Ekonomista
Ekonomista
04 Jan, 2022 - 11:09

Tem gastos com educação? Saiba os que pode deduzir ao IRS

Ekonomista
Patrocinado por:

O Saldo Positivo esclarece quais os gastos com educação que contam para efeitos de IRS e diz-lhe como garantir a dedução máxima.

estudantes sentados numa sala de aula

As despesas com educação são, para muitas famílias, uma fatia importante do orçamento, pelo menos em determinadas alturas do ano.

Livros, propinas, material escolar, refeições, ATL… A lista parece infindável, mas nem sempre estes gastos se refletem nas deduções que pode fazer quando entrega a sua declaração de IRS.

Por um lado, porque existe um limite ao que pode descontar. Em regra, cada família pode deduzir apenas 30% do total das despesas de educação até um máximo de 800 euros por ano.

Por outro lado, porque nem todas as despesas de educação são aceites pela Autoridade Tributária para efeitos de dedução. Os gastos com material escolar, por exemplo, não entram nestas contas. Já as explicações ou ATL podem ser abatidas ao IRS.

Para garantir a dedução, é necessário que as despesas estejam isentas de IVA ou paguem IVA a 6% e que o estabelecimento que emite o recibo tenha um Código de Atividade Económica (CAE) específico.

Para que possa deduzir mais e pagar menos imposto, é importante conhecer estas e outras regras.

Saiba mais sobre os gastos com educação que contam para o IRS neste artigo do Saldo Positivo.

mochila escolar com livros e outro material

Despesas de educação no IRS: saiba o que pode ou não deduzir

Afinal, quais são os gastos com educação que contam para o IRS? E o que fazer para garantir a dedução?

O Saldo Positivo resumiu todos os pontos que deve ter em conta sobre este tema.

Conheça outros conteúdos do Saldo Positivo.

O Saldo Positivo é o site de literacia financeira da Caixa Geral de Depósitos e tem como proposta facilitar a vida dos portugueses no que diz respeito à gestão do dinheiro com publicação regular de artigos, notícias, guias e infografias.

Veja também

Artigos Relacionados