Ekonomista
Ekonomista
04 Mar, 2019 - 16:26
Vai casar? Fisco quer ficar com 10% das prendas em dinheiro

Vai casar? Fisco quer ficar com 10% das prendas em dinheiro

Ekonomista

Se não declarar os donativos superiores a 500 euros, arrisca-se a pagar uma multa que pode chegar ao dobro do imposto em falta.

O artigo continua após o anúncio

As prendas em dinheiro oferecidas em casamentos e batizados estão sujeitas a imposto. Saiba mais.

Dinheiro como prenda de casamentos e batizados: fisco quer imposto

Crédito pessoal para pagar o casamento: sim ou não?

Se recebeu ou espera receber donativos monetários num valor superior a 500 euros, saiba que a lei estabelece a obrigação do pagamento de uma taxa de Imposto do Selo de 10%.

No caso de o montante não ser declarado ao Fisco, arrisca-se a pagar uma multa que pode chegar ao dobro do dinheiro do imposto em falta.

A Autoridade Tributária vai intensificar as ações de fiscalização em casamentos e batizados para verificar se as receitas adquiridas foram declaradas para efeitos fiscais.

Se, por exemplo, receber uma prenda em dinheiro no valor de 1000 euros, terá de pagar uma taxa de 100 euros. Isentos do pagamento à Autoridade Tributária ficam os donativos feitos entre “cônjuge ou unido de facto, descendentes e ascendentes”. Esteja atento.

Veja também