Inês Silva
Inês Silva
12 Mai, 2019 - 02:33
PJ abriu 100 vagas para curso de formação de inspetores

PJ abriu 100 vagas para curso de formação de inspetores

Inês Silva

A PJ está a admitir candidatos ao curso de formação de inspetores estagiários. Tem menos de 30 anos e uma licenciatura? Candidate-se!

O artigo continua após o anúncio

A PJ abriu concurso externo de ingresso para admissão de 100 candidatos ao curso de formação de inspetores estagiários da Polícia Judiciária.

O concurso destina-se ao preenchimento dos lugares vagos existentes e dos que vierem a vagar até ao termo do prazo de um ano e as candidaturas terminam a 24 de maio.

O curso será ministrado na Escola de Polícia Judiciária (EPJ), na Quinta do Bom Sucesso, Barro, em Loures, e obedecerá ao plano curricular e aos regulamentos em vigor na EPJ, em matéria de frequência e avaliação. O curso tem caráter eliminatório.

O estágio tem a duração de um ano e pode decorrer em qualquer uma das Unidades de Investigação da Polícia Judiciária a nível nacional.

Ao inspetor compete executar, sob orientação superior, os serviços de prevenção e investigação criminal de que seja incumbido. O inspetor estagiário exerce funções sob a responsabilidade e direção de orientadores.

Candidaturas ao curso de inspetores estagiários da PJ

Além dos requisitos gerais, podem candidatar-se indivíduos que tenham idade inferior a 30 anos, à data do termo do prazo de candidatura; sejam titulares de carta de condução de veículos ligeiros; não estejam abrangidos pelo estatuto de objetor de consciência; e que sejam detentores de licenciatura ou grau académico equivalente nas seguintes áreas:

  • Administração e Gestão;
  • Arquitetura e Urbanismo;
  • Auditoria, Contabilidade e Fiscalidade;
  • Biologia;
  • Ciência Política e Relações Internacionais;
  • Ciências da Comunicação e Informação;
  • Ciências do Ambiente, Engenharia e Gestão do Ambiente, Engenharia Florestal e Planeamento e Gestão do Território;
  • Ciências Informáticas, Engenharia Informática, Sistemas e Tecnologias da Informação, Administração de Redes, Tecnologia de Redes e Segurança Informática;
  • Ciências Policiais e Ciências Militares;
  • Direito e Solicitadoria;
  • Economia;
  • Engenharia Civil;
  • Estatística;
  • Estudos de Segurança, Políticas de Segurança e Proteção Civil;
  • Finanças e Teoria Financeira;
  • Filosofia e Ética;
  • História;
  • Matemática;
  • Psicologia;
  • Sociologia, Criminologia e Ciências Forenses e Criminais.

Apresentação das candidaturas

As candidaturas são obrigatoriamente formalizadas através do preenchimento online de formulário disponível na página da PJ.

Pela apresentação da candidatura é devido o pagamento de comparticipação no custo de procedimento, no valor de cem euros, conforme previsto no n.º 1 do artigo 2.º da Portaria n.º 29/2019, de 22 de janeiro.

O artigo continua após o anúncio

A candidatura deve ser, obrigatoriamente, acompanhada dos seguintes documentos:

  • Cópia digitalizada do certificado das habilitações literárias exigidas;
  • Cópia digitalizada da carta de condução de veículos ligeiros;
  • Cópia digitalizada do Cartão de Cidadão (em caso de consentimento, nos termos do n.º 2, do artigo 5.º da Lei n.º 7/2007, de 05.02);
  • Cópia digitalizada do documento comprovativo da transferência bancária.

Os métodos de seleção a aplicar são os seguintes:

  • Prova escrita de conhecimentos específicos;
  • Provas físicas;
  • Exame médico de seleção;
  • Exame psicológico de seleção;
  • Entrevista profissional de seleção.

Para saber mais ou candidatar-se, consulte a página da PJ.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp