Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
22 Mai, 2020 - 14:34

Escapadinha relaxante em junho: sugestões no Norte e Centro

Mónica Carvalho

Depois de confinados em casa, aos poucos, os portugueses vão voltando à normalidade. Aproveite os feriados para fazer uma escapadinha relaxante em junho.

douro-portugal

Junho traz boas notícias para conseguir fugir um pouco desta realidade alternativa que temos vivido ao longo das últimas semanas: 10 e 11 são dias de feriado e, então, por que não aproveitar esse período para fazer uma escapadinha relaxante?

As sugestões vão para locais no Norte e Centro do país, destinos encantadores e que permitem fazer inúmeras atividades para recuperar energias e voltar a deixar o astral bem no alto.

Confira quais são e depois atente aos cuidados que deve ter nos próximos tempos no que às viagens diz respeito.

Escapadinha relaxante em junho: o belo Norte

gerês-portugal

Ribeira Collection Hotel, Arcos de Valdevez

O Ribeira Collection Hotel é um hotel de charme quatro estrelas, inserido num edifício histórico de 1916, bem no coração da vila de Arcos de Valdevez e a apenas 5 minutos a pé da praia fluvial. Por isso, se estiver bom tempo, poderá perfeitamente aproveitar para uns deliciosos banhos de sol e rio – afinal é quase, quase verão.

Boa aposta para uma escapadinha relaxante em Junho, o hotel possui também um SPA com todas as comodidades, como jacuzzi, sauna e banho turco, e um grande jardim com acesso direto ao rio Vez, perfeito para aquelas caminhadas matinais ou ao final do dia para estar em pleno contacto com a Natureza e as vibrações boas que ela transmite.

A vila raiana de Arcos de Valdevez é um verdadeiro poço sedução, encravado no Vale do Vez, concentrando todo o encanto típico do Alto Minho: história, paisagem deslumbrante e uma tranquilidade que o farão sentir como em casa.

Douro41 Hotel & Spa, Raiva

Recentemente renovado, o Douro41 Hotel & Spa é um design hotel localizado em Castelo de Paiva, com vista para o incomparável Rio Douro e completamente rodeado por natureza.

No restaurante do hotel, poderá desfrutar da gastronomia regional e bem sabemos como ela é rica, reconfortante e cheia de sabores fortes.

Se estiver bom tempo, então, não pode perder a infinity pool, que o fará sentir como se entrasse rio adentro, como se fossem os dois um só ali preparados para o receber e proporcionar-lhe momentos puramente relaxantes.

A região do Alto Douro Vinhateiro foi criada em 1756 pelo governo do Marquês de Pombal, tendo sido, então, a primeira região demarcada e regulamentada do mundo. A sua importância é tal que, em 2001, a UNESCO classificou a região como Património Mundial. Por isso, aproveite os feriados de junho para descobrir os vinhos, as paisagens deslumbrantes, a comida deliciosa numa escapadinha pelo Douro.

Pousada Caniçada Gerês, Peneda-Gerês

Em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, a Pousada Caniçada Gerês situa-se num miradouro sobre a barragem da Caniçada, em pleno Rio Cávado, como que se erguendo sobre a paisagem, qual vigilante atento. E nada como este parque natural para uma escapadinha relaxante em junho.

Além da beleza do local, esta é uma excelente oportunidade para desfrutar, mais uma vez, da excelente cozinha tradicional portuguesa, repleta de ingredientes frescos e que representam bem a região.

O Gerês é considerado como o grande pulmão verde de Portugal, logo trata-se de um local muito apreciado por diferentes gerações. Por lá, poderá desfrutar de lagoas e cascatas de águas cristalinas, montanhas que convidam a passeios e caminhadas, bem como a desfrutar com tempo de uma beleza natural que não deixa ninguém indiferente, de tal forma que foi classificado como Reserva Mundial da Biosfera, pela UNESCO.

escapadinha relaxante em junho: a magia do centro

óbidos portugal

Pousada de Viseu, Viseu

A Pousada de Viseu está situada no centro de Portugal a apenas alguns minutos a pé do Parque Florestal do Fontelo, sendo, assim, um destino a considerar para os adeptos de atividades ao ar livre.

