Clara Henriques
Clara Henriques
06 Nov, 2013 - 09:41
Economia portuguesa não deve crescer mais em 2013

Economia portuguesa não deve crescer mais em 2013

Clara Henriques

Ao entrar no último trimestre do ano, Bruxelas faz previsão sobre economia portuguesa e revela que apesar dos dados serem positivos, não deve voltar a crescer.

O artigo continua após o anúncio

Ao longo de 2013, a economia portuguesa tem vindo a dar alguns sinais de retoma. Apesar das percentagens serem mínimas, a verdade é que no penúltimo trimestre do ano, a economia portuguesa cresceu.

A entrada no último trimestre de 2013, permite uma nova abordagem aos dados. A Comissão Europeia prevê que a economia portuguesa não volte assim a crescer mais até ao final do ano. Apesar dos indicadores que têm sido divulgados serem positivos, existem inúmeros factores que poderão condicionar, este trimestre, a alteração dos indicadores. Assim sendo, a recessão irá situar-se pelos 1,8% do PIB.

As previsões que foram hoje divulgadas, asseguram que a acelaração no crescimento que foi verificada no segundo trimestre do ano, de 1,1%, foi uma acelaração provocada por factores que dificilmente se repetem e que serão pouco identificáveis. A previsão é por isso que a economia portuguesa entre em estagnação no último trimestre do ano.

No entanto, algumas vozes do governo aseguram que o crescimento da economia aconteceu no terceiro trimestre deste ano, mantendo por isso acessa a expectativa que estes indicadores se mantenham também para o último trimestre. Após estas declarações, já se fizeram ouvir vozes da oposição, declarando que o governo está a interpretar os dados de forma conveniente e que poucos indicadores existem que permitam referir que a economia portuguesa está em fase de retoma.

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp