão e lacrimejamento do olho.

Para atenuar a dor e a sua duração, é sugerida a administração de anti-inflamatórios não esteróides e analgésicos fortes.

5 chás para a dor de cabeça
Veja também 5 chás para a dor de cabeça

Outras causas possíveis de dor de cabeça

  • alterações hormonais;
  • hipertensão;
  • lesões na cabeça.

Como já adiantámos, a grande maioria das cefaleias são primárias, ou seja, não estão associadas a qualquer outro problema de saúde. Contudo, o surgimentos de dores de cabeça frequentes deve levar o paciente ao médico, de forma a aferir se existe algum outro problema de saúde associado a esse estado. Para tal, pode ser importante a realização de exames de diagnóstico complementares.

Veja também

Para descomplicar a informação

As informações sobre os temas que envolvem o impacto social do novo Coronavírus são dinâmicas e constantemente atualizadas. Por isso, os conteúdos publicados nesta secção não devem substituir a consulta com profissionais e especialistas, tanto da saúde como do direito e temas afins. Neste projeto, contamos com a parceria da Fidelidade e da Multicare. Saiba mais sobre a parceria.