A pousada, ideal para uma escapadinha relaxante em junho, encontra-se edificada no antigo Hospital de São Teotónio, que foi totalmente reconstruído e adaptado tornando-se, como tal, num marco na paisagem do centro urbano mais tranquilo de Portugal.

A cidade de Viseu, berço de Vasco Fernandes está rodeada por serras e pelos rios Vouga e Dão, destacando-se, ainda como um importante marco da arte sacra e da arquitetura religiosa portuguesa.

Luna Hotel Serra da Estrela, Serra da Estrela

O Luna Hotel Serra da Estrela é um destino concorrido nas épocas de inverno, por se localizar a apenas dez minutos de carro de uma estância de ski, porém, naquela zona, as atividades ao ar livre decorrem ao longo de todo o ano.

Se é adepto da boa comida e isso é um fator decisivo para escolha de local de férias, então, este alojamento tem um ponto a favor: especialidades da área da Covilhã são servidas diariamente no Restaurante Medieval, enquanto o bar do átrio serve vinhos regionais e bebidas espirituosas locais.

Poderá ainda desfrutar de passeios a cavalo e de caminhadas pela paisagem natural do Parque Natural da Serra da Estrela.

Hotel Real D’Óbidos, Óbidos

O Hotel Real D’Óbidos é um pequeno e encantador hotel de quatro estrelas localizado numa casa municipal datada do século XIV, em plena cidade de Óbidos, cuja piscina exterior tem uma deslumbrante vista para as muralhas do Castelo.

E é precisamente a zona do castelo que merece a sua atenção: percorra todo esse percurso e depois desça pelas ruas charmosas e encantadoras pela sua pequena dimensão e por onde não faltam restaurantes tradicionais e lojinhas que vendem produtos de artesanato local.

Aliás, toda a vila parece viver em redor do castelo, como se os marcos medievais teimassem em permanecer ao longo da passagem do tempo – um cenário que vai agradar, especialmente, aos mais românticos.

Nenhuma visita a Óbidos está completa sem experimentar a famosa Ginga de Óbidos – um licor de cereja ácida, servido num guloso copo de chocolate, para coroar uma escapadinha relaxante em junho.

escapadinha relaxante em junho: Cuidados a ter

Portugal encontra-se na segunda fase do período de desconfinamento, o que permite a abertura progressiva de estabelecimentos e serviços, ainda que, em muitos casos existam várias regras a cumprir.

É certo que os hotéis e unidades de alojamento de diferentes tipos não foram obrigados a encerrar portas, todavia, muitos optaram por essa medida, devido à ausência de clientes.

O cenário está a mudar: os espaços reabrem, os portugueses começam a fazer pequenas viagens e a pensar como serão as próximas férias grandes, visto que isso acarreta uma sensação de normalidade, mesmo que nada seja como antes.

Na norma da Direção-Geral da Saúde “Medidas de prevenção e controlo de infeção nos hotéis e alojamentos”.

Entre os princípios gerais a cumprir pode ler-se que “cada hotel ou alojamento deve ter o seu plano de contingência interno escrito e operacional”, bem como deve “adquirir o mais possível, um stock de materiais de limpeza de uso único, sobretudo panos de limpeza, toalhetes de limpeza de uso único humedecidos em desinfetante, lixívia e álcool a 70º”.

Além disso, os espaços devem “providenciar a colocação de dispensadores de solução antisséptica de base alcoólica (SABA) ou solução à base de álcool, um por cada piso”, assim como incentivar a formação de todos os profissionais sobre os novos procedimentos de limpeza, de diferentes espaços, como o uso obrigatório de “bata, luvas não esterilizadas, óculos de proteção e uma máscara de proteção respiratória do tipo FFP2”.

O turismo, tal como acontece com outros setores, está a reinventar-se e a tomar novas medidas de segurança para funcionários e clientes. Nesse sentido, foi também criado o selo de qualidade pelo Turismo de Portugal “Clean & Safe”, que lhe dá a garantia de ser um espaço para onde pode viajar com a devida segurança.

Veja também