Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Duarte
Ana Duarte
24 Mai, 2018 - 15:04

A evolução do telemóvel em imagens

Ana Duarte

A história deste dispositivo remonta a 1983, tendo sido escrita por várias marcas. Veja a evolução do telemóvel, que não dá sinais de abrandamento.

A evolução do telemóvel em imagens

Apesar de ter começado como um aparelho destinado apenas a chamadas telefónicas, a evolução do telemóvel revela que, hoje, o dispositivo serve para muitos outros propósitos. Chamadas, mensagens, jogos, filmes, e-mail, etc., tudo isto está ao alcance dos telemóveis dos nossos dias.

A história deste dispositivo tecnológico já vai longa – não em termos temporais – mas sim em termos de inovação. Conheça-a.

A evolução do telemóvel: mais de 30 anos de inovação tecnológica

1. Motorola DynaTAC 8000X

motorola dynatac
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

A Motorola é uma marca que ainda hoje dá cartas no mercado e produz smartphones. O Motorola DynaTAC 8000X foi o primeiro telemóvel verdadeiramente portátil para uso comercial.

Foi criado em 1973 por Martin Cooper, investigador da Motorola. A primeira chamada deste gadget foi feita por Martin Cooper para Joel S. Engel, da Bell Labs.

O equipamento chegou ao mercado em 1983, custando cerca de 3400€. O telemóvel pesava 780g e era analógico, com um pequeno ecrã. A bateria tinha uma autonomia de menos de um hora em conversação e de oito horas em stand-by.

2. Motorola MicroTAC 9800X

motorola microtac
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

Em 1989, não havia telemóvel no mercado que fosse mais pequeno e leve do que o Motorola MicroTAC 9800X. Foi pioneiro no seu design “flip”, no qual a parte que tem o microfone abre e fecha, tapando o teclado. Tinha uma grande antena de plástico apenas por motivos estéticos. O preço começava nos 2500€.

3. Motorola International 3200

motorola international
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

Lançado em 1992, este dispositivo foi o primeiro telemóvel digital a caber confortavelmente numa mão. O ecrã era muito limitado e o design não era inovador, mas este produto destacou-se pela sua fácil portabilidade.

4. Nokia 1011

nokia 1011
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

O serviço Global System for Mobile Communication (GSM) chegou à Europa através do Orbitel TPU 900, mas só em 1992 é que os telemóveis deixaram de estar limitados a uso corporativo.

A produção em massa permitiu a criação de telemóveis mais baratos e com ecrãs digitais. A Nokia foi uma das primeiras marcas a tirar proveito desta transição e o Nokia 1011 foi o símbolo dessa revolução. Tinha capacidade para 99 contactos.

5. IBM Simon

ibm simons
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

Este equipamento foi o primeiro telemóvel com um ecrã touch e a ter aplicações. Chegou ao mercado em 1994 (estando apenas disponível nos EUA), custando cerca de 760€.

6. Nokia 9110 Communicator

nokia 9110
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

Com um aspeto banal por fora, este telemóvel abria-se na horizontal e dava acesso a um teclado qwerty e a um ecrã LCD tão grande quanto o próprio dispositivo. Tinha uma ligação muito básica à Internet e chegou às prateleiras em 1996.

7. Kyocera VP210

Kyocera
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

Este dispositivo só esteve disponível no Japão, tendo sido lançado em 1999. Foi o primeiro telemóvel do mundo a permitir chamadas de vídeo. Tinha um ecrã a cores mas acabou por ser pouco famoso no resto do mundo por ter sido limitado ao mercado nipónico.

8. Ericson R380

Ericson
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

O Ericson R380, lançado em 2000, foi o primeiro dispositivo a ser publicitado como smartphone. Era um equipamento inovador porque era pequeno e leve (à semelhança de um telemóvel normal) e foi o primeiro aparelho a integrar o sistema operativo Symbian. Tinha um ecrã touch preto e banco.

9. Nokia 3310

nokia 3310
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

Este telemóvel tornou-se um modelo de culto e ajudou a Nokia a estabelecer-se como líder na indústria. Muito popular no mercado durante os anos 90, a marca finlandesa vendeu mais de 128 milhões unidades deste modelo em todo o mundo, sendo o Nokia 3310 uma referência no que toca ao sucesso de vendas.

O telemóvel foi tão bem recebido pelo público que a Nokia lançou uma nova versão deste modelo em 2017.

10. iPhone

iphone
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

Um trunfo da Apple e um marco incontornável na história da tecnologia. O iPhone chegou às prateleiras em 2007 e destacou-se pelo design atrativo e pela interface intuitiva.

Foi o primeiro smartphone comercial a usar movimentos de dedos como meio de interação principal, dispensando o uso de canetas, teclados e botões.

11. Samsung Galaxy S

samsung
Fonte da imagem: Flickr/Cheon Fong Liew/CC BY-SA 2.0

O Samsung Galaxy S foi o primeiro dispositivo da terceira série de Androids da marca coreana, tendo sido lançado em 2010. Foi o primeiro grande concorrente do iPhone, tendo simbolizado uma rivalidade entre estas marcas que ainda hoje perdura.

12. Google Pixel

google pixel
Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Divulgação

A Google abandonou a marca Nexus e substituiu-a pela Pixel, lançando dois smartphones: o Pixel e o Pixel XL. São dispositivos muito focados em experiência fotográfica, tendo sido produzidos para concorrer com o iPhone 7 e iPhone 7 Plus.

13. iPhone X

Apple X

Ao celebrar a presença de 10 anos do iPhone no mercado, o iPhone X marcou a adesão da Apple à tendência do design com ecrã de molduras reduzidas e ao carregamento sem fios. É considerado por muitos o melhor smartphone do mundo.

Veja também